sábado, 19 de dezembro de 2015

Quem planta vento, colhe tempestade...

Não se trata de um movimento organizado (ainda), mas não pode se dizer que é uma resposta irrefletida...

Servidores policiais sabem da importância da continuidade dos seus serviços, por outro lado, sabem que, assim como os demais, foram tratados com total descaso pelo desgovernador...

Além da tesoura seletiva, que poupou servidores das Torres de Marfim (Legislativo, Judiciário e MP), continua o escândalo dos 28 bilhões de créditos tributários que o Estado não cobrou dos canalhas sonegadores, que se auto-proclamam "empresários"...

Então, é bem possível que no Ano Novo, e nas outras datas importantes, como Carnaval, os policiais atendam o público da mesma forma como são tratados pelo seu representante: de forma atrasada e/ou parcelada...

Uma greve não é um evento impossível...

Todos os grupos de relacionamento virtual dos servidores já aventam essa possibilidade, e o pior, não é um movimento coordenado, mas espontâneo, e por esse motivo, muito mais difícil de ser controlado...

É hora de dar o troco...

Nenhum comentário: