quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Tiro certeiro.

Pode-se falar o que quiser do napoleão da lapa, ex-deputado, agora apenas marido-prefeito.

Mas nunca poderemos dizer que o cara é burro, ah, isso ele não é...Se não é o gênio que se considera, pelo menos sua expertise está há anos luz dos seus adversários locais...

Quando a coisa amplia para cenários além da planície, é fato, ele já enxergou que seus "talentos" estão demodé...

Por aqui, no entanto, dá e sobra...

O mais novo filão explorado pelo marido-prefeito é a classe mé(r)dia, pela faixa de frequência da rádio educativa, vinculada a cambaleante FAFIC, sombra pálida do que já foi (será que foi?)...

Como este estrato social é de se emprenhar pelos ouvidos, não será difícil reverter o quadro desfavorável.

Foi um xeque-mate nos palermas da oposição, que permanecem aprisionados em um jornaleco de décima-nona categoria (se muito), com um punhadinho de leitores e que não elege nem mais síndico de prédio...

Um comentário:

Anônimo disse...

Garotinho é mestre! E a oposição aqui é muito fraca.