domingo, 29 de janeiro de 2017

Rio 40º, Estado maravilha paraíso da extorsão oficial...

Funciona mais ou menos assim...

Todo mundo sabe, ou deveria, que o mundo está no buraco desde 2008, e tudo que tinha relação com os chamados títulos podres (papagaios onde um devedor vende sua dívida para frente para alguém que a compra e repassa para outros, lucrando com as taxas de arbitragens, e assim vai...) foi para a "vala"...

Ou seja, em um mundo onde as finanças têm um alto nível de conexão, com fundos de pensão de professores da Armênia comprando títulos emitidos pelo Estado do Rio, por exemplo, quando a "corrente" quebrou, tudo foi por água abaixo...

Isso é que está, dentre outras coisas, provocando o caos financeiro do nosso Estado hoje, no que os especialistas (como Nouriel Roubini) chamam de segunda perna do "W", representação gráfica de uma aparente retomada da economia mundial, seguida por mergulhos drásticos...

Em 1929, o pior veio quando tudo parecia melhorar, e desembocamos na II Guerra Mundial...

É um tema difícil de entender, eu sei...

Mas junte a essa "quebra de corrente", quando cada credor (portador de um título) quer receber seu "crédito" e todo mundo retira dinheiro de circulação, com a política desenfreada de estímulo fiscal, onde os governos cevaram a torto e a direito setores totalmente díspares e sem nenhum efeito para conter a crise que viria com muito mais força, como foi o caso...

Ao mesmo tempo, o governo central (a União) garantidor de boa parte das dívidas estaduais aperta o cerco e aumenta juros, inaugurando aquilo que se chama de corrida do cachorro atrás do rabo...

É mais ou menos isso, explicado por um leigo como eu...

Qual a saída...?

Tirar de quem não pode reagir, isto é, jogar a culpa nos servidores, piorar a situação já precária dos serviços púbicos, aumentar a tensão social para provocar mais e mais enxugamentos para pagar os serviços das dívidas...

É o que no Código Penal chamamos de Extorsão, artigo 157...que em suma é fazer chantagem mediante uma grave ameaça ou violência...

Toda a política recente do governo do Estado se resume a isso: 

Colocar os servidores ativos e inativos em uma situação onde aceitem qualquer coisa, sob a chancela de "sair da crise"...

Tiram nossa comida, e depois nossa dignidade...

Na medida em que a situação piora, a pressão popular, demandante dos serviços, também aumenta o peso sobre os servidores, já que são eles que atendem aos contribuintes, e não os governantes cretinos...

E o que fazer?


Só nos resta responder a extorsão oficial com atos de legítima defesa, na mesma proporção e em sentido contrário à violência que somos vítimas...


A greve dos policiais tem que ser expandida, com encerramento das lavraturas de prisões em flagrante nas delegacias, das perícias médico-legais e do recolhimento de cadáveres em vias públicas...

Que o governo estadual dê seu jeito...

Que juízes e promotores que estão com seu gigantescos vencimentos em dia lavrem os flagrantes nos seus cartórios judiciais e mantenham os presos custodiados em suas carceragens nos Fóruns...

Na Academia de Polícia nos ensinaram que só há um caminho para deter a extorsão, e não é pagando "resgate"....

Nenhum comentário: