quarta-feira, 16 de agosto de 2017

rafael desdiz e o ponto biométrico: mais uma falácia do coronézinho da jaqueira...

O prefeito de Campos dos Goytacazes, ávido por copiar seu guru regional, o prefeito aluizio narciso de Macaé, anunciou que irá contratar uma empresa para instalar o ponto biométrico, uma espécie de coleira eletrônica pensada a partir de uma lógica liberal: empresa pública = empresa privada...

Desnecessário discorrer sobre as diferenças e naturezas específicas das relações de trabalho, da finalidade, etc, etc, etc e etc.

Boçais não entenderiam...

Então vamos pelo lado mais simples...

Ora, porra, se o Erário local já não aguenta com as obrigações que tem, como aumentar a despesa para dar conta daquilo que é papel das chefias (fiscalizar o cumprimento das tarefas e serviços)?

Para que esse exército de débeis mentais nomeados em confiança, se não fazem o básico?

Na cidade vizinha, o chamado ponto biométrico tem dado imensa dor de cabeça aos já espezinhados servidores de lá, com erros tão frequentes que já se desconfia que não se tratam de erros, mas de um nefasto modelo de gestão que faz um rodízio de desconto de faltas inexistentes, talvez para suprir a falta de recursos para fechar as folhas de pagamento...

Uma vez lançada a falta, cabe ao servidor mostrar que esteve no trabalho...Em Macaé temos diversos servidores com três, quatro faltas lançadas a cada mês, e que esperam o desfecho de longos processos administrativos para receberem de volta o que lhes foi retirado ilegalmente...

É preciso lembrar que na administração pública, orientada pelas premissas do Estado de Direito, não poderá ser invertido o ônus da prova...mas é o que acontece: primeiro desconta, depois vê quem está errado...

Nem é preciso repisar que máquinas são falíveis...


Vamos a outro ponto: os chamados pontos biométricos controlam entrada e saída, por óbvio, mas quem garante a permanência no local de trabalho e/ou que as tarefas sejam cumpridas?

Gestão pública é exemplo...antes de tudo...e esse (des) governo é uma lástima, para onde quer que se olhe...

É bom saber também se o prefeito, secretários, e todos os cupinchas do atual governo colocarão o dedinho no buraco...embora isso seja uma tremenda idiotice, porque como todo aparelho eletrônico ou digital, o acesso a modificações é franqueado aos escalões superiores...


O ponto biométrico é mais uma conversa fiada do atual prefeito para criar mais uma despesa e contratação de algum empresário-amigo...só isso...tendo como pano de fundo enrabar os servidores mais uma vez...

Nenhum comentário: