segunda-feira, 14 de março de 2016

Um "Marco Grande" para a história da covardia política local...

Mudar de lado é sempre opção pessoal...isso deve estar claro...Mudar de lado na política é opção pessoal vinculada a um fenômeno coletivo...

Ceder ao apelo fácil do macartismo é recorrente na história recente da política, seja lá fora, ou aqui...

Lealdade e coragem para enfrentar turbas possessas não é para todos...

É nessa hora que fazemos a distinção entre homens e meninos...

Certas pessoas carregam diminutivos nome para buscar afeto e rejuvenescimento a práticas carcomidas...

Outras usam aumentativos para esconder sua enorme pequenez...

Já vai tarde, vereador, já vai tarde...

Ou como diriam os mais antigos, a criatura sempre sai ao criador...Se estivesse vivo, o criador estaria exultante com o seu pupilo...

Caiu na rede, é peixe? 

Nem sempre, às vezes é camarão, com cabeça grande e cheia de...deixa pr'á lá...

6 comentários:

Anônimo disse...

Realmente já vai tarde, você disse tudo. Mas o PT de Campos realmente não aprende. Recentemente já viveu isso, de perder o nome mais famoso, e que controlava o partido na cidade, e ter a chance de se reorganizar e não fez. Agora vai acontecer novamente, pode apostar. Em breve, outro político distante das bases e dos princípios do partido, vai se filiar e usar a legenda. Quando não lhe interessar mais, vai para outro partido.

Anônimo disse...

Os fatos mostram que esse vereador foi um grande oportunista. Sem ter história nenhuma no PT, se filiou, surfou na onda positiva dos governos Lula e se elegeu vereador. Agora que o partido vive um momento de crise, ele sai. Isso é oportunismo.

Anônimo disse...

Marcão saiu do PT e disse na câmara que ouviu a voz das ruas. Como assim??? É por isso que Garotinho dá um banho nessa oposição aqui de Campos. Esses caras não conhecem o povo mesmo... Desde quando essa elite branca, rica, preconceituosa, cheia de ódio, ensandecida de um moralismo seletivo e hipócrita é a voz das ruas???

douglas da mata disse...

Pois é...Gostaria de ouvir as considerações acerca dos que acreditavam no moço e nas suas intenções.

Repito: As mudanças são aceitáveis...mas a falta de caráter não!

Dizer que sai do PT por causa do linchamento ao qual estamos sendo submetidos é de uma escrotidão sem par...

Mas só se decepcionou quem esperava algo diferente...De minha parte, só a alegria e tristeza de ter razão mais uma vez...

Anônimo disse...

Partido para vencer é com muito dinheiro ou com sola de sapato. O de sola de sapato faz programa e mostra a que vem com clareza. O com muito dinheiro faz revista grandona com pseudoprograma -usando a religião e os religiosos - espalha por todo o Brasil... na maior cara de pau. Mas pode fazer isso, porque tem muito dinheiro e pode comprar os bobos nos 45 minutos do segundo tempo.

O da sola do sapato nem tempo tem de explicar os sofismas da propaganda parágrafo por parágrafo.

Que venha a justiça sim.

douglas da mata disse...

Caro,

Você realmente acredita que há um dilema entre partidos que gastam sola e os que gastam dinheiro?

Puta que o pariu...

Não entendeu que Democracia não rima com capitalismo, e os problemas que vivemos resultam do sequestro que submete todo o sistema político, com ou sem sola de sapato?

Que justiça, cretino? Justiça seletiva e parcial (parafraseando Rui Barbosa) nada mais é que injustiça qualificada.