sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Elizeth Cardoso canta "Canção de Amor" - Show do mês - 1981





Gerações anteriores a minha foram encharcadas de música brasileira pelas ondas do rádio...Ângela Maria, Marlene, Emilinha, Francisco Alves, Orlando Silva, Lupicínio Rodrigues etc...



Era o rádio uma plataforma de produção de contéudo que pretendia a "união" do território nacional tendo como base a exploração de um mercado popular que, ainda que com alguma influência estrangeira, tinha raízes claras na chamada "cultura nacional"....



Esse projeto afiançou, inclusive, a acumulação de capital político de programas de matiz nacionalista, caso mais famoso o de Getúlio Vargas e a Rádio Nacional...



A TV veio, e a supremacia do esquema Globo-Time-Life soterrou a possibilidade de criação de uma indústria de bens culturais que fugisse a dominação do Departamento de Estado dos EUA...



Junto, de roldão, foram o cinema nacional e os estúdios locais, apesar de toda a expertise e maturação que já experimentavam, o que lhes possibilitava a fidelidade de um público cada vez mais cativo e maior...



O resto é História...



Mas ainda guardo, desde criança, em algum canto da memória, os cantos das divas como Elizeth Cardoso, "A Divina", que ecoavam nos rádios e/ou eram cantarolados pelas mulheres da família...

Nenhum comentário: