segunda-feira, 25 de novembro de 2013

caruso, o canalha!!!!

Que o humor brasileiro tem se revelado, nos últimos tempos, na celebração da burrice, do destempero e da intolerância, ninguém duvida...

Não que se deva reclamar das críticas e zombarias com políticos, sejam eles quais forem, de que partido forem, sejam da oposição ou do governo...Não é nada disto...

Há uma linha bem definida entre o sarcasmo e o escárnio, a ironia e a covardia...

Imbecis como CQCs, Zorras e outros que tais refletem a indigência intelectual de um país que teve Chico Anísio, Oscarito e até o impagável Costinha, escatológico, mas nunca vulgar...ainda que politicamente incorreto, sempre!!!

No campo da charge tivemos Pericles, Nássara, etc, dentre os recentes Anegli, Glauco, Laerte, Dalcio, Bessinha, etc...Podemos até incluir o ultra-esquerdalha moraloide do Latuff...

Todos, a sua maneira, acertaram em cheio na maioria das vezes, e cometeram erros em outras, afinal, não há perfeição, nem coerência eternas...

Mas a regra era a inteligência refinada, ainda que remexessem nossos piores recalques, ou aquilo que nos era mais caro, à esquerda ou a direita, ricos, pobres ou classe mé(r)dia...

Hoje a tradição do humor gráfico brasileiro sofreu mais um duro golpe, aliás, hoje não, já tem bastante tempo...

Como inquilino do jornal mais cretino do país, Caruso poderia se dar ao luxo de ser um sopro de Democracia, um arremedo de pluralidade, mesmo que fingida...

Preferiu abraçar a piada óbvia, o riso idiotizado do senso comum, escondendo seu deserto criativo atrás da ignomínia travestida de alguma "polêmica"...

É dele o atentado a dignidade de Genoíno...Foi dele a cusparada, o tapa na cara dos parentes e vítimas da tragédia gaúcha que chocou o país, apenas para ganhar algum ossinho ou um biscoitinho dos patrões, basta lembrar, comparar e constatar que Caruso é a prova que Darwin não estava totalmente certo, pois alguns animais tendem a involução:



Nenhum comentário: