quarta-feira, 5 de abril de 2017

As bruxas estão soltas em Macaé...ou será Hogwats?

A indignação dos servidores macaenses pode ser medida pelo nível de comemoração quando souberam dos problemas judiciais do prefeito de lá...

Afinal, o alcaide hipócrita havia criado uma tropa de choque, um grupo de servidores dedicados a ir de repartição em repartição para fiscalizar o comparecimento e cumprimento da carga horária...

Até aí, nada demais, dever do servidor é trabalhar...

Mas o que dizer da contradição de implementar essa fiscalização esquecendo o próprio rabo? 

Sim, a filha o presidente da câmara estava lotada no gabinete do moço, com carga semanal de 40 horas, e ao mesmo mantinha vínculo com uma empresa no Rio de Janeiro, com carga semanal de 44 horas...

Descobriu-se que a moça só pode ser aprendiz de feiticeira (Hermione, talvez?)...Só isso explicaria a façanha de estar em dois lugares ao mesmo tempo, tal e qual os personagens do Harry Potter...

Enquanto isso, o prefeito Voldemort ataca os direitos dos servidores com maldições terríveis...


E parece que a crise moral naquele reino encantado, onde não tem dinheiro para pagar os servidores, mas tem para pagar policiais militares, acabou por provocar reações violentas...

Informantes me deram conta de que o vice-prefeito de lá foi vergonhosamente espancado por um desafeto que comanda um grupo de mídia local...

Tudo abafado e varrido para baixo do tapete....

Bem, aguardemos se Macaé-Hogwarts vai virar Macaé-Terra de Malboro...

Como diz o ditado: casa que falta pão, todo mundo briga e ninguém tem razão...


Dizem as más línguas que engordando seu currículo com tanta cagada, o moço macaense vai acabar virando governador...o problema que ser governador nesse Estado tem sido passaporte para Bangu...


Nenhum comentário: