terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Um imbecil no lugar certo 2....

Em uma corte que sempre defendeu os interesses e privilégios de banqueiros, médicos estupradores, militares torturadores e outros criminosos "bem nascidos", a indicação de um ex-advogado ligado ao PCC não é nada demais...

É, de certa forma, um ponto de equilíbrio, uma ação de caráter isonômico, pois pela primeira vez alguém ligado a bandido pobre (por mais violentos que sejam os integrantes do PCC) vai para a cadeira suprema do judiciário...

Bem, brincadeiras à parte, eu poderia desfiar um montão de motivos para contestar a indicação do kojak golpista, mas com certeza não é o fato dele ter advogado para criminosos do PCC...

Nossa Constituição é cristalina ao considerar que ninguém é presumidamente culpado (nem o kojak, nem qualquer réu), a ninguém será privado o amplo direito de defesa (isso inclui o melhor advogado que puder pagar) e muito menos se pode criminalizar o exercício e a inviolabilidade da advocacia, sob pena de ataque frontal a Carta Magna...

Nós, do PT e de outros setores progressistas não podemos engrossar esse coro fascista e moralóide, usando contra o kojak os mesmos argumentos toscos dos quais fomos e ainda somos vítimas...

Foi isso que o juizeco de Curitiba fez e faz com a defesa de Lula...


Foi isso que o capitão-do-mato, joaquim barbosa fez na ação 470...

Então, amigos e companheiros, vamos fazer as críticas de modo coerente...até porque, nesse jogo de linchamento moral e pré-condenação nós não temos a menor chance...

Se não for por uma questão de princípios, que seja ao menos por pragmatismo...

Nenhum comentário: