quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Picolé de chuchu-cabrunco...

Picolé de chuchu foi o apelido dado ao médico e governador de SP, Geraldo Alckmin, mas nós também temos nosso equivalente da alcunha-doce que revela o conteúdo de quem o carrega:

Nulidade.

Um dos candidatos a prefeito dessa taba de lama "ameaçou" de tomar posse com uma equipe da "Santa Inquisição" para devassar as contas da prefeitura...

Uai, se é candidato de verdade, se quer o "bem da cidade", e enfim, se tem cojones, considerando que foi íntimo do grupo que agora é rival por anos, por que não começa a dizer o que já sabe?

Por que trocar suas informações por votos, condicionando a devassa à sua vitória? O preço da moralidade pública está condicionado ao seu sucesso eleitoral, como assim?

Com a palavra os órgãos nominados por ele, que salvo juízo contrário, se esperarem pela posse do moço, vão parecer que estão a serviço de um partido e do novo prefeito, e não do interesse público...

Bem, a julgar o que vem acontecendo no cenário nacional, com a partidarização de setores desses órgãos, não seria novidade se refletissem aqui a conexão com grupos políticos, como espelho do Brasil...

Alô pessoal da equipe do candidato: Se não tem o que dizer para inflar pautas e cavar espaço, é melhor ficar quieto...

Nenhum comentário: