segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Quer nos foder? Pelo menos nos beije antes, secretário...

A entrevista do secretário sobressalente de segurança do ex-estado do Rio de Janeiro virou piada no meio policial...

Falando quando deveria ficar calado, agindo quando deveria pensar, o secretário, no meio de tantas outras baboseiras feitas para encher pautas e linguiças, disse que contará com a "paixão, o sacerdócio" do policiais para enfrentar a chamada "crise"...

Eu vou até fugir da piada pronta, e evitar dizer que o dono da farmácia, a seguradora, o colégio das crianças, enfim, nossos credores não vão receber paixão, nem sacerdócio para quitar nossas dívidas...

Vamos perguntar ao secretário, cadê a paixão do (des)governador pelos servidores e contribuintes, que deu 131 bilhões reais desde 2010 (de acordo com o TCE-RJ) a empresários, sob forma de renúncia fiscal (instrumento que promete continuar usando), enquanto deixou o Estado do Rio no buraco negro fiscal?

Sacerdócio? Bem, é para a gente acreditar que nossas contas serão pagas por milagre?


domingo, 23 de outubro de 2016

Carta aberta ao napoleão da lapa...

Senhor ex-deputado estadual, ex-secretário de agricultura, ex-prefeito e ex-governador e atual secretário de governo, seu extenso currículo, improvável frente a sua origem humilde e sua baixa formação educacional formal, já nos revela de antemão que não és pessoa comum...

Por outro lado, nos dão a exata dimensão do desperdício de sua existência, agora que o crepúsculo dos anos torna ainda mais anacrônica a alcunha que escolheu (ou indevidamente se apropriou?)...

Vossa Senhoria poderia ter sido e ido muito além do que foi, e os 15 milhões de votos para presidente são a manifestação dessa assertiva...

Porém, nos dias de hoje, quando olhamos seu retrospecto e sua dimensão há um tremendo descompasso...

Não porque atuar ao lado de sua esposa na coordenação de grupo político que se confunde com seu nome seja tarefa menor, como querem seus algozes, não menos venais que o senhor...

O descompasso não está no senhor ou nos seus atos, mas no seu lugar na História, que passou e o relegou ao quase-esquecimento, embora Churchill nos ensine que a vantagem da política sobre a guerra seja a possibilidade de ressuscitar...

Mesmo agora, quando alvo de uma empreitada que procura reduzir a Política a caprichos e egos judiciais, que por sua vez seguem, mesmo que, de forma inconsciente, as ordens dos EUA para desmontar o que esse país poderia ser (como em 64), Vossa Senhoria, me desculpe e expressão chula, caga no p*u...

Ao se comparar com Zé Dirceu, o senhor não só assina embaixo, como um suicida, o tratado de perseguição e injustiças praticadas em nome de uma chamada moralização da política...

O senhor nos faz duvidar do que acreditamos, e passamos a perguntar: Será que em Campos dos Goytacazes, a ação da justiça e da polícia não estão certas?

Pois é, antes eu julgava ter as respostas, agora o senhor me trouxe dúvidas... 

O senhor age como um enforcado que compra a própria corda para poupar tempo ao carrasco, ou se oferece como voluntário para afiar a guilhotina...

O senhor se imagina um mártir...

Não és...

Os mártires oferecem algo como sacrifício, para preservar aquilo em que acreditam, suas crenças, virtudes, missões, e o senhor não acredita em nada que exceda os limites da sua (desperdiçada) existência...

Mártires como Zé Dirceu e Zé Genoíno sacrificam tudo, até a própria liberdade, em nome de lealdade pessoal e outros valores e projetos coletivos...

Vossa Senhoria não é mais leal que o escorpião da fábula (*) com o sapo...

O senhor, se estivesse na posição de Zé, já teria delatado até a memória de sua santa mãezinha, ainda mais pela facilidade dela não poder se defender, nesse caso, seus alvos prediletos...

Nem é preciso lembrar que foi Zé Dirceu, que na época imaginava ser o senhor alguém merecedor de confiança, que costurou o acordo que o levou ao Governo do Estado, tendo Benedita da Silva como vice, passando por cima ("tratorando") da Convenção Estadual e das bases partidárias petistas...

Não nos recuperamos daquele golpe até hoje, e logo depois, com a dinâmica própria da política, o senhor mostrou quem era de verdade...

Mas ali também foi selado, como algo de uma justiça metafísica ("divina" para quem acredita), a sua sorte como então candidato a presidência, ficando isolado como um outsider de alcance limitado...

No entanto, o que mais dói aos ouvidos de quem, como eu, acompanha a política mais de perto, e longe dos lugares comuns da mídia, é o senhor atacar o Zé, fazendo coro com o mesmo espírito de manada que persegue a ambos...

Eu poderia citar, dentre seus auxiliares mais próximos, um monte de gente que faz o papel do Zé Dirceu, mas seria uma enorme injustiça rebaixar o Zé nessa comparação, porque o Zé (Dirceu) é daquele tipo de gente que talvez o senhor nunca tenha tido chance de ter ao seu lado, e talvez aí resida a diferença (e a inveja, o recalque) entre sua carreira política e de Lula...

Lembremos: apesar de anos e anos perseguido pela mídia, não há, nem haverá, uma prova que ligue o Presidente Lula a qualquer crime, enquanto o senhor goza de condicionante no cumprimento de pena transitada em julgado (artigo 288 do Código Penal)...

E o senhor sabe, tanto quanto eu, e muito mais que qualquer outro, como funciona a perseguição da mídia, e a partidarização da justiça, e por óbvio, sabe que Zé Dirceu não cometeu os crimes pelos quais está sequestrado na carceragem, e se ainda o tivesse feito, seria para dar muito mais aos pobres que o senhor diz ter dado...

Uma injustiça...

Zé, de fato, imagino que não gostaria desse termo, "dar aos pobres", pela sua enorme capacidade e conhecimento das dinâmicas e processos históricos, e talvez diria que apenas reconheceu os direitos de milhões a vida mais justa, afastando o paternalismo que o senhor tanto adora...e que dá substância a sua forma de lidar com os cidadãos que governou e governa...

Eu não creio que o Zé saberá um dia dessa sua (mais uma) injustiça para com ele, mas eu o senhor sabemos, e principalmente o senhor, o tamanho da hipocrisia que o senhor deixou escapar para legitimar seus atos...

Nesse momento, em que democratas e progressistas imaginam que o certo é defender seus direitos e garantias ( e de todos os políticos, inclusive aqueles contra quem temos todas as reservas possíveis), o senhor, com essa (im) postura, nos faz pensar duas vezes, mais ou menos quando vemos os israelenses praticando com palestinos atos mais cruéis do que aqueles que foram vítimas no Holocausto...

E aí, infelizmente, quando nos deparamos com pessoas como o senhor, a gente fica pensando que diante de duas injustiças, é melhor escolher estar ao lado daquela que erradicará a maior (injustiça), e nesse caso, a maior injustiça em nossa região é tê-lo como líder carismático...

Algo como: Tem gente que merece cada gota de injustiça que é obrigado a beber...

Descanse em paz governador...
(*)O escorpião e o sapo... 

Diz a lenda que um escorpião desejava atravessar um rio, e por motivos óbvios ficou parado na margem, quando ali apareceu um sapo...
De imediato, o escorpião lhe pediu uma carona, e o sapo negou, e deu como justificativa o medo óbvio de que o escorpião lhe aplicasse veneno no trajeto...
O peçonhento argumentou, dizendo que tal atitude era impossível, porque ele mataria a si mesmo...
O batráquio concordou com a lógica e embarcou o inseto em suas costas, o venenoso!... 
Lá pelo meio do rio, o escorpião aplicou-lhe a fatal ferroada, e enquanto ainda o veneno não tinha sido fatalmente espalhado, o anfíbio perguntou como era possível, já que os dois morreriam, ao que o escorpião respondeu:
- Desculpe, é a minha natureza.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Crônica de um roubo anunciado ou a tempestade perfeita...

Vários crimes estão em curso no Estado do Rio de Janeiro, e alguns já foram comprovados nas barras da Justiça...

Recentemente, o ex-governador sérgio cabral foi condenado a devolver os recursos estatais destinados a empresa privada, sob o título da isenção fiscal...

Estudo do TCE mostra que desde 2010, a proporção entre cada real arrecadado e cada real renunciado foi alarmante, onde no biênio 2010 e 2011, para cada um real arrecadado outros 1,40 foi entregue a empresários...

Qualquer pessoa honesta, e com alguma informação sobre o que se passa no mundo desde 2008, e por que não dizer, no ciclo anterior, saberá dizer que a chamada crise atual do Estado do Rio de Janeiro não é algo a ser debitado na conta do golpe, da tentativa de destruição da Petrobras pelos agentes infiltrados dos EUA na justiça e polícia brasileiras...

Quem tiver a oportunidade de ler Nouriel Roubini em seu livro, A Economia das Crises, saberá que os cofres andam secos como resultado da aposta dos tesouros estaduais na roleta da alavancagem, o que tornou as dívidas públicas vulneráveis a fatores totalmente alheios e estranhos a nossa Economia, ou melhor, impagável...

Como solução, os Estados afundaram ainda mais no atoleiro rentista, emitindo títulos e dívidas lastreadas em seus últimos ativos, como foi o caso das frequentes negociações com as parcelas de royalties, praticadas desde a gestão que antecedeu sérgio cabral...

No período onde se abriu uma janela de possibilidade para equilibrar as finanças, o Estado do Rio de Janeiro não só gastou por conta, como deu dinheiro a rodo, sob o título de atrair empresas...

Como se vê, a estratégia baseada nas guerras fiscais não trouxeram nenhum benefício para o contribuinte e interesse publico em geral, resultando só em mais e mais concentração de renda...e pauperização da capacidade do Estado em enfrentar crises fiscais...

Agora, o cretino que senta na cadeira do Governo do Estado lança na mídia comprada a notícia que irá cortar salários dos servidores e, ao mesmo tempo, aumentar as contribuições previdenciárias...

Pois é, uma dupla penetração nos servidores...não, não, dupla não, tripla...vejam só:

Enquanto isso, os servidores estão sendo cobrados porque suas parcelas dos empréstimos consignados vêm sendo retidas ilegalmente pelo Estado, naquilo que o Código Penal nos ensina como apropriação indébita...

Temos então, a tempestade perfeita...

Mas como sempre, os efeitos da tempestade não atingem a todos, e mesmo aqueles que são atingidos, nem todos sofrem da mesma forma...

Digo e repito, já que não há mais sobriedade e isenção mínima nos órgãos judiciais, já que as autoridades estaduais não se mostraram dignas de exercê-la (a autoridade), já que os conflitos de interesses que levam autoridades eleitas a se portarem como mero garotos de recados dos bancos e dos empresários sonegadores e parasitas, devemos considerar que:

Só uma greve geral, com a tomada do palácio pelos servidores e por um conselho de contribuintes eleitos por cidade poderá dar um rumo ao Estado...

Dentre as medidas necessárias está a execução forçada (com uso das hostes policiais), com desapropriação e sequestro de todos os bens de empresas na dívida ativa do Estado...

Anulação de todos os incentivos fiscais concedidos...

Fim de toda frota dedicada ao transporte de autoridades e cargos da administração (secretários, subsecretários e assessores)...

Congelamento dos pagamentos (moratória) aos credores financeiros e a própria União, e renegociação dos contratos chamados essenciais, que terão prioridade....

Criação de escala progressiva de impostos, ou seja, quem pode mais paga mais...Carros mais caros, pagam mais IPVA, imóveis mais caros pagam ICMS mais caro na luz, e assim por diante...

Criação de sistema de restituição de impostos estaduais aos contribuintes mais pobres, como forma de fomentar a economia...

Dentre outras...


quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Campos dos Goytacazes também tem seus camisas pretas e o seu duce-cabrunco...

Nenhum regime golpista ou estado de exceção funciona sem sua facção militar, utilizada como força de "convencimento" dos opositores...

Eis o triste papel que setores da polícia federal vêm desempenhando nesse grave momento da história brasileira...

Se antes eram os gorilas fardados os sicários da ditadura civil-militar que se instalou em 64, agora o papel cabe a uma parte da polícia federal, alimentada pelas franquias da república do paraná...

Em Campos dos Goytacazes não há diferença alguma, e segue o "auto-de-fé" patrocinado pelos torquemadas, criminalizando e encarcerando a ação política...


A julgar pelo texto da nota publicada como esclarecimento da nova rodada de prisões espetaculares, o pessoal da pf perdeu o medo (e por que teriam?) de quaisquer questionamentos sobre a violação flagrante de direitos e garantias fundamentais...

Não há naquele texto nenhuma justificativa que dê azo ao decretos de prisões temporárias, mas apenas interpretações da própria polícia das investigações que estão sob sua responsabilidade...

Nada mal lembrar os requisitos para a prisão temporária, no artigo 1º, incisos I, II e III da Lei 7960/89...

Salvo o inciso I, não há outra possibilidade de admissibilidade da prisão, uma vez que os acusados têm endereço certo e não praticaram nenhum dos crimes elencados nas alíneas (de "a" até "p") do inciso III...

Mesmo assim, a ação dos acusados que ameace o sucesso das apurações (imprescindibilidade da prisão para a investigação) tem que der provada nos autos, com ameaças objetivas...não presunções do tipo: "o investigado PODE fugir", dentre outras comuns nesses tempos de exceção...

Há correntes doutrinárias que defendem até que não cabe prisão temporária quando o investigado se desfaz de provas, porque se a ele é facultado o direito de não produzi-las em seu prejuízo, logo, se as provas estão em seu poder, nada o obriga a entregá-las ou mantê-las intactas, desde que a destruição não ofenda direitos de terceiros ou seja considerado outro crime autônomo (como fraude documental, incêndio doloso, etc)...

Desnecessário dizer que o timing das prisões é sincronizado (deve ser apenas coincidência) com a disputa pela Mesa Diretora da Câmara, algo parecido com os eventos praticados pela mesma pf durante o processo kafkaniano que resultou no golpe ao mandato de Dilma Roussef...

É a tal da "transferência de tecnologias"...

Em Campos dos Goytacazes começamos o regime das antecipações de penas...tudo diante do silêncio geral da OAB e órgãos de defesa de direitos humanos...

Depois não adianta reclamar...

Os camisas pretas do nosso mussolini-coxinha já estão nas ruas...

Sem maioria parlamentar, e sem um grupo político que lhe dê sustentação para governar, e pior, sem a menor ideia do que fará com o governo recém conquistado, o negócio é bater bumbo na praça, ameaçar desafetos e ensaiar uma "coreografia" e discursos para distrair a audiência...

É o reinado o el duce-cabrunco...

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Pimenta no cu dos servidores é refresco!

Bem, juntando os cacos do fracasso de seu antecessor, o "novo" secretário de segurança (?), cargo que na verdade poderia se chamar secretário de proteção de ricos, e extermínios de pobres e pretos, já chegou falando "grosso"...

O mais novo enxugador de gelo disse que escolheu seus auxiliares (o Comandante da PMERJ e o Chefe de Polícia Civil) pela "capacidade" deles em cobrar sem ter nada para dar em troca...

Uai, essa foi uma ótima oportunidade para ficar quieto, não? 

Como uma "autoridade" pode "queimar" seus auxiliares antes mesmos que assumam duas tarefas?

Enquanto isso, o (des) governo  do moribundo abaixa as calças do Fisco estadual para empresários-amigos...

Do outro lado, manda os secretários enfiarem a naba nos servidores...

Então tá...

Eu acho que a fala do secretário só pode ser algum tipo de provocação ou alguma senha, do tipo: "E aí, vão fazer o quê?"

Imagino que ele esteja querendo provocar os policiais até o limite para chantagear o os golpistas de Brasília a mandar algum para cobrir os rombos da farra da isenções, que agora já tem até sentença contra o outro cretino que arrombou os cofres do RJ para entregar aos empresários...

Digo e repito: Só daremos conta desse caos quando servidores, junto com comitês da população tomem o Palácio Guanabara e expulsem os vendilhões, tomando para si a gestão Estado...

A super liga da justiça? Por Rogério Faria...

sábado, 15 de outubro de 2016

Campos dos Goythacaazes:De volta ao passado!

No ano de dois mil e dezesseis da graça de Nosso Senhor, o Sinhôzinho-Coxinha-Jacobino, recém eleito Alcahyde da Vylla de Campos dos Goythacaazes, manda a dizer aos seus munícypes que determinou a sua equipe (?) que acelere os estudos sobre a retomada da indústria sucro-alcooleyra nessa terra plana, às margens do Parahyba do Sul...

Os estudos dos especialistas não descartam o uso de nossa vasta experiência em trabalho escravo, propondo que a choldra ignara troque seu labor por alimentação, e pela dádiva de poder enricar nossa terra e seus senhores...

Em tempo modernos não se cogita castigos físicos, a não ser que extremamente necessários...

"É chegado o tempo de recolohcar as coisas em seus devidos lugares", como asseverou um dos aussilyares do Alcahyde, e ainda de acordo com ele: "essa terra saiu do rumo quando a pretaiada pobre perdeu a noção e achou que era portadora de direitos"...

Ainda em curso estão os "modernizantes e profundos" estudos para determinar que passagem subsidiada só para quem precisa...

Um dos maiores influenciadores do novo Alcahyde não escondeu sua admiração pela tese do darwinismo sócio-econômico (cada um por si, ganhe o mais adaptado, e que se phoda o resto), pilar da teoria da meritocracia...

Nada mais havendo, lido e passado a termo, vai por mim assinado...

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Prisão de Lula: os canalhas preparam o golpe final!

Se não houver uma brutal e violenta reação a prisão de Lula, se a população, movimentos sindicais e sociais e partidos comprometidos com a Democracia e o Estado de Direito não reagirem de TODAS as formas a esse autoritarismo travestido de judicância, entraremos, definitivamente, na Idade das Trevas...

Não se iludam: as consequências e agressões serão muito piores que as praticadas em 64...

É hora de reagirmos com todos os meios e forças para evitar esse crime que está em curso!

Já chega!

Ora, vá se queixar ao bispo...

Talvez assolado por uma culpa (esse ingrediente que não pode faltar a um bom cristão) atroz, talvez por cinismo, o bispo católico das plagas lamacentas desatou a criticar a PEC da MORTE (241)...

O reclamo do bispo, tal como uma madalena arrependida, foi repercutido por alguns blogs locais...

Ora, o que o bispo imaginava?

Ele por acaso pensou que a difusão do discurso moralista-fascista que ele, hipocritamente, aderiu, (haja vista ser a igreja que representa o próprio signo da opressão dos povos por onde andou), e que serviu para atacar o legado progressista que começava a despontar no país, poderia resultar em uma melhora nas condições de vida e de direitos do povo...?

Será que o bispo acreditou no milagre da fusão desse discurso de limpeza da política com a possibilidade de melhoria das condições dos mais pobres?

Bom, como eu não acredito que o bispo seja ingênuo, só posso falar: Vá para o inferno, bispo...


O pateta trump e os limites da idiotia ensaiada...

Claro que o sonho de todo conservador é captar, difundir e comunicar os ódios mais selvagens, do dito homem médio, como forma de alimentar um projeto político.

A fórmula, grosso modo, já foi dada e experimentada em tempos de outrora, seja com Hitler, seja com Mussolini ou outros expoentes do autoritarismo de massas...

Por aqui, o exemplo mais legítimo que temos desse tipo de cretino ensaiado é o clã bolsonaro...Alguns dirão que o recém-eleito prefeito de SP é outro exemplo, mas falta-lhe a pegada "máscula e brucutu" para dar contornos a sua misoginia...

É impensável imaginar aquele idiota mauriçóide com cara soterrada de pancake, e com camisas rosas, impingindo medo ou batendo na mesa, o que não quer dizer que ele não seja capaz, e não vá praticar as maiores atrocidades (mas tudo com luvas de pelica)...

donald trump é o candidato a líder fascista da vez...Tentou e fracassou...

Até Hitler entendeu melhor, junto com Stálin, o potencial do empoderamento do mito feminino como guardiã do conservadorismo, e como mola propulsora da ideologia calcada em valores das células familiares...

Por isso, tanto na Alemanha, quanto na ex-URSS, a mulher desempenhou papel de destaque...

Ou seja: até ditadores tidos como os mais cruéis souberam, de antemão, que falar certas coisas em público sobre mulheres é a derrocada!

A fala de Trump não está longe do que pratica o mercado, a propaganda comercial ou até as três religiões monoteístas...Todas essas instâncias tratam mulheres como lixo, ou como objetos descartáveis...

No mundo todo reverberam números assustadores de violência doméstica e de gênero contra mulheres, seja na Inglaterra "civilizada", sejam nas periferias do mundo, como Índia ou no Brasil...
Em todos esses lugares, tais agressões perpassam TODAS as classes sociais, diga-se...

Mas uma coisa é saber que as mulheres (coitadas) carregam eternamente a culpa pelo prazer que sentem (maria mãe de deus teve que conceber sem ato sexual, virgem que disseram que era, e por esse motivo, nem se fale em prazer)...

Também recaem sobre elas a maldição da maternidade...Ai delas desejarem o controle sobre seus corpos e seus fetos...Ser mãe não é uma escolha, é uma imposição, uma sentença definitiva...

Assim como são eternamente culpadas por envelhecerem, como se fossem obrigadas a se manter com aparência de 18 anos, num misto estranho de mitos que oscilam entre incesto, pedofilia e outros complexos masculinos...

Não por outro motivo, a indústria da "beleza" feminina tem um "PIB" talvez maior que  destinado a prevenção de doenças típicas das mulheres...E tome abdominoplastia, próteses de seios, bundas, liftings e o caralho...

Porém, o pessoal do trump reproduziu o cacoete comum que acomete quem está ganhando terreno: perder a noção do ridículo, do limite, acreditando mais no mito que criou sobre si do que aqueles a quem o mito é dirigido (o eleitor)...

Na direita esse cacoete aparece com mais frequência, porque nem todo direitista é idiota, mas todo idiota é direitista...acostumados que são com as facilidades de vocalizarem o establishment e o senso comum, conservadores tendem a pensar menos, porque explicam o mundo por dogmas e reduções, como por exemplo:

01- Tudo se deve a economia;
02- O ser humano tende a preguiça;
03- A meritocracia resolve o problema da falta de oportunidade;
04- O mundo se divide entre nós (os bons) e os maus (eles), por isso são comuns as expressões como Império do Mal, ou outras menos sofisticadas...

Só que em relação às mulheres, os idiotas partidários do trump, deixaram de enxergar que as ofensas e expressões vulgares trazem complicadores para o relacionamento interpessoal dentro das casas, quando mulheres que não foram ungidas com milhares de dólares para retardar o envelhecimento, ou para contornar problemas de obesidade (mal estadunidense), ou que não foram "naturalmente" dotadas dos padrões estéticos exigidos, começam a questionar sua auto-estima, e o quanto esses problemas têm a ver com seus casamentos frustrados com idiotas egoístas tipo hommer simpson...

Não dá para jogar a culpa nos imigrantes ou nos negros quando se olha no espelho, e aí, aquilo que era admiração começa se transformar em raiva e desprezo, porque quebra, do lado dos eleitores a coesão da auto-estima do "nós somos melhores que eles", e a confiança com o líder carismático, que não lhe traz nenhuma solução discursiva para o problema apresentado, ao contrário, só lhes trouxe o escárnio público...

Uma coisa é dizer que o cara branco, semi-analfabeto e raivoso terá sua redenção quando os negros forem mandados de volta a África, ou todos os latinos sejam empurrados para baixo do Rio Bravo ou exterminados pela polícia...

Outra coisa é dizer coisas que não poderão ser resolvidas com ódio de classe e étnico...justamente porque as frases de trump atacam o resultado da vida média estadunidense que trump diz que iria resgatar, e que por seus exageros e pecados (gula, preguiça, etc) traz a aparência média do eleitor: sedentário, gordo e gorduroso!

Estão aí os limites para a idiotia ensaiada...

O pior (quer dizer, o melhor) que esses caras não aprendem...

E por aqui, glorificamos a recatada e do lar...

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Campos dos Goytacazes: o prefeito-coxinha e o dá-ou-desce...

Essa semana, estive com um velho amigo, e conversamos animadamente sobre o resultado das eleições em Campos dos Goytacazes...

Diante das declarações e ações do "novo" grupo que ocupará a Prefeitura em 01 de janeiro, ele me disse algumas coisas que considerei relevantes, e me contou uma velha piada (do inesquecível Costinha), que eu já não me lembrava, mas que ilustra com exatidão o perfil do coronelzinho-prefeito...

Vamos às suas considerações sobre as eleições e a eleição da Mesa Diretora da Câmara:

"01- Nunca se viu uma partidarização tão grande da justiça e do ministério público, e a ação desses órgãos pode ter influenciado o resultado;

02- A tese da fraude é choro de perdedor do napô sim, mas não significa dizer que não tenha havido manipulação do resultado, algo como, "não é porque somos paranoicos que não estão nos perseguindo", e como toda suspeita deveria ser apurada, desde que haja indícios e fundadas suspeitas apresentadas pelo napô...

03- Há fundada suspeita de que as ações de investigação eleitoral, que pesam sobre os vereadores eleitos (todos da "nova" oposição), serão determinantes na eleição da mesa diretora, ou seja, quem votar com o napoleão da lapa poderá ficar mandato;"

No entanto, o raciocínio do colega é bem mais sofisticado que uma leviana conclusão de que promotores e juízes estão a chantagear vereadores eleitos para votar com o candidato a Presidência da Mesa Diretora do recém eleito coronel-coxinha-jacobino...

O meu amigo me disse:

"Olha, os autos das AIJE contêm declarações contundentes das assistentes sociais, embora não haja ali nenhuma prova derivada através desses meios (de prova), isto são, as declarações, colhidos durante o processo eleitoral..."

"Mas o fato é que os vereadores perderão seus mandatos, mesmo que digam que votarão no candidato do "novo" governo"...

"Porém, a tática é fazê-los acreditar que se votarem com o "novo" governo, poderão salvar suas peles"....

"Depois de entregue a rapadura (os votos na eleição da Mesa Diretora), os vereadores ainda assim serão descartados, e desse modo ninguém poderá suspeitar dos promotores do dos juízes"..."Claro que para isso, a mídia de coleira do "novo" governo, e alguns interlocutores, chamados de "privilegiados", difundirão essa "mensagem" cifrada durante o processo de eleição da nova Mesa Diretora"...

"Parte dessa mensagem cifrada está, por exemplo, escondida no "Câmara Limpa", ou melhor, no argumento da urgência popular como propulsão da máquina inquisitória, dando ao edil a impressão de que seu destino poderá ser antecipado..., só restando a adesão como remissão dos pecados"...

"E por derradeiro: Não é o devido processo ou as regras processuais que definem o desenrolar das investigações, mas sim o senso de urgência de juízes, mídia e da opinião publicada"...

O meu amigo foi além na maldade maquiavélica:

"Com certeza, dentre os vereadores sob investigação, poderão ser salvos um ou dois afortunados, ou "traidores mais convincentes", com forma de preservar a "isonomia" das decisões"...

Como a justiça e o mp se transformaram em um órgão de Inquisição monolítica, e pior, com cores partidárias definidas, o recado fica dado aos outros vereadores: Qualquer defecção poderá implicar em novas investigações...

Aliás, com suposta minoria na Casa de Leis, restará ao coxinha-jacobino governar com o apoio de juízes e promotores amigos...

Agora vamos relaxar e lembrar o saudoso Costinha para ilustrar a situação do jacobino-prefeito:

"Joãosinho (é sempre ele) estava descarregando em uma moita perto de um terreno baldio, quando ouviu um carro parando, e de dentro dele saíam vozes daquilo que parecia ser um casal:

- E aí, dá ou não dá? disse a voz masculina.
- Não! respondeu a voz feminina.
O homem diz:
- Ou dá ou desce. 
- Então eu desço.
Respondeu a mulher.

Joãsinho logo pensou: "Ahhh, então é assim que se faz".

Logo no outro dia convenceu a Mariazinha a ir com ele naquele lugar ermo, ele no pedal e ela na garupa da bicicleta...

Chegando lá, Joãosinho emendou:

- Então, ou dá ou desce!
E Mariazinha respondeu:
- Oba, eu dou!
Ele:
- Como assim, ou dá ou desce!
Ela:
- Já disse que dou...
E ele, após resmungar:
- Ihhh, então fazemos o seguinte, eu fico aqui e você pega a bicicleta e vai embora...


Claro que a piada contada por Costinha é muito melhor que tentar reproduzi-la por escrito, mas fica a representação da nossa atual realidade...

O novo (velho) prefeito é como o Joãosinho, que depois de conseguir o que quer não tem a menor ideia do que fará depois...Mais ou menos como:

"ihhh, caralho, ganhei e agora?"



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Rio de Janeiro: Pau no cú do servidor para o prazer dos empresários!

Enquanto divide e sonega o pagamento dos servidores, sob a esfarrapada desculpa da "crise", o governador sobressalente atende a sua clientela rica...

Sem nenhuma vergonha na cara, concede mimos fiscais a empresários amigos, reforçando aquilo que todo mundo já sabe:

Falta grana não é porque gasta muito, mas porque abriu mão da arrecadação para favorecer essa corja da parasitas da elite...

Agora eu pergunto de novo:

Tão protagonistas quando o caso é perseguir determinadas bandeiras ou grupos políticos, onde estão a justiça e os vingadores do mp que não se manifestam frente a essa tremenda e criminosa enrabada que os servidores estão levando?

Ahhhh, estão com as contas e os pagamentos em dia, é claro!

aladim jacobino e o gênio da lâmpada...

Encurralado após uma ruidosa vitória eleitoral, vagando pelo limbo do deserto da anti-política que ele próprio construiu, aladim jacobino, um jovem recém eleito prefeito de uma cidade muito, mas muito longe daqui, estava desolado...

Como explicar a população que confiou na sua mensagem messiânica que teria que compor acordo com os quarenta ladrões?

Eis que vagando pela aridez do isolamento do poder, aladim tropeçou em uma lâmpada, e como havia ali algumas inscrições cobertas por crostas acrescidas pelo tempo, ele pôs a esfregar o pequeno objeto...

Do nada surgiu uma intensa nuvem de fumaça, e essa nuvem materializou-se em um gênio, que lhe disse que o jovem teria direito a três desejos...

Sem pestanejar, aladim, tascou:

01- vida eterna com mandato vitalício;
02- fim do parlamento local, com poderes imperiais a mim conferidos e;
03- (auto)destruição da lâmpada e do gênio que nela habita.

A Marcha sobre Campos e a "nova" era do Terror!

Resultado de imagem para camisas verdes historia

Todos os movimentos de extrema direita, que chegaram ao ápice no período entre as duas grandes guerras do século passado, mantinham uma coreografia bem acertada, que não raro desembocava em manifestações e desfiles de rua...

Identificação visual bem definida em uniformes e estandartes, cânticos, ordem unida, rigor e disciplina...

O tempo parece que não passou nessa planície de lama...

Em Campos dos Goytacazes, a "nova direita", capitaneada pelos setores que reivindicam a recente vitória do pleito municipal para Prefeitura e Câmara dos Vereadores, apesar de utilizar-se das chamadas "novas" plataformas digitais, não despreza a manifestação pública como maneira de vocalizar sua coalizão e impor sua vontade aos demais, como uma demonstração de força...

Pequeno parêntese:
(do ponto de vista fenomenológico, a internet não traz nada de novo, pois não é a primeira vez na História que novas tecnologias alteram a realidade e são alteradas por ela - a realidade, como bem descreveu Marx sobre os avanços de comunicação proporcionados pelas circunavegações ao redor do planeta, a invenção do vapor, imprensa, telégrafo e etc.
 
Ou seja, a celebração dessas novas plataformas como "um mundo novo" só esconde o interesse da captura e hierarquização desses meios por quem controlava os meios considerados ultrapassados, mantendo as posições relativas intactas no jogo da luta pela hegemonia.)
Eis que ao lado de uma petição eletrônica pela celeridade em julgamento das ações de investigação eleitoral em relação a vereadores eleitos, a turba fascista convoca uma Marcha sobre Campos, tendo como alvo o parlamento local...

Nada mais emblemático...

Se já não fosse aberração suficiente a criminalização e judicialização a que estamos expostos nesses tempos de trevas, proporcionado pela difusão das franquias da república do paraná, agora temos o pedido de "pressa" no julgamento, como se o exercício do devido processo legal, a que todos têm direito, inclusive os maiores e mais cruéis criminosos, estivesse subordinado ao "tempo das ruas" e ao sabor do tropel das manadas fascistas!

Então fica combinado assim:

Vossas Majestades Judiciais e os Viscondes, Barões e Duques do MPE, ouvindo o "grito rouco" das ruas, vão acelerar o julgamento, desprezando instrução e provas, queimando os hereges em praça pública depois de um pomposo Auto de Fé...

Fico curioso em imaginar qual seria o figurino desse pessoal e o grito de guerra...

Se forem aproveitar o mote "onda verde", é só pedir aos avós as camisa verdes dos anauês de outrora!

Não é demais lembrar que o movimento integralista brasileiro teve forte base local, associado aos cretinos da tradição, família e propriedade, que ainda rastejam por aqui...


quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Santa cretinice, Batman!

Bem, se a prefeitura estivesse com as contas em dia, com tudo funcionando em perfeita ordem, por que a maioria votou naquele que se dizia mudança?

A choradeira de que está tudo quebrado, que há a tal "herança maldita" não serve para quem se apresentou como "vigilante vingador solitário"...

Quem se apresentou como messias tem que fazer milagre...

terça-feira, 4 de outubro de 2016

"Auditoria sem revanchismo", leia-se: Vamos passar o rodo!

Eu fico imaginando o que faz uma pessoa a falar merda, e seguir insistindo...

Ora, um dos maiores erros que acomete os mandatários recém-eleitos é a (falsa) percepção, muito justificada pelos odores da vitória, de que as urnas conferem muito mais que a outorga do eleitor!

É a Síndrome do Imperador, e no nosso caso aqui em Campos dos Goytacazes, em se tratando do herdeiro da oligarquia local, seria correta chamar Síndrome da Casa Grande...

Então, como já falou asneira em público (a tal da auditoria), e considera que voltar atrás seria um sinal de fraqueza, o cara segue atolando os pés nas merdas que disse...

Uai, qual é a instância que proporcionará isenção suficiente para executar uma auditoria nas contas da Prefeitura?

Ué, para que servem os vereadores?

E os órgãos de controle e fiscalização?

Faltam instituições no nosso arranjo estatal para dar conta da tarefa de verificar as ações executivas?

Quem serão os auditores? Santos descidos dos céus e ungidos pelo cajado imperial de Vossa Excelência Coronelística?

Será que o jacobino-coxinha vai pedir ajuda a franquia local da república do paraná, e abrir mais um precedente horroroso, subordinando a política a ação fascista judicial-midiática?

Na verdade, o figurino que o jacobino-coxinha vestiu atende a seguinte demanda:

"Como não tenho a menor ideia do que irei fazer, é bom começar distraindo a todos jogando a culpa no passado!"

Algo como:

"Ih, caralho, ganhei e agora...?"

O truque manjado da herança maldita, difundido com a ajuda da mídia de aluguel periga até dar certo...

Próximo passo, ou seja, a próxima cagada que irá dizer será:

"Vamos formar uma equipe com "técnicos", com a menor influência política possível, tudo gente acima de qualquer suspeita..."

Santo zeus, é essa a novidade que Campos dos Goytacazes elegeu?

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Campos dos Goytacazes: Os jacobinos e o Terror...

O Terror foi um período de expurgos e violência durante a Revolução Francesa, quando liderados por Robespierre, os revolucionários trataram de executar qualquer rastro de oposição a seus desígnios revolucionários...

Como em qualquer período que se assemelhe na História, o Terror foi marcado pelo denuncismo, pela pelas traições, enfim, foi um deus-nos-acuda...

Mais ou menos como se anuncia com a chegada ao poder dos jacobinos-coxinhas em Campos dos Goytacazes!!!

Ora, como vereador que foi (foi?), e como sempre reivindicou respeito e autonomia dos poderes entre si (era sério?) é de pasmar assistir o show de mágica do futuro prefeito...

Quem deve auditar as contas (e aprovar ou não) do exercício é a próxima legislatura que assumirá seus postos no ano que vem...

Começa mal o "delfim da Corte da Pelinca"...

Sem qualquer respeito ou liturgia em relação aos novos edis, os quais terá que cortejar para não cair do cargo...A não ser que, junto com a república do paraná (franquia local) resolva governar por decretos e bulas!

É a mesma falastrice de sempre!

E tem gente que acredita!

O eleitor merece desculpas!

O partido do ministério público e do judiciário, junto com o recém-eleito prefeito eleito (o jacobino-coxinha) devem um solene pedido de desculpas ao eleitor...

Uai, não era esse eleitor, que ao manter na administração local o grupo dos patetas da lapa era chamado de fisiológico e clientelista, e que votava por força dos seus instintos mais baixos?

Pois bem, uma rápida análise das seções eleitorais, desde os bairros mais ricos aos mais pobres, revela que o eleitor, mesmo que afogado em uma crise econômica colossal, que poderia sugerir maior apego a boias eleitorais fisiológicas, votou de acordo com sua vontade!

Uai, mesmo com a interdição fascista do cheque-cidadão, havia na cidade outros tantos milhares de beneficiários, e outras tantas pessoas com contratos e vínculos com a municipalidade que pudessem determinar algum tipo de subordinação, mas e daí, por que mudaram de ideia e preferiram apostar em outra candidatura?

Ahhhh, mas agora justamente aquela classe mé(r)dia mais cretina, aquela que se imagina interlocutora privilegiada dos jacobinos recém-eleitos vai dizer que a vontade do povo é soberana!!!

Não era até a última eleição, mas agora é!

Então nos cabe perguntar agora, de maneira bem cínica:

O que será que foi prometido no pé de orelha do eleitor?

Será que vão aumentar o cheque-cidadão?

Quanto custou a eleição do coxinha-jacobino?

Quem são seus financiadores?

Bem, isso tudo eu não sei, mas que a bolsa-mídia vai engordar, isso eu não tenho a menor dúvida!

Temos um novo grupo político local (híbrido), que vai ocupar os escombros deixados pelos patetas da lapa:

Os jacobinos-coxinha, junto com a franquia da república do paraná, mais as viúvas de ZB...


domingo, 2 de outubro de 2016

Campos dos Goytacazes a beira do caos: Entre jacobinos coxinhas e os patetas da lapa!

A ressaca não tarda!

Apesar dos arroubos da vitória inesperada no primeiro turno, algo impensável ao mais otimista dos partidários do coxinha-prefeito, o fato é que será inaugurada uma nova era de trevas na cidade!

Incapaz de gerir a cidade, tanto pela falta de uma equipe com capacidade e rodagem para tanto, como pelo fato de não deter maioria parlamentar, a saída dos jacobinos recém-eleitos é criar um clima de caça às bruxas, replicando suas falhas na chamada "herança maldita"!

Aliados da franquia local da república do paraná, os jacobinos-coxinhas recém eleitos partirão para a instrumentalização dos aparatos judiciais para governar sem maioria, chantageando os desafetos...

Do outro lado estarão os ressentidos patetas da lapa, com as diversas escoriações e o orgulho ferido por uma derrota amarga...

Com maioria do parlamento local mantida, farão de tudo para tornar o mandato do coxinha-jacobino um inferno...

Oportunistas de toda sorte ganharão espaço...

jornais que antes eram "oposição" vão virar "diário oficial", o "diário oficial" vai virar oposição...

Aguardemos...vai ser engraçado ver esse pessoal todo se torcendo para desdizer o que disse, e defendendo o que atacava, e vice-versa...