terça-feira, 4 de outubro de 2016

"Auditoria sem revanchismo", leia-se: Vamos passar o rodo!

Eu fico imaginando o que faz uma pessoa a falar merda, e seguir insistindo...

Ora, um dos maiores erros que acomete os mandatários recém-eleitos é a (falsa) percepção, muito justificada pelos odores da vitória, de que as urnas conferem muito mais que a outorga do eleitor!

É a Síndrome do Imperador, e no nosso caso aqui em Campos dos Goytacazes, em se tratando do herdeiro da oligarquia local, seria correta chamar Síndrome da Casa Grande...

Então, como já falou asneira em público (a tal da auditoria), e considera que voltar atrás seria um sinal de fraqueza, o cara segue atolando os pés nas merdas que disse...

Uai, qual é a instância que proporcionará isenção suficiente para executar uma auditoria nas contas da Prefeitura?

Ué, para que servem os vereadores?

E os órgãos de controle e fiscalização?

Faltam instituições no nosso arranjo estatal para dar conta da tarefa de verificar as ações executivas?

Quem serão os auditores? Santos descidos dos céus e ungidos pelo cajado imperial de Vossa Excelência Coronelística?

Será que o jacobino-coxinha vai pedir ajuda a franquia local da república do paraná, e abrir mais um precedente horroroso, subordinando a política a ação fascista judicial-midiática?

Na verdade, o figurino que o jacobino-coxinha vestiu atende a seguinte demanda:

"Como não tenho a menor ideia do que irei fazer, é bom começar distraindo a todos jogando a culpa no passado!"

Algo como:

"Ih, caralho, ganhei e agora...?"

O truque manjado da herança maldita, difundido com a ajuda da mídia de aluguel periga até dar certo...

Próximo passo, ou seja, a próxima cagada que irá dizer será:

"Vamos formar uma equipe com "técnicos", com a menor influência política possível, tudo gente acima de qualquer suspeita..."

Santo zeus, é essa a novidade que Campos dos Goytacazes elegeu?

3 comentários:

Eduardo disse...

O cara nem sentou o bumbum na cadeira e vc já está amargo!? Qualquer coisa será melhor que o casal Garotinho, mesmo não sendo excelente! Certamente ele encontrará os cofres arrombados e dívidas irresponsáveis deixada pelos rosáceos... Não será fácil colocar a prefeitura nos eixos nos primeiros meses! Só espero que o estrago que deixarão pra ele não seja tão grave para corrigir...

douglas da mata disse...

Meu amigo Eduardo, não julgue os outros por si mesmo...Não carrego amargura alguma, mas sim tristeza.

Quem parece vomitar amargura é você (nesse caso, dirigida aos patetas da lapa).

Vou lhe explicar o motivo:

Fico triste em perceber que a sua lógica é parecida com a da maioria: Qualquer coisa é melhor que os patetas da lapa!

Ainda que eu saiba que eles (os patetas da lapa) sejam, em grande parte, responsáveis por esse sentimento (de amargura), eu me reservo o direito de imaginar que fazer política é diferente de aceitar qualquer coisa para substituir aquilo que eu acho ruim...

E no caso de Campos dos Goytacazes, aceitamos o retrocesso em nome da substituição dos patetas da lapa.

Retrocesso que já se apresenta bem no começo.

Eu sugiro que você use seus argumentos para debater a crítica que fiz...

Ou, pelo contrário, você acha mesmo que esse papo de herança maldita e "auditoria" sirva para algo mais que distrair os cretinos (será o seu caso? não creio, você me parece um pouco mais articulado que a média)...

Se já sabia que ia encontrar terra arrasada, por que se candidatou?

Uai, ele não á a mudança, o novo, a esperança?

Uai, se estivesse tudo bem, se as contas estivessem em dia, com tudo funcionando, por que a população teria votado nele?

Marcelo Siqueira disse...

O salvador da pátria muito mal acompanhado, não há nada de novo, inclusive o povo cheio de orgulho, por ter feito o seu papel, depois que aprendeu a votar.