segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Poesia ruim para horas impróprias.

Quânticos

Se Einstein sentisse
A angústia dos amantes (talvez tenha sentido)
Chegaria bem mais rápido
A teoria da relatividade

Um segundo longe
Eternidade
Uma época juntos
Brevidade

Nem a luz alcança
Aquele que procura pelo outro

Rápido encontro
Explosão de energia
Breve adeus
Enorme buraco negro.

Na ausência
Só resta o vácuo
Na presença
O big-bang...a criação, enfim...

Nenhum comentário: