terça-feira, 1 de dezembro de 2015

"pezão" e sua tesoura seletiva: Crise para quem, cara pálida?

No meio da "crise", o afortunado e sortudo pessoal do Judiciário (nada contra os colegas servidores) vão ganhar um abono de Natal de 2000 reais, ironicamente, o valor tabelado para a 1ª parcela dos pobres barnabés do Executivo...

O pessoal do legislativo também manteve seus vencimentos intactos...


Nenhum comentário: