sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Santos da Casa não fazem milagres...

Parece que o projeto de protagonismo judicial da planície sofreu um duro baque...Foi destituída a pequena República do Paraná local...

Caem as sentenças com apelo anti-bolivariano e com juízos estéticos e políticos sobre decisões soberanas da mandatária local, e goste-se ou não das obras, são a sua execução de sua atribuição exclusiva, e sendo legais só devem sofrer a censura democrática dos eleitores, e nunca de burocratas togados...

E agora os cretinos que apelam para o judicialismo ficam presos na armadilha: 

Como censurar os atos da Justiça que antes comemoravam, só porque lhes favorecia?

Nenhum comentário: