sexta-feira, 15 de novembro de 2013

A vocação para o golpe: antes as fardas, agora as togas...

A mídia brasileira, entendida como um setor empresarial do ramo das comunicações, sempre se portou de forma promíscua em relação aos interesses das elites nacionais, justamente aquelas que vocalizam aqui a subordinação do país a condição periférica no arranjo capitalista global...

Em determinado momento, não é mais possível divisar onde termina o caixa destes monopólios e suas linhas editoriais...

Fieis à tradição e a escola anglo-saxã, nossa mídia experimentou todo o processo de industrialização, escandalização e judicialização da política nacional...

Claro que em terras tupinambás, com as peculiaridades que temos, como a pouca maturidade democrática, afinal, desde o 15 de novembro de 1889, temos não mais que 30 ou 40 anos de Estado Democrático de Direito, e regimes democráticos, e com o histórico de desigualdades brutais (resultado, justamente, dos modelos defendidos pelas elites e seus sabujos da comunicação ao longo de nossa História), as distorções provocadas pela mídia assombram de forma mais densa a frágil estrutura institucional brasileira...some-se a isto a descomunal concentração monopolista da mídia, e teremos um quadro dantesco:

Juntos, o poder econômico e a mídia, sem nenhum voto sequer, acuam e desafiam a vontade consagrada nas urnas, e com este "sequestro", aprofundam as condições que permitem ter mais e mais poder de coação...

É verdade que muita coisa mudou nestes anos, e o advento da internet deu algum frescor na comunicação social, mas o fato é que, com auxílio instrumental da Justiça, e com o desequilíbrio financeiro, as grandes corporações de mídia e seus patrocinadores buscam amordaçar a rede e seus militantes...

Ainda assim, não é mais possível manipular a informação como antes, e diga-se: não foi nenhuma inciativa de autorregulação da mídia (piada brasileira) que permitiu o contraditório na comunicação social de massas, ao contrário, foi uma luta diuturna, quase suicida, de pessoas e grupos que ousaram desafiar a construção das "verdades convenientes"...

No dia de hoje, 15 de novembro de 2013, a decretação da prisão do companheiro José Dirceu, José Genoíno e João Paulo Cunha, foi mais um duro golpe foi desferido contra a Democracia brasileira...

Só o tempo e o afastamento possibilitarão a completa compreensão dos fatos...

Hoje, os sabujos e toda sorte de acólitos vomitam suas incompreensões, assim como faziam nas vésperas do golpe de 64, aquele mesmo sobre o qual a globo se desculpou...

Ao observarmos a (im)postura editorial (?) do grupo nos dias atuais, fica a certeza que muito pior que errar, é pedir desculpas sem ter, de fato, se arrependido...

As manchetes de amanhã trarão algo com sentido parecido com o que vemos aí embaixo...Lendo os jornais de ontem, e os de 50 anos atrás, temos a impressão nítida de que para a mídia nacional, nada mudou...

ScreenHunter_2922 Nov. 14 18.55ScreenHunter_2923 Nov. 14 18.56ScreenHunter_2925 Nov. 14 18.57ScreenHunter_2924 Nov. 14 18.57ScreenHunter_2926 Nov. 14 18.58ScreenHunter_2927 Nov. 14 18.59ScreenHunter_2928 Nov. 14 19.00ScreenHunter_2929 Nov. 14 19.07ScreenHunter_2931 Nov. 14 19.09ScreenHunter_2932 Nov. 14 19.09ScreenHunter_2933 Nov. 14 19.10ScreenHunter_2934 Nov. 14 19.41ScreenHunter_2930 Nov. 14 19.08ScreenHunter_2933 Nov. 14 19.41

Um comentário:

Anônimo disse...

Só vc que não sabia.