sexta-feira, 18 de julho de 2014

Esteira.

A vida é algo como uma encruzilhada, alguém já deve ter dito. 

Mas o fato é que não se trata apenas de
nunca termos certeza
de seguir pelo caminho certo. 

Ou ter a certeza de que ele não tem volta.

Talvez esta percepção tenha feito você hesitar, porém creia: 

mais aterrador é saber
que pior que seja sua escolha,
muito pior é não escolher. 

pois enquanto você fica parado(a), o caminho passa por você.

A vida é um caminho que se move junto com quem caminha nele.

Estar morto ao fim da vida é o que se deseja.

Ruim mesmo é estar morto enquanto a vida passa.

Um comentário:

Anônimo disse...

Quando entendermos que somos falíveis e insignificantes, e que em qualquer caso sempre erraremos, nos sentiremos menos culpados. Porque a culpa é que é foda!