quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Da série: estranhas coincidências ou jogo combinado...?

A irmã do chefe local da guarda pretoriana federal voltou à cena nessa semana...

A tática da franquia moro & associados cumpre um revezamento na mídia local, que para os incautos passa despercebida...

Ora é um, ora é outro...Evitam aquilo que os "entendidos" chamam de saturação de imagem...

Em infantaria chama-se de flanquear o inimigo, abrindo várias frentes...

Essas táticas das guerras de movimentos trazem outras surpresas...

Em meio as "revelações bombásticas" do  pretoriano-chefe da guarda pretoriana federal, ninguém se lembrou de procurar o Diário Oficial...

Eis que a irmã do moço, aquela sobre quem recaíram notícias de que estava envolvida com descontos indevidos de IPTU para empresa imobiliária, gigante do setor, retorna a Secretaria de Fazenda...

Veja a portaria...




Pois bem, o caso dessa moça é singular...Não vou duvidar dos seus dotes profissionais...

Mas parece, no mínimo estranho, que uma guarda municipal seja tão requisitada para cargos importantes na Secretaria de Fazenda...

Ela deve ser, realmente, uma fora-de-série, pois sua expertise vai do ramo dos tributos até atendimento ao contribuinte...

Uma servidora Bombril (1001 utilidades)...

Sobre o escândalo envolvendo a troca de e-mails que publicamos, nada...nenhuma palavra...

Pois bem, a moça deve gozar da mesma presunção de inocência com a qual o seu irmão e seus amigos do judiciário brindam outros investigados...quem sabe?

13 comentários:

Anônimo disse...

Até onde se sabe, ela nunca deixou de trabalhar la. Apenas naão assinava nenhum documento. Agora no mesmo DO constam as exonerações do mais alto escalão da secretatia de fazenda para assumir aventureiros com expertise, como quintalhina gosta de falar, sabe-se la em que.
Há relatos de humilhação dos servidores exonerados, foram chamados durante o dia para apenas receber um enaminhamento a administração depois de tantos anos de serviços prestados a esse município.

Anônimo disse...

Quer saber estou de saco cheio,pode ter certeza que as mesmas pessoas que reclamam de Rafael daqui a pouco estarão votando em Bolsonaro.Gosto muito do seu blog principalmente por você dar espaço para todos, não sou seu amigo de face ,mas dou uma passada por lá sempre,gosto de ler todas as coisas que escreve e observar pessoas que dizem encabeçar movimentos sindicais pegando carona no que você escreve.Quero deixar claro que não sou funcionário da prefeitura de Campos.

Anônimo disse...

Cachorrada.
Nojo. Este povo vai arder no inferno de tão desonestos.

Anônimo disse...

O marido d Fernanda abud ou Cassiano falou o Habib's qual será o desfecho de Campos nas mãos dela. Seja a confundir alho com bugalhos.

Anônimo disse...

Trabalho em um cartório e tenho sido atendido pelo Sr. luiz Vicente Tinoco de Miranda há vários meses.
Fiquei surpreso com sua nomeação como chefe da Central de atendimento (DAS 02) na quinta.
E mais surpreso ainda com a sua exoneração do cargo comissionado no PROCON (DAS 03) na sexta (com data retroativa).
Neste caso, a pergunta que o Sr prefeito deve responder a população é:
Como afirma que busca transparência r principalmente economicidade se paga salário de DAS 02 para alguém simplesmente dar entrada em pedidos de ITBI ? Antes o trabalho era feito em qualquer um dos guichês de atendimento muitas vezes por estagiários.
Sem falar da questão administrativa...
Ocupante de cargo comissionado no PROCON não poderia dar expediente na Fazenda.
Basta olhar o DO de quinta e sexta que verão o que digo.

Anônimo disse...

Mandaram embora o responsavel do setor que tinha anos de experiencia para colocar a namorada do irmao do prefeito em seu lugar! E ainda tem jornal fazendo propaganda positiva. http://www.jornalterceiravia.com.br/2017/09/25/a-moca-do-iptu/ .... la diz que ela tem mta experiencia, mas a realidade é que era estagiaria do setor de protocolo da fazenda até bem pouco tempo atras. Mas nada como um romance certeiro!!

Anônimo disse...

Falta de vergonha na cara. Tirou 13 concursados para colocar só DAS de parente do prefeito.

Anônimo disse...

13 funcionários de carreira foram convidados a se retirarem.da secretaria de fazenda para dar lugar a parente do prefeito e seus asseclas.

Anônimo disse...

Parabéns e um salva de palmas aos responsáveis que orquestraram esse plano e conseguiram desmantelar a Secretaria Municipal de Fazenda. O tempo está passando, faltam 3 anos e 3 meses.

Anônimo disse...

ESTOU CURIOSO, DIZEM QUE A PREFEITURA ESTA SEM DINHEIRO, MAS COMO SE ESTÃO TIRANDO OS FUNCIONÁRIOS EFETIVOS DA SECRETARIA DE FAZENDA QUE NA MAIORIA COM BASTANTE TEMPO DE CASA, POIS JÁ RECEBIAM 50% A MENOS NOS CARGOS DE CONFIANÇA, E ISTO DESDE O GOVERNO PASSADO E COLOCA OUTROS SEM EXPERIÊNCIA ALGUMA E GANHANDO 100%, QUE ECONOMIA É ESSA? MUITO PELO CONTRÁRIO, ONERA AINDA MAIS E PIOR OS FUNCIONÁRIOS QUE RETIRARAM MANDARAM PARA OUTRAS SECRETARIAS, SEM A MÍNIMA EXPLICAÇÃO DO PORQUÊ? INCLUSIVE ALGUNS QUE NEM CARGO DE CONFIANÇA TINHAM. SERA PORQUE NÃO QUEREM EFETIVOS NA SECRETARIA DE FAZENDA??? SE FOSSE COMIGO ENTRARIA COM MANDATO DE SEGURANÇA, POIS A REMOÇÃO DESMOTIVADA DE SERVIDOR PÚBLICO CONCRETIZADA POR SIMPLES OFÍCIO A ELE DIRIGIDO, SEM QUALQUER MOTIVAÇÃO, CARACTERIZA ATO ILEGAL E ABUSIVO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, HÁ VÁRIAS JURISPRUDÊNCIAS NESTE SENTIDO, INCLUSIVE NO STF. "VAI A DICA!"

douglas da mata disse...

Caro comentarista, porra digitação em caixa alta é grito, portanto, vá gritar na casa do caralho...

Suas considerações são até pertinentes até o seguinte ponto: de fato, há incoerência em trocar gente experiente e colocar pessoal com pouca bagagem, assim como é contraditório pela questão da "economia", mas o fato é:

01- São cargos de livre nomeação e estão no campo da discricionariedade do prefeito;
02- Quanto às remoções sem motivação, se há jurisprudência nesse sentido, boa sorte...acho que cada caso será um caso, pois há cargos que são exercidos em qualquer órgão da municipalidade e não exclusivamente na SecFAZ...

Assim como a remoção é ruim, a manutenção "eterna" de servidores em determinados lugares também pode sugerir que existam "feudos"...

Anônimo disse...

Caro, Douglas
Só para pontuar, se vc acha que caixa alto é grito, eu considero como destaque, não precisaria ser tão rude a ponto de xingar. Quanto aos cargos (DAS) realmente são de livre nomeação, desde que, conforme a lei determina, os cargos são destinados prioritariamente aos servidores de carreira, salvo quando não há mais servidores nas Secretarias. Se existem como vc disse "feudos" que se apure quem são. Eu me referi especificamente a Secfaz pela quantidade de servidores que foram retirados dali, sou servidor público federal e já passei por esta situação que inclusive retornei com Mandato de Segurança. Muito Obrigado!

douglas da mata disse...

Comentarista, embora a rede seja considerado "território livre", essa não é a verdade (não há liberdade total), e nem estamos a salvo de certas "etiquetas"...

Qualquer internauta que não tenha acessado ao computador pela primeira vez HOJE (estou gritando e ao mesmo tempo dando destaque) sabe que um texto TODO (idem) em caixa alta é desconfortável...


Bem, quanto a sua tese em si, não mudo nada do que disse:

Cada regime estatutário de cada carreira tem sua previsão, portanto, cada caso será um caso...

Mesmo assim, o fato de você ter recebido seu remédio constitucional para retornar ao cargo pleiteado, não retira o teor do que eu disse, ao contrário, comprova:

- A justiça interferindo em seara da discricionariedade...até porque, gostemos ou não, o verdadeiro poder (inclusive para legislar) é do eleitor, e logo, o mandatário TEM que ter margem para impor a agenda que foi consagrada nas urnas...

Agora gritando:

NÃO EXISTE ESSA COISA DE BUROCRACIA ESTATAL QUE POSSA SER IMUNE ÀS TRANSIÇÕES REQUERIDAS PELO VOTO POPULAR!!!!

O que pessoas como você tem o (péssimo) costume de dizer ou supor é que cargos ocupados por servidores de "carreira" estarão imunes a manipulação partidarizada ou de natureza política...

Arf...nunca!

Só vai mudar a natureza da submissão e o alcance dos interesses que os move (os cargos)...

Se assim fosse, um cretino juiz de curitiba não teria agido com a mais descarada militância partidária, dentre outros escândalos, como a atuação de servidores da pf, por exemplo...!!!!

A noção de gestão republicana do Estado (se é que existe essa porra) não é um atributo da natureza do vínculo, e sim resultado da fiscalização do outorgante (eleitor)...que como sabemos, se faz de vítima, mas também é cúmplice...