sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Muito barulho por nada...

Coitado do juiz do caso Eike...Afastado injustamente, afinal, só porque carregou os "autos" do processo para casa...

Ô gentinha maldosa...

Agora, falando sério, e pensar que é essa juristocracia que inspira a rebeldia coxinha classe mé(r)dia...tsk, tsk, tsk...

Se fosse um funcionário público ("mortal", diga-se), ou um político (do PT ou aliado), teria sido linchado em público, física e metaforicamente...

Não duvido nada, os capos da globo (e co-irmãs), junto com os seus sinecuras afiliados pelo país, vão divulgar que o juiz do Porsche iria buscar Dilma ou Lula para um passeio, com combustível bancado pela Petrobrás...

Um comentário:

Anônimo disse...

Falaram também que isto é que é "transitar em julgado"...