sábado, 5 de novembro de 2016

zé bocó da lapa, seu exército de brancaleone e...o sofá da sala!

A violência no trânsito não é fenômeno restrito aos limites dessa terra plana de lama...

Por ano, algo em torno de 50 mil pessoas morrem vítimas de incidentes de trânsito,  quase 60% desses sinistros estão vinculados ao uso de álcool antes de dirigir...Grande parte, homens, na faixa de 18-35 anos...

Mais de 80% desses incidentes acontecem em um raio de 10 km da residência, ainda que nas estradas federais, estaduais e municipais...

De acordo com o DATASUS (Ministério da Saúde) e a SUSEP, autarquia que supervisiona as seguradoras privadas e fiscaliza as indenizações pagas às vítimas desses eventos, popularmente conhecidas como DPVAT, mais de 120 mil pessoas são internadas em decorrência desses eventos...

A Previdência Social completa os dados, e nos diz que dessas 120 mil pessoas feridas, e de tantas outras mortas (cerca  de 50 mil), boa parte sobrecarrega os recursos públicos de seguridade social, uma vez que viúvas, órfãos e inválidos passam a contar com pagamento mensal das pensões e auxílios (temporários e permanentes)...

Campos dos Goytacazes não fica de fora...e por certo, nosso sistema de saúde pública sofre as consequências da imprudência e de outras modalidades de crimes e infrações de trânsito...

E o que o zé bocó e seu exército de patetas têm a ver com isso?

Bem, ao invés de brincar de guerra com a empresa que foi criada para dar solução ao caos que era a apreensão e depósito de veículos de infratores, o zé bocó da lapa e seus patetas poderiam entrar, de verdade, nessa guerra do trânsito, que tem número de vítimas comparáveis a pequenos conflitos armados...

Poderiam entrar ao lado dos cidadãos que cumprem as regras, e protegê-los dos infratores e assassinos do trânsito...porque, afinal, quem cumpre a lei está se lixando para pátios, radares ou outras ferramentas auxiliares no sistema viário...

Enquanto o zé bocó "ocupa" a empresa, veículos estão sobre as calçadas, em frente às garagens, avançando sinais, excedendo velocidade, tudo sob a inércia cúmplice do Poder Público (existe isso nessa cidade?), que sequer é capaz de manter os postes dos semáforos de pé...

Ou seja, aqui nessa merda de cidade, um sinal de trânsito pode te matar porque não funciona, ou porque cai na sua cabeça...

zé bocó e seu exército são como aqueles cornos que ao chegarem em casa, surpreendendo a "patroa" gemendo debaixo do pé-de-pano, ali no sofá da sala, mandam retirar o sofá...

A empresa de parqueamento da cidade é o sofá da sala...



PS: 
Afinal de contas, perguntar não ofende: de quem era o carro branco e possante que o filho do zé bocó usava quando se envolveu em incidente alguns anos atrás? Algum tipo de fantasma? Algum tipo de fruta cítrica?

2 comentários:

Anônimo disse...


Da Mata, será que sua bronca toda é por causa disso?

http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id=22590

Afinal, o homem é inteligente.

Os zebocós estão com tudo hoje em dia, afinal os inteligentes não sabem usar a inteligência. Partem para apelação burra de dor de cotovelo.

douglas da mata disse...

Porra, meu querido pateta da lapa, tomar como referência o merval para dizer-se inteligente é a coisa mais estúpida do mundo...

Uma imbecilidade colossal até para os vossos padrões de idiotia da lapa!

O que o zé bocó da lapa "sabe" só dá para isso mesmo, contrapor mervais e outros débeis mentais do pig...

Menos meu filho, menos, por favor, não se exponha tanto assim...