domingo, 8 de fevereiro de 2015

Miudinho...

Algumas considerações sobre o jogo sucessório que se aproxima:

- A solução (para os patetas da lapa) tem uma premissa que não será negociada: O escolhido não pode (ou não deve concorrer) a reeleição, logo, renunciando a prefeita, seu vice se encaixa a perfeição no critério...

O napô considera oito anos tempo demais para ser traído (novamente)...

- O governador do pé grande bateu o martelo: vai atacar o quintal do napô com todas as suas forças...Teremos um (grande) punhado de candidaturas no primeiro turno, com o objetivo claro de abrir vários flancos, cabendo a quem melhor se sair receber o apoio de TODOS no segundo turno...
TODAS as candidaturas vão receber algum aporte!

- Muitos atuais aliados vêm sendo sondados para pular o alambrado, e tem gente seduzida pela ideia...

5 comentários:

Anônimo disse...

Na sua opinião o PT vai compor com o BigFoot e aceitar lançar mais uma candidatura para fazer número? Se a ex prefeita da muqueca ainda estiver no Partido dos Trabalhadores ela seria a pessoa ideal para o governador?

douglas da mata disse...

Opiniões, apeans opiniões...Fazer prognóstico em política é difícil...

Mas eu creio que o PT terá candidatura própria, e se vai ser apenas um candidato-chuchu (que a gente come porque está na sopa, mas não acrescenta nada) não sei...

Dos quadros que ali estão, todos se encaixam nesse (anti)perfil insosso...

A ex-prefeita da muqueca não arriscaria ousar por estas paragens...Seu recall está ladeira abaixo e sua votação para deputada revelou isso.

Não tem estofo para brigar, e prefere disputar sua paróquia!

O que não quer dizer que as circunstâncias não a empurrem nessa direção.

Eu aposto em sua saída do PT em breve, aliás, para ontem...

Anônimo disse...

Ainda é muito cedo para essas analises. É inegável que existe um desgaste do governo municipal, mas além da oposição não ter opções viáveis eleitoralmente, Garotinho saberá arrumar a casa e preparar o grupo para a eleição, independente do candidato que seja, que tem tudo pra ser Mauro Silva. Garotinho não perde mais eleição em Campos.

Anônimo disse...

O PT não tem ninguém viável para lançar candidato a prefeito. Deve fechar como vice de alguém, é o mais provável...

douglas da mata disse...

Mauro Silva tem adeptos, uau...

Gosto (pessoalmente) do Mauro, mas suas chances são iguais as minhas.

Vou repetir, e se precisar eu desenho (pr1o pessoal da lapa, às vezes é necessário):

O critério é não (poder) concorrer a outro mandato.

Como eu não conheço (e o napô idem) ninguém que faça esse tipo de acordo e cumpra, vale a regra:

Tem que ser alguém que não possa!

Aí o Chicão entra.


Mas o napô pode mudar de ideia e correr o risco? Claro.

Porém, HOJE, com as cartas que tem na mão, ele pensa dessa forma.