quinta-feira, 6 de abril de 2017

Cem dias...Sem governo: da terra dos filhotes da cachorra de guarus até Washington, a direita bate cabeça...

Ontem a noite lia o exemplar dessa semana da Carta Capital...Um texto me chamou a atenção...

Tratava-se da análise dos primeiros cem dias do governo dos EUA, liderado pelo imbecil trump...

Desde 1956, quando se começou a medir a popularidade presidencial naquele país, ou melhor, desde que começaram a avaliar o apoio do eleitorado às primeiras medidas governamentais, nunca houve um presidente que caiu tanto em tão pouco tempo...

56% dos estadunidenses (Gallup) desaprovam e apenas 36% afirmam concordar com as ações do pateta estadunidense...

Sua base parlamentar está derretendo, e o evento mais revelador dessa tese é a derrota acachapante da tentativa de alteração (para pior) do Obamacare, o sistema de saúde deles...

Ou seja, o inferno para quem precisa fazer o eleitorado esquecer a gestão passada...

O efeito trump tem, de acordo com a revista, repercussões possíveis na Europa, onde a chamada onda de extrema-direita parece ter recuado, e os analistas consideram que esse fato se dá pelo fiasco do imbecil de cabelo engraçado...

Eu não seria tão rigoroso, e nem tão leviano (pois me faltam as ferramentas adequadas) para associar a queda livre do pateta estadunidense com o (des) governo local...

Até porque, há diferenças brutais, inclusive porque trump nãoo ganhou no voto popular, e sim no colégio eleitoral, e levou um país rachado...

Aqui não, o neto da cachorra de guarus recebeu uma esmagadora vitória popular, incontestável...os índices de esperança só não contaminaram incorrigíveis pessimistas como eu...

Então aqui, a queda é ainda mais vergonhosa...

Estranhamente, não se vê, nem nos jornais que lhe servem para asseio dos glúteos (hoje estou mais "light"), nem nas suas hostes, qualquer pesquisa ou sondagem de popularidade...

Bem, pode até ser que estejam consumindo essa informação em reservado, em função dos resultados ruins...

Mas o fato é que a percepção que temos é que há uma profunda decepção dos campistas em relação ao (des) governo que elegeu com ampla maioria dos votos...

E se os fenômenos não se igualam, ao menos algumas causas podem ser compartilhadas, seja aqui, seja nos EUA, seja onde houver um governo com a mesma base conceitual...

O que trump fez nos EUA foi mais ou menos o que o filhote da cachorra de guarus fez aqui...e porque não dizer, o que hitler fez na Alemanha, ou depois, muito depois, o palhaço pedófilo berlusconi fez na Itália...

Surfar a onda anti-política, capturar as vozes dissonantes e descrentes com os partidos tradicionais, utilizar lugares-comuns como plataforma política (contra corrupção, os privilégios, desancar as "elites", mesmo representando os interesses dessas elites, etc), abusar do denuncismo e do moralismo hipócrita, dentre outros instrumentos...

Em suma: esses conservadores souberam traduzir a frustração dos eleitores, cansados dos efeitos da guerra midiática diária contra a política e os políticos "profissionais"...

Pois bem, uma vez eleitos, o encanto geralmente acaba (salvo no caso de hitler, que durou enquanto ganhava a guerra), justamente porque não há como governar sem utilizar-se dos mesmos expedientes criticados...

Logo, a esperança dirigida a uma agenda irrealizável, torna-se ódio e rejeição assim que essa premissa emerge a realidade...

Não se trata apenas da mais pura incompetência mostrada pelos auxiliares do neto da cachorra de guarus e, principalmente, por ele mesmo....não é só isso, embora isso também conte (e como!)...

Repito incansavelmente: esse (des) governo foi eleito sem apontar nenhum projeto de futuro, nenhum programa que alterasse significativamente a vida dos eleitores...

Nem vamos mencionar seus compromissos com o empresariado e as elites locais que impedem mudanças estruturais...


Não é a pequena e barulhenta oposição que fazemos que fará com que a população comece a sentir falta dos patetas da lapa, mas sim a inépcia e total ausência de administração praticada por esse grupo de gente que ganhou o primeiro emprego quando assumiu a prefeitura...

Assim como não podemos esperar que um cretino debiloide milionário machista governe os EUA com bom senso, diante da tarefa de líderes mundiais que cabem a eles (estadunidenses), não podemos esperar que gente cevada a toddinho e que nunca viveu do próprio suor tenha alguma preocupação coma com as partes mais pobres dessa cidade...

Simbolicamente, a narrativa desse (des) governo se resume a amaldiçoar a herança anterior e dizer-se "transparente"...

É pouco...é muito pouco...

Um governo tão transparente que ninguém vê funcionando...

3 comentários:

Anônimo disse...

Frequentemente me perguntam por que os garotinhos se elegeram tantas vezes em Campos, principalmente o carioca pergunta, com certa ironia, como se votassem melhor. Eu sempre respondo: porque os sucessores são mais imcompetentes.

Marcelo Siqueira disse...

Só para corrigir, em momento nenhum quiz ficar anônimo, foi alguma distração, o comentario acima é meu.

douglas da mata disse...

Tranquilo...