sábado, 17 de janeiro de 2015

Doméstico.

Por anos à fio
Como lobo vadio
Correu meu coração
Quando parou para beber
Na fonte de seu cio
Virou bicho de estimação
Deu de bater macio
Agora come na sua mão.



Nenhum comentário: