quinta-feira, 14 de abril de 2016

A esperança adoecida que nos adoece a todos...

Dizem que a esperança é última que morre, mas ao que parece, é a primeira que adoece...

O PT, onde me incluo, esperou que apenas a melhoria das condições econômicas de boa parte dos famélicos desse país, historicamente ignorados e excluídos pelos que hoje "lutam contra a corrupção", ungiria esse contingente de consciência de classe, colocando-os a postos para refutar golpes da natureza que estamos vivendo...

Esse mesmo PT, onde me incluo, acreditou que era possível jogar o jogo com as regras do adversário, nutrindo a permanente e falsa ilusão de que as estruturas que mantêm o poder subordinado aos interesses das elites sofreriam alguma mudança com vitórias eleitorais...

Por fim, rompidas todas as regras, com juízes rasgando o pacto constitucional, e processos de impedimento levado a cabo por um "probo" deputado, o PT, onde me incluo, acreditou ainda que poderia esperar 2018...

Quem sabe Lula nos redimirá, jogando as mesmas regras que foram permanente e historicamente violadas todas as vezes que os interesses do Capital (nacional e internacional) sofreram leves sustos? 

(porque ninguém, em sã consciência - a não ser os débeis mentais que andam zurrando e/ou escrevendo em panfletos por aí - acha que os governos do PT inauguraram uma república socialista no Brasil).

Ou nos redimirá o STF, de mendes & Cia? 

Alguém acredita em uma Corte que mantenha um mendes sem um único sussurro de censura contra suas falas e habeas corpus imorais?

Repetimos: São 127 anos de República e 70 anos sob regimes autoritários...Não é pouca coisa.

Sinaliza que o respeito à Democracia não rima com as elites desse país...Ou pior: Só há Democracia quando eles estão no governo e no poder...

Por isso, assusta que ainda tenhamos esperança em alguma coisa que não seja o rompimento violento desse ciclo que nos prende a instabilidade institucional histórica...

O que valerão os 50 e tantos milhões de votos dados a Presidenta?

É "dialogando" com o Congresso, que virou um balcão de venda de votos pró-impedimento, esperando o resultado de um processo que é indevido e ilegal, que a Presidenta salvará seu mandato?

Como explicar que entregamos, novamente, o mandato presidencial achacados por uma fraude?

Não é possível.

Eu imagino que a Presidenta tem sobre si um enorme peso...Talvez muito mais que suportou quando estava sob tortura...

Ali, ela sabia quem era quem, e o que fazer...

Agora as coisas são menos dolorosas, fisicamente, mas muito mais complicadas...

Continua a Presidenta a acreditar na Constituição que rasgaram?

Acreditará a Presidenta que as regras valerão para lhe garantir o mandato, cuja cassação não tem a menor sombra de justa causa, como perguntou Maierovitch a Cardozo, retoricamente, é claro?

Como reagir, sem abrir mão da crença que lhe fez superar a dor de viver sob autoritarismo?

Como usar a força necessária para afastar uma injusta agressão ao seu mandato e a CRFB, sem incorrer em abusos e excessos?

Não há fórmula.

Mas se a Presidenta e  PT, onde me incluo, quiserem defender o mandato presidencial e a ordem constitucional, é hora de amadurecer, afastar a esperança doente e encarar a realidade: Ou nos preparamos para um embate violento, ou o País sofrerá um retrocesso jamais visto...

Na verdade, esse entrave não é brasileiro, mas mundial e já foi diagnosticado por intelectuais e economistas honestos: O pacto Democracia e Capitalismo não é mais possível.

Não é mais possível aceitar que a cada volta da História, quando a população consagra nas urnas um projeto distributivista e inclusivo, proliferem golpes e conspirações, ainda que agora as togas substituam os canhões...

É papel constitucional da Presidenta intervir, com uso da força, se necessária, para soterrar golpes contra o Estado de Direito.

Pois golpes contra o Estado de Direito acontecem quando entendimentos jurídicos retroagem para punir acusados, como os que defendem que a Presidenta desobedeceu a Lei Orçamentária...Até bem pouco tempo, o próprio TCU jamais tocou no assunto que ficou conhecido como "pedalada", um invencionice marqueteira sem nenhuma definição legal...

Golpes contra o Estado de Direito acontecem quando juízes divulgam conversas de presidentes de forma ilegal, apenas para municiar a mídia na sua sanha reacionária...

É obrigação da Presidenta reunir seu aparato e defender o seu mandato, pois não se trata apenas de seu mandato, mas da própria noção de República Presidencialista...

É obrigação do PT reunir suas forças e militantes, e preparar-se para o desfecho da farsa...

Não é possível jantar com canibais, pois com certeza você fará parte do menu...

Nenhum comentário: