sexta-feira, 31 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus: qual será a data das eleições para diretores(as)?????

Bem, parece que o assunto foi esquecido...mas não foi...

Enquanto vereador, o atual prefeito, também conhecido como neto da cachorra de guarus, alardeava aos ventos que era um absurdo que as diretoras e diretores das escolas municipais fossem indicadas tendo como critério a divisão dos feudos de influência da base governista...

Pois bem, eleito a bordo de uma das maiores vantagens eleitorais de nossa História, com capital político que lhe permite "fazer e acontecer", eis que o pequeno-prefeito parece ter cagado para dentro...

Em pouco tempo, ao invés de dizer a que veio, como se espera de alguém que sempre tinha tanto a dizer, e que por esse motivo, recebeu a confiança maciça do eleitor, o pequeno alcaide desdisse tudo que prometera, e sentou no colo dos vereadores e dos seus aliados, distribuindo diretorias e vice-diretorias das escolas à granel...

Um sonoro tapa na cara do seu eleitor...

Bem, esse blog NUNCA, eu repito NUNCA foi contra alianças, nem arranjos pré ou pós-eleitorais, e muito menos despreza a necessidade de negociar com a base aliada...todos sabemos que ali não tem trouxa...

Mas salta aos olhos a desfaçatez do moço e do seu secre(o)tário de educação, brand new brand, quando sequer apontam para algum futuro as tão sonhadas e prometidas eleições para os cargos de direção das unidades municipais de educação

Será que as eleições serão depois do ano de estágio para prefeitar que o moço que pediu ao eleitor? 

Enfim, esse pessoal está merecendo, como se diz na Baixada da Égua, uma surra de pau de quixaba, que dá a pisa e ao mesmo dá o remédio...

Bem, para encerrar, não esqueçamos o papel de submissão canina exercido pelo SEPE...triste fim para as comadres do sindicato...

Hipocrisia: esporte nacional...

Falar que os meios de comunicação agem movidos por interesses próprios e de classe, e que alimentam, e se alimentam da hipocrisia nacional é chover no molhado...

Mas toda vez que explode "um escândalo", a gente fica com a impressão que esses cretinos da mídia não têm limites, e pior, não estão sozinhos na sua escalada de cinismo...

Ora, ora, ora porra, até as paredes da Rodoviária NovoRio sabem da relação promíscua entre integrantes do poder judiciário e os poderosos nessa merda de estado e país...

Qualquer rábula de tribunal sabe quanto custa um habeas corpus ou uma decisão favorável em cortes superiores...

Assim como todo e qualquer cidadão, militante ou não da política partidária, sabia que o TCE é, e sempre foi, uma espécie de "gaiola das loucas", onde vale tudo, tudo mesmo...

Por que fingir a surpresa, então?

O ex(des)governador napoleão da lapa deveria ficar calado, caladinho no seu canto, porque o seu afilhado do clã jonas lopes ainda pode decidir abrir TODO o bico...

Claro que qualquer rábula de tribunal sabe que a República dos Paranazi inaugurou um novo balcão de negócios para o ramo da advocacia...

A indústria das delações, que confere ao delator poder sui generis, inclusive para angariar vantagens e apoios dos que temem suas inconfidências, além das que já arrecada com o negoção da China que são as delações per si...

Onde mais você poderá trocar penas duras por castigos inócuos, e com lavagem da maior parte do tutu que desviou?

Pois é...

Meuzeus, picciani é figurinha mafiosa de longa data, mas sempre serviu aos interesses da maioria classe política, que por sua vez agia na defesa dos poderosos de sempre, desde empresários de ônibus (outra máfia intocável no RJ e no resto do Brasil) até empreiteiros...

E agora surgem gráficos, estudos, textos e procuradores e juízes falando grosso, como se não soubessem disso tudo há tempos...

Um bando de covardes oportunistas, isso sim...

Por que não agiram antes? Quem sabe...

E não se alegre...o eleitorado tem grande parcela de culpa nisso tudo, afinal, picciani e os governadores que indicaram os canalhas do TCE não conseguiram mandatos por indicação ou por obra do divino, mas sim graças a votação...

quarta-feira, 29 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus: A morte e a morte de Kapi, encenada pelo prefeito canastrão!

Olhem bem meus amigos de jornada, não podemos ser levianos...

Digamos que ninguém poderá dizer, com certeza, se Kapi ouviu ou não alguma promessa do atual prefeito sobre a reabertura do Teatro de Bolso...a não ser o próprio, já que imagino que ninguém compraria um carro usado do atual prefeito...

Isso tem menor importância, exceto pelo fato de que a verificação dessa passagem poderia revelar aquilo que já sabemos: o atual prefeito, neto do avô, é capaz de qualquer coisa para gerar algum factoide, incluindo aí falar em nome de quem não poderá desmenti-lo...

Conhecia pouco Kapi, e o pouco que conheci foi no trato de questões culturais quando passei pela FCJOL, na gestão de Nilsinho, Lenilson Chaves...

E pelo pouco que me lembro dele. eu resisto a ideia de que o atual prefeito tenha tal trânsito com ele, e com o pessoal do teatro na cidade, ainda mais quando seu avô foi o autor do maior crime contra a história, o patrimônio, a cultura, enfim, a memória da cidade, quando permitiu a demolição do Cine Teatro Trianon, como você pode ler aqui...

Aliás, Teatro Trianon que parece ser o alvo da ira da família do moço, já que quem passa pelo prédio tem a impressão que está às moscas...

Quem sabe será demolido ou transformado em igreja (sem preconceito algum contra qualquer prática religiosa)?

Mas voltando aos temas relevantes, fica a pergunta: 

Qual é o programa, o projeto, enfim, qual a plataforma do atual prefeito e seus indigentes intelectuais para a Cultura?

Quais são as políticas públicas elaboradas pelos imbecis para a Cultura?

De rafael a dória, de aluízio a trump, os quatro cavaleiros do apocalípitico lawfare...

Há uma tendência natural do ser humano que é concentrar sua atenção às particularidades que o rodeiam, desprezando um olhar mais amplo, e recorrendo ao imediatismo como forma de análise da realidade posta...

Desde a eleição esmagadora do prefeito local, o herdeiro da nossa mais atrasada oligarquia, que remonta hábitos seculares como escravagismo e concentração brutal de renda, através da histórica manutenção da desigualdade no campo, e depois na cidade, eu comecei a tentar entender esse fenômeno para além das minhas fuças...

Pausa para o detalhe: para os que gostam de imaginar a barbárie da escravidão como algo longínquo, é bom lembrar os recentes episódios de inclusão de empresários locais nas listas de trabalho escravo, sendo certo que alguns deles sofreram, inclusive, condenação pelos crimes praticados contra as relações de trabalho...

Claro que me faltam as ferramentas certas, assim como distanciamento científico para tanto, mas o meu empiricismo me permite constatar alguns pontos...vamos a eles...

Não dá para deslocar a eleição do atual prefeito, nosso pequeno-führer, dos movimentos globais de reação conservadora pós 2008, onde pululam exemplos de ganho de força política desses setores de extrema-direita na Europa, passando pela eleição de trump nos EUA, e enfim, dentre tantos outros episódios, poderíamos incluir a eleição do imbecil do dória na capital de SP...

Aqui na terra plana não foi diferente, e na cidade vizinha, Macaé, o prefeito sociopata de lá ratificou seu mandato com esmagadora votação, apesar da agenda explicitamente anti-social e com ataque direto aos servidores daquele município...

Estamos vivendo uma nova onda conservadora? É possível...

O argumento que reforça essa percepção não pode ser desprezado: todos esses candidatos eleitos tiveram forte empurrão dos setores policiais, de vigilância, judiciário e das promotorias desses territórios eleitorais...

Ou pelo vazamento de questões comprometedoras, mas nunca realmente provadas, como o caso do FBI com os e-mails de Hillary, seja no diuturno ataque sofrido pelo prefeito Fernando Haddad (PT) pelo braço tucano no ministério público, tanto quanto pelo impedimento, em Macaé, pela (in)justiça eleitoral do registro da candidatura de Riverton Mussi, ex-prefeito e principal adversário do atual prefeito de lá, como, enfim, aqui na terra plana de lama, com a intervenção da secção local da república paranazi no pleito...


Essas ações são hoje conhecidas como lawfare, ou na minha pobre definição, um Estado aparentemente estruturado em normas constitucionais, mas que submete as interpretações dessas normas a um estamento jurídico-policial-midiático comprometido principalmente com uma agenda política específica e partidarizada e muito menos com a reformulação dos hábitos na condução e gestão dos recursos públicos, apesar de utilizar-se desse conceito como propaganda para legitimar seus atos de exceção...

Desse jeito, as relações promíscuas dos promo(a)tores paulistas e o tucanato, passando pelas rusgas da espionagem estadunidense com os democratas têm íntima relação com a "paciência" dos órgãos de persecução locais com às flagrantes irregularidades já acumuladas no início da gestão atual do neto do avô...
Do mesmo modo que as patacoadas do prefeito macaense pagando policiais, fazendo sede para a puliça do psdb (pf) naquela cidade, e com a cessão de centenas de funcionários do insuficiente e combalido quadro de servidores a instituições policiais, ao judiciário e mp não são mera coincidência...

São atos de reverência ao novo status quo...

Outro dia escrevi aqui que os prefeitos de Campos dos Goytacazes e de Macaé, possivelmente, se enfrentarão na disputa pelo Governo do Estado, e de certa forma, esse texto de hoje é a parte final daquelas considerações...

Muita gente me disse que não acreditava nessa possibilidade, haja vista o baixo peso eleitoral dos pretendentes...

Eu gostaria de lembrar que nossa atual conjuntura subverteu de forma dramática a lógica com a qual construímos nossa percepção sobre capital e viabilidade eleitoral...

Pergunto: há um ano atrás alguém, por mais otimista que fosse, imaginava o resultado das eleições em Campos dos Goytacazes?

Provavelmente ninguém, e a julgar pelo fiasco do atual (des) governo, nem o próprio vencedor e sua equipe do reino da imbecilândia...

A abusiva e desmedida intervenção do judiciário nas questões político-partidárias, muito além do que seria justo imaginar como ação legítima de combate e controle aos crimes de colarinho branco, gerou um vácuo que vem sendo ocupado por perfis conservadores que sabem manipular os instintos mais primários dos eleitores...

Por isso que ao fantasiar-se de gari, o idiota do dória não se preocupa em nada com a avaliação de eleitores com compreensão mais acurada do processo político, mas sim em agradar ao mais baixo e primitivo senso comum, ainda que esses pobre diabos sofram na pele os resultados das políticas anti-sociais do prefeito de lá...

Algo parecido acontece por aqui...

Diante disso, eu recomendo, não desprezem a capacidade desses fascistas em seduzir o eleitorado...

Hoje, como nunca antes, para eleger-se, grosso modo, primeiro é preciso ter o controle dos esquemas do lawfare e das milícias policiais, bons financiadores (como sempre), compadrio da mídia (como sempre) e depois, muito depois, sair a caça dos votos...

terça-feira, 28 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus:dois pesos e duas medidas?

Olha minha gente, eu nunca seria leviano a ponto de afirmar que o judiciário local age como outras secções espalhadas pelo país, nesse caso, a república paranazi, porque para tanto, eu precisaria de provas...

Deve ser excesso de trabalho, ou a própria natureza diversa dos casos envolvidos, sei lá...Cada caso é um caso, sabem até os piores rábulas...

Mas o fato é que causa sincera estranheza que as AIJE que tratem de supostos crimes eleitorais nas últimas eleições de Campos dos Goytacazes tenham tratamento, digamos, tão diferente...

De um lado, uso total da força e da vigilância cautelares, com buscas, prisões, censuras, remoções, supostas tramas de extorsão, ameaças, etc, etc, etc...

De outro...cri. cri, cri...


Sim, o prefeito eleito responde a AIJE, mas não vimos nada parecido com o rigor proporcionado quando se trata das peripécias do napoleão da lapa, que diga-se de passagem, merece cada punhado de sal que comerá na travessia de seu longo deserto dos que foram rejeitados nas urnas...

Ou seja, se deu em chico, o lombo de francisco espera, ou não?

Uai, cadê invasão do hospital do amigo do prefeito, com direito aos fascistas da puliça do psdb fazendo pose (a esmagadora maioria é um bando de cagão que só faz pose mesmo) e caras de mau na TV?

Cadê os puliça federá, com cara de modelo de comercial de desodorante para sacudir os arquivos e escritórios das empresas que patrocinaram a avalanche de popularidade do prefeito eleito pelo feicebuqui?

Quem são os doadores do prefeito, há algo não contabilizado? E se não foi, qual o motivo? Meras complicações contábeis ou porque é algum tipo de recurso ilícito...?

Bem, o silêncio da imprensa a gente nem questiona mais, porque se trata de uma gente da pior estirpe...

O que nos causa medo e desesperança é imaginar, vejam bem, eu disse imaginar, que nosso valoroso e justo judiciário possa agir de forma partidária aqui nessa terra-sem-lei...tenho (quase) certeza que NÃO!!!!!

Tenho certeza de que a AIJE do prefeito eleito anda mais devagar porque Vossa Excelência, Eminência, Majestade, o Meritíssimo Juiz e seus órgãos acessórios estão a fazer um delicado e ponderado trabalho...o que não quer dizer que a rapidez dada ao caso do rei dos patetas da lapa esse cuidado não tenha sido observado, deuzolivre, não me comprometam...

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus: o prefeito-führer quer virar governador?

Olha minha gente, todo mundo sabe que não acredito em deus, mas nesse eu vou apelar: valha-me deus!!!

Será que ao alcaide local começou a delirar, assim como o sociopata de Macaé, que também é agora conhecido como "maria-batalhão", pelo papel ridículo no uso do dinheiro e dos direitos dos servidores e da população de Macaé para fazer "média" com os policiais militares do 32º BPMERJ?

Detalhe: uma fonte me confidenciou que na última semana, o Hospital Público de Macaé teve que implorar ao fornecedor de soro para entregar algum suprimento daquele material, haja vista que o município deve mais de 200 mil reais em faturas atrasadas...ou seja, o prefeito de lá deu dinheiro que não tem...ou alega não ter...

Sim, a exposição acentuada dos dois prefeitos não é só um cacoete de egolatria, mas uma estratégia pensada para ocupar o atual vácuo na política fluminense, seja pela falsa crise criada para extorquir servidores e a população, e privatizar o que resta de patrimônio estatal, seja pela temporada de caça aos políticos pelos integrantes da seção local da República do Paranazismo...

Só isso explica tanta viagem do pequeno-führer a Brasília...Só isso explica os atos de irresponsabilidade orçamentária do prefeito de Macaé...

A pergunta que  nos interessa em Campos dos Goytacazes é: com que dinheiro o neto do avô anda passeando na Capital Federal? 

Essa desculpa esfarrapada de agendas inócuas com "otoridades" do governo federal golpista já não serve mais...

Está claro para todos nós, que temos mais de dois neurônios (ao contrário do séquito de imbecis que o idolatra), que tais escapadas da planície ao planalto são para dar algum estofo ao líder dos filhotes da cachorra de guarus...

O fruto podre da jaqueira está de olho grande, e bem maior que sua barriga...




segunda-feira, 27 de março de 2017

E na patetolândia, o duelo de little kid napoleão e marcelo frouxo calamity jones...

Eu confesso que nada mais me surpreende...

Hoje eu li em um jornal de grande circulação a réplica do ex(des)governador do Estado, o little kid napoelão, também conhecido como coronel bolinha, a uma fala do deputado holofote, o marcelo frouxo calamity jones...

Dizem os mais próximos do deputado que o rapaz, em suas noites de insônia, dá entrevista a geladeira pensando se tratar da luz de uma câmara...

O little kid napoleão dispensa apresentações nesse sentido...

Pois bem, os dois gatilhos midiáticos mais rápidos do Far West Carioca deram para trocar desafios sobre a questão da milícia...

frouxo calamity alegou que o fenômeno surgiu e foi cevado no (des) governo do rei dos patetas da lapa...

Esse por sua vez respondeu lançando o desafio, do tipo onde, quando e como o deputado quiser...

Pois bem, se eu fosse um completo idiota eu desafiaria os dois...mas não chego a tanto...

Vamos por aqui mesmo desmascarando esses dois vingadores de araque...

Os dois mentem, por motivos que só a eles cabem esclarecimento, mas demonstram, de antemão, total desconhecimento da questão séria que envolve violência e criminalidade, Estado e sociedade...

E nem é preciso ser um Soares (Luis Eduardo), um Kant (Roberto Kant de), uma Lengruber (Julita) ou um outro medalhão estudioso da questão...

Até um puliça mequetrefe de baixa escolaridade como eu sabe o que aconteceu...


Primeiro é bom dizer que a existência de grupos de policiais dedicados ao extermínio, com emprego de pessoas "terceirizadas" (os chamados X-9), é antigo nas corporações policiais brasileiras, mas no RJ assumiu contornos folclóricos, mas não menos letais, como a Scuderie Le Coq (do famoso  Mariel Mariscot) ou Tenório Cavalcante e sua "Lourdinha" na Baixada...

Ou seja, no RJ a coisa virou uma griffe, legitimada e apoiada por setores médios e da elite, que só passaram a rejeitá-los quando a coisa fugia ao controle...aliás, como é o caso das milícias atuais...

Com o fortalecimento do consenso em torno a War on Drugs, a partir da década de 80 o século passado, toda a "indústria da segurança" ganhou uma escala jamais vista, tanto do ponto de vista do Estado (polícias, judiciário e outros entes públicos), como na sua ponta ilegal, com a disseminação de redes de varejo com incrível capacidade logística e poder de fogo, sendo certo que TODOS os dois lados eram alimentados pelas empresas fornecedores de insumos...

Sim aquilo que você vê nos cinemas e nas séries de TV é mais ou menos a realidade: durante os dois primeiros terços dos século XX, drogas foram tornadas ilícitas e pouco a pouco foram disputando a primazia na rede de negócios ilegais dos grandes grupos...

Com a política anti-drogas dos EUA, que seguiu a mesma toada e os trilhos da globalização via reagan e tatcher, com a total desregulamentação de mercados e das regras de transferências de recursos (dinheiro), as drogas tornaram-se a primeira atividade ilícita do planeta, transformando arranjos locais em grandes conglomerados transnacionais...

O resto é História...e seriado...

A milícia é, então, uma sofisticação empresarial daquilo que os grupos de policiais da década de 70, e que tiveram seu auge na ditadura de 64, já faziam com certa eficiência, mas sem os lucros e o poder agora disponíveis, uma vez que a mídia e as classes médias aderiam a histeria anti-drogas sem nenhuma oposição crítica, e alimentaram assim o mundo perfeito para as soluções de "exceção" (bandido bom é bandido morto)...


As milícias cresceram sim na octaéride garotista, mas não por culpa exclusiva do little kid napoleão, como gosta de inferir o frouxo calamity....

Claro que o patético "beija-mão" do então (des) governador napoleão da lapa aos órgãos de segurança dos EUA, que revelavam sua adesão inconteste ao modelo militarizante daquele país na questão das drogas, ajudou bastante a disseminação do fenômeno das milícias...

Um exemplo? Toda comunidade policial sabe que o Pan 2007 foi o ápice dessa "parceria" informal entre Estado e os para-militares das milícias...A segurança das instalações dos jogos foi garantida pela ocupação "tolerada" das milícias nas regiões onde elas (as instalações ) estavam...

Depois, por certo, a merda toda sai do controle, e aí cada um trata de apontar o dedo...

Mas o deputado frouxo calamity nunca, em toda sua suposta cruzada contra as milícias, teve a coragem de se debruçar sobre a origem e causa de boa parte da degradação do Estado e das suas forças policiais, que é a falida Guerra às Drogas...

E por que?

Ora, o deputado canastrão sabe que boa parte do seu eleitorado classe mé(r)dia nada em piscinas de hipocrisia e tem discurso virulento anti-drogas, embora se entupam de álcool, e finjam não ver que seus filhos vivem com o nariz entupido de pó...

Já o little kid napoleão e ex(des)governador segura na outra ponta da falsificação e segue se apresentando como "xerife"....

Dois zérruelas incapazes de subir o morro, mesmo que dentro de um blindado, mas falando de coisas que não entendem porra nenhuma, ou se entendem, falam o que a plateia quer ouvir...

Enquanto isso, vamos morrendo, policiais, os suspeitos de sempre, e muito mais gente que embora alheia ao conflito, também não pode ser considerada totalmente inocente...

domingo, 26 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus: o dia em que encontrei o secre(o)tário de educação!

Raramente falo de episódios pessoais, ou usando uma referência privada...

Mas esse evento tem uma conotação política importante, ao menos para mim...

Ontem no fim da tarde fui surpreendido por um gesto que alguns poderiam considerar nobre...

Em um local público, o secre(o)tário de educação, brand new brand levantou-se de onde estava e veio ao meu encontro...

Eu estava conversando com um amigo de muitos anos, e que há anos não via, meu camarada Afrânio Siqueira, carinhosamente chamado entre nós no Parque Leopoldina de "Faninho"...

Eis que chega o moço, acredito eu já com alguns graus etílicos turbando a consciência, mas que se aproximou de forma polida e disse:

- Vim aqui te cumprimentar, e sei que você não está me dando folga, mas mesmo assim te respeito muito...

Todo mundo poderá dizer: "Ohhhh, mas ele é tão simples, tão humilde, veio falar com você apesar de..."

Pois é, apesar de TUDO...

Quanta cara de pau do moço...

Será que imagina que um cargo de secre(o)tário poderá lhe conferir essa magnanimidade fingida, como seu o seu gesto me obrigasse a beijar-lhe a mão e lhe dizer: "Oh, secretário, minha culpa, minha máxima culpa?"

Será que é uma pose ensaiada de democrata?

Bem, eu não caio nessa, e respondi ao moço de chofre:

- brand, tanto faz o que pensa de mim, o caso é que eu perdi todo o respeito por você, e não temos nada a conversar...um cara com seu acúmulo teórico fazendo parte de um governo dessa natureza não merece nenhum respeito meu, politicamente falando...

E encerrei a conversa e voltei para "Faninho", que atônito me perguntou quem era, e quando lhe disse, o meu amigo soltou uma sonora gargalhada...


Sim, caros amigos e amigas, eu não tenho mais nada a falar com o brand new brand, a não ser repetir que sua (im)postura em pular nesse (des) governo coxinha é uma das maiores decepções que já tive, levando em conta o que eu achava dele, e a decepção só aumentou com o desenrolar de suas cagadas na secretaria...

Em suma: brand mostrou-nos a todos o babaca que sempre foi, mas que eu, ingenuamente, demorei a enxergar...

E se o moço imaginou que ganhou alguns pontos pela suposta coragem de enfrentar um desafeto, eu lhe digo: meu filho, a essa altura, a única coisa digna que poderíamos esperar de você é a renúncia...quem sabe exilando-se por uns 10 ou 15 anos na Finlândia?

Bunda mole...

quinta-feira, 23 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus, o (des) governo cu-de-mãe-joana...

Temos enfim todos os ingredientes de um verdadeiro Reich da Planície: um prefeito conhecido como pequeno-führer, um esquemão de propaganda ilegal antes da eleição, e imoral (e talvez ainda ilegal) depois dela, um discurso hipócrita (típico dos fascistas), e agora enfim, um "Alemão" fazendo merda...

O caso do CEPOP é singular...

Não que seja um escândalo de grandes proporções, como desejam alardear os patetas da lapa, agora confinados na oposição...

Mas porque é um exemplo claríssimo de como o atual (des) governo é mera continuação dos modelos anteriores que diz antagonizar...

O principal envolvido é sobrinho do napoleão da lapa, e se é verdade que o pai do "Alemão" é desafeto do irmão mais famoso, o fato é que a matriz dessa gente é uma só...
São defecções de uma dinastia que comanda a planície desde 1989, e mesmo com alterações de superfície, compartilham o mesmo patrimonialismo de sempre...


A diferença agora é que esse patrimonialismo ou clientelismo, como gostam alguns cientistas sociais, como meu amigo George Gomes Coutinho, agora é dirigido ao favorecimento das castas superiores da nossa apodrecida sociedade...

O uso da coisa pública em benefício de pequenos grupos e de particulares não é uma invenção do pessoal da lapa, diga-se, é coisa bem mais antiga...

E muito menos se tornou mais ou menos frequente no atual (des) governo...

O problema central não é esse...

O foco principal é o fato de que essa administração ter sido eleita a bordo de uma plataforma quase que exclusiva: mudar os modos de gestão pública, tornando-a transparente, universal e eficiente...

Não há um projeto, um programa sequer...só a promessa que tudo seria feito da forma correta...

Ora, porra, a proposta se resumia a isso (só isso), e desde a aurora mais tenra desse (des) governo já ficou claro que não havia como fazer diferente com a indicação dos mesmos que afundaram a cidade em postos-chave!!!!

Seria a mesma coisa que chamar joseph menghele para secretário de saúde esperando dele uma gestão humanista...

Ou nomear alexandre frota para secretário de educação com perspectiva de avanços na pasta...bem, se bem que o atual secretário não parece muito diferente, a não ser pelo lustro acadêmico...A gestão atual da Educação é quase pornográfica...uma verdadeira suruba...!

Eu ouço de muita gente, inclusive de amigos queridos como José Luiz Vianna da Cruz, que há pouco tempo para avaliações, e que é preciso esperar...Inclusive travamos longo debate na rede social recentemente sobre isso...

Poderia até concordar, senão fosse um detalhe: tempo para fazer o certo não houve, mas como fizeram tanta merda em tão pouco tempo?????

Como disse ao querido Zé, não se pode sentar embaixo da jaqueira esperando que ela dê laranjas...

segunda-feira, 20 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus, os piores cegos são os que não querem ver!

Uma fonte bem nutrida, daquelas que conviveu e convive com os bastidores do poder me confidenciou:

"Caro amigo Douglas, ou o pessoal do mp eleitoral e a justiça eleitoral está confuso ou está fingindo que não vê"...

Conversávamos sobre o futuro (ou falta de) da atual administração...

Ele falava sobre a AIJE proposta em face do atual prefeito, o neto do avô...

Não adianta procurar entre os doadores amigos registrados no TRE, e nem martelar no caso do hospital usado indevidamente como palanque...

O grosso, o quente da fraude e do abuso de poder econômico está nas redes sociais...

Explico: 

A tal da "onde verde" nada mais foi que a contratação de empresas que atuam nas redes sociais criando demandas exponenciais (repercussão positiva) e contendo ataques a determinada figura pública...

Esse serviço é utilizado e disponibilizado em redes como o feicebuqui...Se ele funciona ou não é outro assunto, mas o fato é que essa dinheirama e tais recursos usados não foram contabilizados e fiscalizados pelo TRE...

Esse esquema funciona mais ou menos como aqueles esquemas onde a gente comprava milhares de fichas de "orelhão" (telefones públicos até a década de 80 usavam "fichas" para completar ligações) e distribuía aos amigos e parentes a fim de que ligassem para algum concurso ou para promover alguma canção favorita junto a meios de comunicação, nesse caso, o mais comum era o rádio...

O caminho deve ser por aí...o dinheiro jorrou justamente aí, sob a esfarrapada e cínica desculpa de "democracia irrefreável" das redes...

Ou seja, sacanagem irrefreável, isso sim...



A carne e o jornalixo...

Engraçada a ginástica matinal dos gangsteres da g(r)obo...

O caso da carne é de morrer de rir, ou de chorar, levando-se em conta que os otários somos nós...

Depois de atacar com alguma força seus principais anunciantes, a empresa da famiglia mafiosa da comunicação, depois de bos argumento$$$ (é claro), passou a veicular matérias para tentar conter os danos feitos àquelas empresas...

Ontem falamos sobre o tema, aqui...

E dá-lhe os golpistas a tentar apagar o incêndio do "fogo amigo"...

O imbecil do ministro da agricultura foi de uma estultice sem par...Instado a responder porque não sabia de nada, ele tascou: "a investigação foi sobre o ministério da agricultura, logo, eu não fui avisado"...

Porra, como assim?????

Então o escalão máximo da pasta (o ministro) poderia vazar algo aos subordinados e ameaçar as apurações????

Tutti buona genti...


Depois, no embalo, os cretinos da mídia passaram a tratar da nova fronteira sob ataque do capital privado...

O tratamento de resíduos sólidos urbanos, ou seja, coleta e descarte do lixo...

Não satisfeitos com o modelo atual terceirizado que já drena bilhões de reais em contratos suspeitos, os sicários da mídia agora tentam a velha tática: denunciar a situação precária de algumas cidades, e no contraponto mostram  "sucesso" da gestão privada sem a participação estatal...

E olha que o atual modelo já é uma merda, como é o caso do contrato de coleta e tratamento de lixo de Campos dos Goytacazes, que inclusive perdura maravilho$amente desde mocaiber até hoje, sem questionamento...

Ou seja, uma sacanagem suprapartidária...


domingo, 19 de março de 2017

Navalha na carne...

Vamos às algumas considerações sobre o caso da carne podre e de mais uma operação circense dos idiotas da polícia federal, que também já podem ser chamados de puliça do psdb, ou melhor, FBI do b...

A partir do que li nas redes sociais, resolvi fazer um resumo do que me pareceu mais adequado como conclusão preliminar...

01- Sim, as empresas do setor frigorífico foram atacadas não pelos seus (gravíssimos) crimes, mas por questões econômicas e/ou geopolíticas...

02- Sim, como toda empresa capitalista, essas empresas reúnem um bando de filhos da puta que estão cagando e andando para lei, saúde ou interesse do consumidor e de seus funcionários...

03- Sim, a comoção causada por um assunto, que depois do automóvel e a bunda, é preferência nacional - carne/churrasco - foi capaz de eclipsar, e não por acaso, a repercussão dos protestos anti-temer... 

04- E por fim, para aqueles que pensam, não sem motivo, que o ataque da carne prova que a mídia cretina não poupa nem os seus para abrir o cu para os EUA, não se precipitem: é verdade, a mídia sabe quem manda, mas não deixou de enxergar na questão uma chance única de aumentar o "tutu" que virá das várias propagandas-desagravo e das matérias de "defesa"...

Esse jogo, senhoras e senhores, não é para amadores!


Na era da pós-verdade, os filhotes da cachorra de guarus e vizinhos se divertem...2

Ontem tratamos do uso de "tragédias" fabricadas pela mídia para desvio da atenção do que realmente interessa...

Você pode ler aqui, se tiver paciência...

Vamos retornar ao assunto por um breve instante...

Primeiro: não sou autoridade sanitária, e portanto, minhas impressões se colocam no campo da percepção do usuário, de contribuinte e de eleitor...

Ora, para que servem as enormes filas ao redor de postos de vacinação centralizados?

Apenas para dar assunto a "matérias" pseudo-jornalísticas, com o único propósito de aumentar a percepção da população de que o (des) governo atual dessa cidade plana de merda, e da vizinha Macaé atuam em benefício dos seus cidadãos...

Qualquer especialista em epidemiologia sabe, bem como os estrategistas em imunização, que não faz sentido algum deslocar enormes contingentes de pessoas para buscarem a vacina, até porque, isso pode gerar o efeito contrário: pessoas cansadas da exposição a tamanho desconforto desprezam a vacina...

Qualquer idiota sabe que as crianças, adolescentes em idade escolar poderiam ser imunizados em suas escolas...O mesmo serve aos universitários...assim como funcionários públicos e de empresas com mais de 100 funcionários receberiam equipes para a prevenção..

A estrutura de atendimento primário (UBS) deveria estar a postos (desculpe o trocadilho) para oferecer as doses, assim como os acompanhantes dos pacientes nos hospitais e os próprios pacientes (se não houver restrição médica)...

Por fim, as equipes de atendimento do PSF, Programa de Saúde da Família (ainda existe isso nessa merda de cidade) completariam o esforço principal, deixando para o restante não imunizado para outras equipes móveis e os centros de vacinação...

Esse carnaval todo só serve a mídia cretina e aos (des)governos que os cevam com as gordas verbas pubicitárias...




sábado, 18 de março de 2017

Na era da pós-verdade, os filhotes da cachorra de guarus e vizinhos se divertem com as "tragédias"!

Dizem os magos do "marquetíngue" que nada melhor para uma fase ruim da imagem de um governo, que uma tragédia ou uma notícia bombástica, escandalosa ou triste (podendo ser tudo isso junto)...

Pois bem, o (des) governo atual da cidade de Campos dos Goytacazes, e por que não dizer também, o da vizinha Macaé ganharam de de "presente" um surto de febre amarela novinho em folha, capaz de levantar mobilizações cívicas e esconder a decepção e frustração dos munícipes com jogadas de "marquetíngue" conhecidas...

Como fotos de prefeitos carregando doses das vacinas (como é o caso do cretino prefeito de Macaé), ou como no caso campista, com entrevistas e bombardeio midiático...

Todos os debates sobre as péssimas gestões, sobre as "cabeçadas" dadas pelas equipes dos alcaides são esquecidas, e tome imagem de macaco morto, e matérias requentadas dia-a-dia com a suposta contagem de casos...

Fórmula velha, mas que ainda dá pr'o gasto nesses tempos de idiotia virtual...

Ora, porra, as notícias sobre os casos de contaminação de febre amarela no sul-sudoeste de Minas já contam alguns meses, e se há algo a ser feito e planejado, já deveria ter sido há muito tempo...

Os isolamentos sanitários parecem atender ao que se pretendia, e não há, salvo em casos específicos, como de Casimiro de Abreu, pelas suas condições geográficas, ou seja, grande presença de mata nativa em seu território, casos de infestação urbana, propriamente dita...

O que não significa que esse quadro não se altere, e que todo cuidado não tenha que ser tomado, mas eu pergunto:

O que há de notícia nessa merda?

Governos realmente consideram um "desafio" conter um surto epidêmico de uma doença com vetor e modo de transmissão conhecidos e controladas há pelos menos 70 anos?????

Enquanto isso, todo o resto permanece submerso...

Problemas na saúde? Febre amarela...

Problemas no transporte? Febre amarela...

Massacre dos servidores? Febre amarela....

Foda-se a eleição para diretoras? Febre amarela...

Usou o dinheiro dos servidores para pagar ilegalmente PM, como em Macaé? Febre amarela...

Quem sabe o problema da febre amarela não dura o ano que o prefeito do feicebuqui pediu a população para começar a governar?

Ou no caso do imbecil de Macaé, quem sabe o surto não dura até a eleição para governador?

quarta-feira, 15 de março de 2017

Lula e a esfinge judiciária: decifrando ou não, te devoro...

Esse texto nasceu de um comentário feito no perfil do professor da UnB Luis Felipe Miguel...

Lula diz em audiência que esperava imparcialidade do judiciário/polícias/mp porque agiu de forma republicana com aquelas instituições...
Eis minha rasa e leiga opinião sobre o tema:
Talvez seja a hora, inclusive para Lula, de começar a entender os ritos e protocolos que infestam as corporações como judiciário, mp e polícias...
A fermentação de ódios e idiossincrasias em instituições desse tipo nem é exclusividade delas, isso também acontece em círculos militares, e em todas as esferas do Estado onde haja alguma parcela de poder (de fato), nesse caso, seja pela imposição simbólica das armas (militares e polícia) seja pela violência simbólica inerente ao estamento normativo, que detém o poder de "decidir" os supostos conflitos, sejam os de natureza positiva (aqueles que as leis não dão conta), seja os negativos (as infrações às leis (strictu sensu, o crime)...
A total incapacidade do PT e dos integrantes da esquerda em tratar desse problema (judiciário e polícias, e em sentido mais amplo, a questão da segurança) nos ajudou a chegar onde estamos...
Ajudou, porque os ingredientes externos já estavam decididos e nos escapam, como já provou a CIA e outros verdugos estadunidenses...Mas nossa tarefa de casa sequer começou a ser feita...
A impaciência de Lula deveria ser consigo mesmo, porque ele mesmo acreditou (e disse isso na audiência) que bastava agir com o chamado "republicanismo" (perdoe a para-frase a Lênin, a doença infantil do capitalismo reformista) que teria um tratamento isonômico por parte daquele estamento...
Mal comparando, deve ter sido a mesma surpresa de Carlos Lacerda quando viu que levara pernada dos militares...O que Lula, e talvez todos nós não percebamos é que tais instituições (policiais e judiciais) são instrumentos anti-democráticos de controle democrático...
Eu sei, isso é um paradoxo e tanto, mas o desafio, que sequer ousamos enfrentar, é dar conta de adequar essa natureza às demandas dos governos mais à esquerda, em suma: transformar, por mais louco que pareça, esses aparatos em instrumentos anti-democráticos de controle progressista...
Esses entes têm completa aversão ao poder originário (voto), seja aqui, seja na Dinamarca ou Islândia...Assim, não há como "ganhá-los" por dentro, de forma estruturalista ou gradualista...
Eles recebem comandos, devem ser impostos a eles a nova ordem que se pretende...
Caso contrário, sempre funcionarão como agora, como freio sem nenhum contrapeso...Perdoem se falei besteira, mas é isso que penso...

terça-feira, 14 de março de 2017

E aí prefeito, cospe ou engole?

Logo que assumiu a cadeira de prefeito, o pequeno alcaide promulgou lei de iniciativa de um parlamentar que criou sérios embaraços a ação de fiscalização e remoção de veículos flagrados em situação irregular no trânsito da cidade...

Ao mesmo tempo, manteve a suspensão da concessão da empresa que era responsável pela remoção e parqueamentos desses veículos, ato baixado no crepúsculo da dinastia dos patetas da lapa...

Como ápice do absurdo, a lei prevê a imposição de multa ao agente de trânsito que cumprir a lei 9503/97, ou seja, o Código Brasileiro de Trânsito, que prevê os casos para remoção, sem prejuízo da autuação pecuniária (multa)...

Sob uma invenção "jurídica", o vereador "jênio" viu na confusão entre as palavras remoção e retenção uma brecha para obrigar o agente de trânsito a "esperar" pelo condutor, ou deixar de remover o veículo, caso ele apareça no exato momento da autuação...

Nem vou detalhar as sandices da intervenção na empresa concessionária de parqueamento nos últimos minutos, sem que NENHUMA irregularidade fosse, de fato, apontada como causa para a interrupção dos serviços...

Lógico, isso só acontece nessa terra de loucos...Multa para o funcionário público que cumpre a lei...Intervenção para empresa que cumpre seus contratos...

Então fica a pergunta, não era melhor legalizar a famosa "cervejinha" ou "café", assim todo mundo ficava feliz, não é mesmo?

Recentemente, mais um evento refletiu, ou melhor, representou o caráter, o espírito que comanda a classe mérdia nesse país...e nessa merda de cidade...

Circulou pelas redes sociais um protesto de uma condutora que recalcitrava em ter o eu veículo removido, uma vez que havia sido flagrada pelos agentes policiais em débito com o IPVA...

Vários comentários dando apoio, é claro...

Ora, porra, por que eu, que pago em dia meus impostos tenho que suportar o ônus de ter a condutora inadimplente do mesmo direito de trafegar pelas ruas como se estivesse em dia com suas obrigações?

É bom lembrar aos imbecis que o IPVA não se destina a apenas a manter as vias em bom estado, mas compõem a rede de impostos que, junto com outros mais, possibilitam ao condutor uma série de serviços públicos, como policiamento, socorro médico, etc...

E aí? Devemos pagar para esse pessoal continuar a andar de carro? Porque se alguém não paga, a conta cai na conta de quem paga,  isso é cristalino, já que dinheiro não nasce em árvore...

Uai, será que essa gente de classe mérdia, que tanto exige de retidão e restrito cumprimento das obrigações (dos outros, é óbvio), não se cansa de dar espetáculos de tamanha incoerência?

Toquei nesses assuntos, para dar a dimensão de que a realidade é muito mais complexa que zurros pelas redes sociais, bem como exigir dos outros uma determinada conduta implica em estar em dia com sua parte...

Agora, as mesmas pessoas vinculadas às redes sociais que aplaudem o chilique de uma condutora-devedora de IPVA, rosnam contra a suspensão dos efeitos da rescisão da concessão da empresa responsável pelo parqueamento de veículo apreendidos em situação irregular...

Eu tenho várias perguntas a fazer a esse pessoal:

01- Onde devemos guardar os veículos apreendidos em situação irregular, já que a LEI MANDA que sejam recolhidos?

02- De quem deve ser a despesa pela guarda desses veículos apreendidos (rebocados) em situação irregular? Do próprio infrator ou de todos nós, caso a incumbência continue com a GCM?

03- Como o prefeito vai resolver a total contradição entre manter a concessão de parqueamento ao mesmo tempo que há lei em vigor que praticamente obriga o agente de trânsito a não cumprir a LEI?

04- Afinal, por que alguns setores da mídia cretina e da sociedade insistem em "proteger" maus motoristas?

Não quer ser multado? Cumpra a lei...

Não quer se rebocado? Cumpra a lei...

Parece que o pequeno alcaide descobriu que vai ter que tomar decisões...porque afinal, governar não é posar para feicebuqui...aguardemos... 

segunda-feira, 13 de março de 2017

Por o eleitor não votou em caio vianna?

Ontem, publicamos um texto (aqui) sobre as questões que envolvem o atual (des) governo...

Resultado de imagem para hydra

A Hydra do Garotismo e suas cabeças: sérgio mendes, arnaldo vianna, mocaiber, rosinha e rafael diniz...


Surpreendentemente, observamos a movimentação de certos setores...

Não que reivindiquemos a primazia da crítica, ou o monopólio do discurso opositor...nada disso...

Mas é preciso separar o joio do trigo...

Li (aqui) um texto do ex-primeiro-filho da ex-última dama dessa cidade, a ex-esposa do prefeito-canecão, que ganhou essa alcunha pela farra de pagamento de shows e seus cachês milionários, o que depois desembocou, com relação de causa-efeito na operação Telhado de Vidro, já no (des) governo alexandre mocaiber...

De certo o menino poderia dizer que desvinculou-se do legado do pai ao concorrer às últimas eleições à revelia dele...

Mas a mentora que manteve ao seu lado foi justamente a Imperatrix, a mamãe que torrou 1.8 milhão de reais para desfilar na Marquês de Sapucaí, como destaque de conhecida escola de samba...

Olha, menino, para se arvorar a dizer algo sobre (des) governos alheios, o rapazote deveria dizer em alto em bom som que renuncia a tal herança política, desculpando-se ao eleitor e contribuinte pelas peripécias de mami e papi...

Sem isso, ele é só mais uma das cabeças da Hydra do garotismo...

O eleitor imaginou com o voto ter cortado as cabeças, mas ignorando o mito grego, agora surpreende-se com o renascimento de outras com apetite maior ainda...

Como reza a lenda, só o fogo impede o aparecimento de novas cabeças...

domingo, 12 de março de 2017

Por que o eleitor votou em rafael diniz?

Com o afastamento histórico necessário, é possível que em alguns anos os  cientistas políticos e sociais consigam decifrar o fenômeno que catapultou um candidato considerado zebra a uma das vitórias mais acachapantes da História desse município chamado Campos dos Goytacazes...


Claro que não haverá, por certo, causa única, porém haverá incidentes predominantes e outros nem tanto, sendo a Política tema complexo e polifônico...

No entanto, dentre os fatores que podem ser considerador, com certeza estará o desgaste da fórmula empregada pela dinastia anterior que ocupou o poder desde 1988...

Sim, as defecções de alguns aliados, depois transformados em inimigos mortais não podem ser tratadas com alternância de poder no período onde os métodos de gestão se mantiveram intactos, tanto é verdade que sempre foi intenso o movimento de quadros políticos e militantes, oscilando entre um e outro grupo, onde todos bailavam a dança de traições e reconciliações...

O  certo que a dinastia dos patetas da lapa encontrou um hiato, que se vai ser breve, extenso ou definitivo só o futuro dirá...

Essa compreensão parece escapar aos "jênios" que bajulam o atual alcaide, repetindo o triste fenômeno atribuído a gestão anterior, onde os chefes preferiam fidelidade canina a cérebros pensantes e autônomos...

A população não quer saber mais o que aconteceu antes, porque, grosso modo, ela já disse nas urnas que sabia que tudo estava uma merda, e que queria mudar...

Então, por que os midiotas do atual alcaide, e o seu (por enquanto) diário oficial insistem em bater na mesma tecla, gerando factoides a exaustão, apontando a chamada "herança maldita"?

A população campista, desde seu eleitor mais humilde até os setores considerados mais abastados, já começa a entender que pior que a rejeição a um projeto ou um modelo de governo ruim, é colocar um grupo sem projeto ou modelo algum...

Antes, as coisas funcionavam mal, é verdade, mas agora a impressão que se tem é que nada funciona, e olhem vocês que há todo um esforço calhorda ma mídia comprada em esconder e ignorar os problemas do atual (des) governo, ao contrário do que fazia com os patetas da lapa...

Nem vamos mencionar o fato do atual (des) governo repetir as práticas que antes condenava, porque essa crítica, de certo modo, só reforça um sentimento anti-política que esse blog sempre pretendeu afastar...

A verdade nua e crua parece ser simples: 

O atual prefeito não sabe porra nenhuma, assim como nenhum de seus auxiliares, mas o pior não é a ignorância, mas a arrogância de omitir esse fato, a recusa no aprendizado!



sexta-feira, 10 de março de 2017

O vereador walter ego, o HGG, as esmolas privadas e o caos na terra dos filhotes da cachorra de guarus...

É preciso repetir, gritar em alto e bom som: 

Essa cidade ainda mantém  um dos maiores orçamentos do país apesar do decréscimo de receitas dos royalties, seja em termos absolutos, seja em proporção ao seu número de habitantes, o que se chama orçamento per capita...

Também é necessário dizer, há uma enorme parcela de problemas encontrados pela atual administração, todos deixados pelos incompetentes da lapa...

No entanto, o que salta aos olhos não é a quantidade de problemas, mas sim a total inércia dos atuais gestores para enfrentá-los...

Resumem suas condutas a chorar, como se não soubessem o que os esperava, ou pior, como se estivessem arrependidos da vitória conquistada...

Agora é o vereador walter ego que resolveu tirar uma casquinha do atual governo...

Uai, com um "aliado" desse não precisa inimigo...explico

Em plena vigência de decreto de emergência (aquele que "arreganhou as pernas" da Secretaria Municipal de Saúde para compras sem licitação), o vereador faz propaganda do seu bom-mocismo-feicebuqui, levando materiais de limpeza ao hospital...

Então para que serviu essa merda de decreto, só para fazer compras milionárias para satisfazer os amigos-colaboradores de campanha, aliás, cadê a lista de doares?

Aí vem o vereador narciso e mete o dedo na ferida, mostrando o caos do Hospital Geral de Guarus...

Engraçado é o silêncio da mídia, que antes desse governo, dia sim, outro também, divulgava cada carência, cada falta de material naquele hospital e em outros da municipalidade...

Na onomatopeia moderna das redes sociais:

Cri...cri...cri...cri...

Por outro lado, alguém precisa dizer que a doação de materiais por empresas, ainda mais aquelas que podem contratar com o Erário, precisa ser publiciza e formalizada em processo pertinente, e através de ato administrativo justificado...

Puta que lhes pariu, e o moço ainda dá aulas de Direito...

Mas exigir o que do moço, ele já anda e fala...

quarta-feira, 8 de março de 2017

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus, os porcalistas de coleira mantêm silêncio ensurdecedor...

Houve um tempo, até 01/01/2017, que as redes sociais eram festejadas por um certo setor da mídia local, conhecida por alugar o verbo a quem acenar com a verba...

Todos os supostos erros da administração dos patetas da lapa eram repercutidos em histeria....

Ok...vamos dizer que esses cretinos tenham até prestado um serviço, uma vez que de santos os patetas da lapa não têm nada...

Mas o que surpreende agora é o silêncio ensurdecedor, a total ausência das redes sociais e seus reclames nas páginas dessa mídia de esgoto...

Um estelionatário condenado por fraudar folhas de pagamento do Hospital Álvaro Alvim (ler aqui) foi escolhido por vossa majestade, o pequeno alcaide, como gestor da folha de pagamento da Prefeitura...

E na mídia, algum soluço, algum esperneio que fosse?

Porra nenhuma...

E depois esse pessoal quer ser levado a sério...

Dá gosto de ver os sabujos escarafunchando a vida dos patetas da lapa, requentando escândalos, enquanto o atual governo seria colheita fácil...

São uns merdas mesmo...

E na terra dos filhotes da cachorra de guarus, a raposa toma conta do galinheiro...

Recebi hoje um alerta de um colaborador, com a reprodução de uma nota do Jornal O Dia, dando conta de que JOSÉ LEONARDO GIOFFI NETO, nomeado para gerir o setor de recursos humanos do município teria sido condenado por estelionato, justamente por fraude na gestão de recursos humanos junto ao Hospital Álvaro Alvim...

Pois bem, com o cuidado exigido, passei a checar e eis o resultado:

A Promotoria de Investigação Penal remeteu a 134ª DP. e assim foi instaurado o pertinente Inquérito Policial, no qual consta o seguinte resumo:

"Trata-se de Ofício PIP nº 082/05, requisitando a instauração de inquérito policial para a apuração da conduta do ex-funcionário da fundação Benedito Pereira Nunes, Sr. JOSÉ LEONARDO GIOFFI MOTA, que gerava folha de pagamento em nome de inexistentes prestadores de serviço, autorizando o depósito dos valores remuneratórios em sua conta corrente."


Já em 2008, a 3 ª Vara Criminal, em sede do processo 0000864-16.2008.8.19.0014, exarou a seguinte sentença:

"(...) É o relatório. Fundamento e Decido. Pela análise de toda a instrução probatória, verifico que a denúncia merece procedência, diante da prova da existência do delito e da autoria imputada ao réu. O réu confirma a autoria que se lhe imputa segundo se depreende de seu interrogatório de f. 190/196, justificando sua conduta pelo fato de estar passando por problemas pessoas a época dos fatos. As testemunhas ouvidas nesta audiência corroboraram a confissão do réu dando suporte integral a denúncia. De fato, o Diretor Geral do Hospital e o Consultor do Departamento de Recursos Humanos esclareceram que o réu praticou desvio de verbas da Fundação mantenedora do Hospital mediante procedimento previamente idealizado pelo réu, visto que o mesmo antes de enviar o relatório da folha de pagamento para a instituição bancária, fazia modificação no documento inserindo-se como beneficiário de pagamentos de ex-funcionários ou ex prestadores de serviços. De se notar que para lograr sucesso em sua empreitada criminosa o réu gozava de plena confiança da chefia do hospital em todos os seus departamentos. Assim, o réu praticou a fraude descrita na inicial durante quase 02 anos auferindo lucro indevido em prejuízo de instituição hospitalar mantida por Fundação que prestava serviços de saúde de extrema importância para a população desta cidade. Por fim, há de se ressaltar que o réu compôs o prejuízo apenas parcialmente conforme ficou esclarecido pela testemunha Waine Teixeira de Castro. Não há, pois, qualquer dúvida relativa à existência do crime de estelionato, segundo as declarações das vítimas, tanto em sede policial quanto em sede judicial, além da confissão do réu, valendo esclarecer que a fraude foi praticada por 22 vezes no decorrer de 22 meses. Desta forma entendo que deve se aplicar a figura do crime continuado conforme disposto no art. 71 do CP, sendo certo que tal fato está devidamente narrado na denúncia, possibilitando plena defesa do réu, até porque o mesmo defende-se dos fatos articulados na denúncia e não da classificação jurídico penal dispositiva. Ante o exposto, JULGO PROCEDENTE a pretensão punitiva estatal para CONDENAR o réu JOSÉ LEONARDO GIOFFI MOTA por infração ao art. 171, § 3º do Código Penal, c/c com o art. 71 do mesmo diploma legal e, em conseqüência, passo a aplicar-lhe a respectiva pena.(...)"


Claro que os institutos jurídicos-penais estão, em tese, voltados a crença da regeneração e reabilitação dos condenados e nesse caso, pela leitura do resto da decisão que não publiquei aqui, o rapaz parece ter cumprido a sua pena...

Mas fica a pergunta:

O prefeito-führer contrataria um ladrão para ser segurança de suas posses?

Será que o alcaide contrataria um estuprador como motorista de seus filhos e esposa?

Pois é, parece que o cuidado que tem com os seus e seus negócios não é o mesmo com a coisa pública...

Mas se ele confia, ok, aguardemos e torçamos pela reabilitação do moço...

Nem deus consegue ser mulher...

Esse blog é ateu, todos sabem!

Mas não deixa de brincar e conversar com as diferentes crenças...

Esse ano, no 08 de março, vamos dar um enfoque, digamos, religioso a questão da mulher e seus direitos (ou falta de) pelo mundo...

É preocupante o fato de que todas as religiões monoteístas, eu me refiro ao Judaísmo, Cristianismo e o Islamismo, tratarem as mulheres de forma tão desigual, variando de cultura a cultura e de processo civilizatório para processo civilizatório...

Seja em questões como sexualidade, liberdade de ir e vir, seja em questões econômicas, sociais e/ou étnicas, o que foi reservado às mulheres só não está abaixo nas hierarquias sociais daquilo que cabe aos negros...

TODAS as sociedades do mundo, sejam aquelas que se considerem as mais avançadas, sejam as consideradas mais primitivas (embora essa hierarquia seja sempre uma falsidade ideológica) nutrem severo desprezo pelas mulheres...

Pelo critério dogmático de TODAS as religiões monoteístas, cabe a mulher a obrigação de gerar um filho que tenha sido resultado de um estupro!!!!

Nada simboliza maior violência que esse postulado religioso!!!

Para se ter ideia de como ser mulher é difícil, perguntem aos homens que creem em reencarnação, se gostariam de retornar ao mundo como mulheres...Acho que majoritariamente a resposta seja não...

Lembrem-se: deus é pai, homem, branco e europeu...

Ser mulher é tão difícil que deus quando quis vir a terra se fez homem...

E se Maria soubesse que geraria um filho-deus que espalharia pelo mundo uma Igreja que maltratasse tanto suas descendentes, talvez tivesse abortado...

As mulheres serão felizes quando deus-pai estiver morto...


terça-feira, 7 de março de 2017

O sujo e o mal lavado na terra dos filhotes da cachorra de guarus...

E eu que pensei que já tinha visto de tudo...

Mas agora os sabujos de coleira do atual (des) governo tentam justificar a contratação suspeita da empresa de HOME CARE com a desculpa de que os patetas da lapa faziam o mesmo...

Uai, como assim????

Perderam de vez a vergonha??? Ou nunca tiveram...?

Ora, porra, se o napoleão da lapa contratava empresas e servidores em situação no mínimo, suspeita, isso não confere um habeas corpus para os filhotes da cachorra de guarus fazerem o mesmo, ou dá?

É como diz o velho ditado: "quando brigam as comadres, sabemos as verdades"...

segunda-feira, 6 de março de 2017

A secre(o)tária cabeça de bacalhau e a suíte executiva!

Que o atual (des) governo parece sofrer de "diarreia administrativa" ninguém duvida, afinal, só fazem cagada...

Por isso, providenciaram logo a mudança da câmara de "puxadinho" do Executivo para "suíte"...

Mas agora eles exageraram, e não satisfeitos, pretendem "cagar" na cabeças dos vereadores, que falando a verdade, nem vai fazer diferença, porque o que os vereadores têm na caixa craniana não é muito diferente de merda!

A "audiência pública" da secre(o)tária de saúde, a moça que todo-mundo-sabe-que-existe-mas-ninguém-vê vai tratar da "herança maldita", mas não tocará no caso da empresa de Rio das Ostras, contratada por mais de 7 milhões quando seu capital social (50 mil) não permitiria tal compromisso...

Parece que os atuais gestores resolveram "herdar" tudo, inclusive as maracutaias...

E assim, se cercar a câmara vai virar cadeia, mas se jogar a lona vira circo!

PS: Atenção, atenção pessoal das franquias da república do paraná (judiciário-mp), o tio da moça, o tal de Cristiano da  Sinal é buonna genti, como no...cáspita...