quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O bonde do gurgel...

Os tempos são bicudos para o ex-governador cabral...

Afinal, um "líder" que precisa se afastar para dar alguma dimensão a seu candidato a sucessor não é algo normal...Ao menos não na atual situação...Se estivesse sobrando na avaliação de seu governo, seria compreensível que se desse ao luxo de escolher sair da cadeira e tentar uma vaga ao Senado...

Mas não é o caso: parece mais uma "saída pela direita", como dizia o personagem de desenho animado da Hanna & Barbera, o Leão da Montanha (quem tem mais de 40 se lembra)...

O mau tempo parece não dar trégua, literal e metaforicamente falando, revelando assim toda a incapacidade do ex-governador em lidar com as contingências do cargo...

Hoje, o jornal O Dia (clique no nome do jornal e leia) traz um dos desfechos do caso do bonde de Santa Tereza, onde a irresponsabilidade e incompetência do Secretário Júlio Lopes ajudou a matar 6 pessoas...

Nosso blog tratou do assunto aqui, e você pode ler de novo, ou pela primeira vez, e saber que desde então, alertávamos para a imperiosa necessidade de se imputar ao Secretário aquilo que lhe cabia: a responsabilização pelo incidente, ainda mais depois de suas declarações a imprensa, onde afirmou que tinha conhecimento dos problemas e dos riscos aos quais estavam submetidas os passageiros daquele transporte, que tem apelo turístico importante...

Imputado em ação de improbidade administrativa, restava a esfera criminal, mas aí, o procurador-geral da República, o mui amigo de cachoeira, roberto gurgel, mandou arquivar as investigações criminais contra o secretário...

Será para isto que o MP queria poder para investigar?






Nenhum comentário: