sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Amarildo e blackbobocas: A má-fé seletiva ou a seletividade da má-fé?

Eu concordo...

A polícia, o Estado brasileiro, a sociedade, as universidades, as ciência sociais, a cidade, enfim, tudo tem, no mundo capitalista, um viés seletivo e segregador, que busca nos contrabandear a noção que é mais quem vale mais...

O problema é que para, supostamente, combater esta lógica, os ultra-esquerdalhas se valham de expedientes que combatem ou dizem combater...

Se os criminosos que sumiram com Amarildo houvessem marcado pelas redes sociais o dia, a hora e o local do sumiço, mostrassem o capuz que iriam usar para esconder as identidades, as armas, o cativeiro, enfim, se tornassem públicas suas estratégias e identidades, como o fim deliberado de promover sua ação, e ainda assim, a polícia se mantivesse inerte, eu diria: Ultraje, crime, desumanidade!!!

Agora, pretender comparar dois crimes totalmente distintos, com modus operandi e repercussões diferentes, tentando "desculpar" um dos crimes (a quadrilha de vândalos do feicebuquistão) pela dificuldade da polícia em desvendar o outro (sumiço de uma pessoa) não é, me desculpem, ignorância, é má-fé mesmo!

Nenhum comentário: