segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A mais cruel da ironias!

Não se sabe qual lado usou as armas químicas, e nem se de fato elas foram utilizadas...As fraudes da CIA não são novidade...

Mas se o presidente sírio devolver os artefatos químicos, como foi proposto pela Rússia, para evitar o ataque do Tio Sam, o toque cínico desta história é que boa parte das armas foram produzidas por empresas sediadas na Inglaterra e nos EEUU...

Agora fica a pergunta, será que a remessa de volta implicará em reembolso?

Nenhum comentário: