sexta-feira, 14 de outubro de 2016

O pateta trump e os limites da idiotia ensaiada...

Claro que o sonho de todo conservador é captar, difundir e comunicar os ódios mais selvagens, do dito homem médio, como forma de alimentar um projeto político.

A fórmula, grosso modo, já foi dada e experimentada em tempos de outrora, seja com Hitler, seja com Mussolini ou outros expoentes do autoritarismo de massas...

Por aqui, o exemplo mais legítimo que temos desse tipo de cretino ensaiado é o clã bolsonaro...Alguns dirão que o recém-eleito prefeito de SP é outro exemplo, mas falta-lhe a pegada "máscula e brucutu" para dar contornos a sua misoginia...

É impensável imaginar aquele idiota mauriçóide com cara soterrada de pancake, e com camisas rosas, impingindo medo ou batendo na mesa, o que não quer dizer que ele não seja capaz, e não vá praticar as maiores atrocidades (mas tudo com luvas de pelica)...

donald trump é o candidato a líder fascista da vez...Tentou e fracassou...

Até Hitler entendeu melhor, junto com Stálin, o potencial do empoderamento do mito feminino como guardiã do conservadorismo, e como mola propulsora da ideologia calcada em valores das células familiares...

Por isso, tanto na Alemanha, quanto na ex-URSS, a mulher desempenhou papel de destaque...

Ou seja: até ditadores tidos como os mais cruéis souberam, de antemão, que falar certas coisas em público sobre mulheres é a derrocada!

A fala de Trump não está longe do que pratica o mercado, a propaganda comercial ou até as três religiões monoteístas...Todas essas instâncias tratam mulheres como lixo, ou como objetos descartáveis...

No mundo todo reverberam números assustadores de violência doméstica e de gênero contra mulheres, seja na Inglaterra "civilizada", sejam nas periferias do mundo, como Índia ou no Brasil...
Em todos esses lugares, tais agressões perpassam TODAS as classes sociais, diga-se...

Mas uma coisa é saber que as mulheres (coitadas) carregam eternamente a culpa pelo prazer que sentem (maria mãe de deus teve que conceber sem ato sexual, virgem que disseram que era, e por esse motivo, nem se fale em prazer)...

Também recaem sobre elas a maldição da maternidade...Ai delas desejarem o controle sobre seus corpos e seus fetos...Ser mãe não é uma escolha, é uma imposição, uma sentença definitiva...

Assim como são eternamente culpadas por envelhecerem, como se fossem obrigadas a se manter com aparência de 18 anos, num misto estranho de mitos que oscilam entre incesto, pedofilia e outros complexos masculinos...

Não por outro motivo, a indústria da "beleza" feminina tem um "PIB" talvez maior que  destinado a prevenção de doenças típicas das mulheres...E tome abdominoplastia, próteses de seios, bundas, liftings e o caralho...

Porém, o pessoal do trump reproduziu o cacoete comum que acomete quem está ganhando terreno: perder a noção do ridículo, do limite, acreditando mais no mito que criou sobre si do que aqueles a quem o mito é dirigido (o eleitor)...

Na direita esse cacoete aparece com mais frequência, porque nem todo direitista é idiota, mas todo idiota é direitista...acostumados que são com as facilidades de vocalizarem o establishment e o senso comum, conservadores tendem a pensar menos, porque explicam o mundo por dogmas e reduções, como por exemplo:

01- Tudo se deve a economia;
02- O ser humano tende a preguiça;
03- A meritocracia resolve o problema da falta de oportunidade;
04- O mundo se divide entre nós (os bons) e os maus (eles), por isso são comuns as expressões como Império do Mal, ou outras menos sofisticadas...

Só que em relação às mulheres, os idiotas partidários do trump, deixaram de enxergar que as ofensas e expressões vulgares trazem complicadores para o relacionamento interpessoal dentro das casas, quando mulheres que não foram ungidas com milhares de dólares para retardar o envelhecimento, ou para contornar problemas de obesidade (mal estadunidense), ou que não foram "naturalmente" dotadas dos padrões estéticos exigidos, começam a questionar sua auto-estima, e o quanto esses problemas têm a ver com seus casamentos frustrados com idiotas egoístas tipo hommer simpson...

Não dá para jogar a culpa nos imigrantes ou nos negros quando se olha no espelho, e aí, aquilo que era admiração começa se transformar em raiva e desprezo, porque quebra, do lado dos eleitores a coesão da auto-estima do "nós somos melhores que eles", e a confiança com o líder carismático, que não lhe traz nenhuma solução discursiva para o problema apresentado, ao contrário, só lhes trouxe o escárnio público...

Uma coisa é dizer que o cara branco, semi-analfabeto e raivoso terá sua redenção quando os negros forem mandados de volta a África, ou todos os latinos sejam empurrados para baixo do Rio Bravo ou exterminados pela polícia...

Outra coisa é dizer coisas que não poderão ser resolvidas com ódio de classe e étnico...justamente porque as frases de trump atacam o resultado da vida média estadunidense que trump diz que iria resgatar, e que por seus exageros e pecados (gula, preguiça, etc) traz a aparência média do eleitor: sedentário, gordo e gorduroso!

Estão aí os limites para a idiotia ensaiada...

O pior (quer dizer, o melhor) que esses caras não aprendem...

E por aqui, glorificamos a recatada e do lar...

Nenhum comentário: