quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Napoleão da lapa nas grades: língua solta e rabo preso!

Pode-se concordar ou não com o decreto de prisão do ex-governador do Rio de Janeiro...Pode-se dizer que foi justo ou injusto, mas uma coisa não pode ser dita:

O napoleão da lapa se comportou como se quisesse ser preso, a fim dar aos seus asseclas um ato de martírio, capaz de afastá-lo do pior julgamento para um egocêntrico como ele: o da História...

Do julgamento da Justiça estão aí bons e caros advogados...

Se fosse homem de coragem, se tivesse os colhões necessários para envergar a estatura moral que reivindica, o napoleão poderia imitar a fala e o gesto de Getúlio (Vargas), quando disse e fez: "Só morto sairei do Catete!"...

Do Flamengo até o Catete era um pulinho...

Nota: Não consta nos livros que Getúlio tivesse feito greve de fome...

Pois é, entre Catete e Flamengo, atos encenados e atos extremos, a História sempre nos ensina a diferença entre homens e "garotos", estadistas e "coronéis"...

Nenhum comentário: