domingo, 9 de junho de 2013

São apenas os fatos, estúpidos!

Números são inimigos implacáveis da manipulação promovida pelo jornalixo.

Enquanto o governo ainda empenha 5.5% do PIB para pagamento de juros a banca internacional (este número sob a dinastia dos demotucanopatas foi muito maior), apenas 1.0% é destinado a programas sociais como Minha Casa, Minha Vida e Bolsa-Família.

Estes dados foram passados pelo Professor Carlos Eduardo Martins, em palestra recente no CCH da UENF, como você pode ler no blog do Pedlowski, aqui.

Bom, agora você pode ter uma ideia porque a mídia tem se dedicado a soterrar sua audiência com a tese da inflação.

Para os "jênios" da economia, inflação se combate com mais e mais juros, ou seja, querem mais dinheiro!

Eles só não respondem uma coisa estranha:

No governo ffhhcc tínhamos juros estratosféricos, o dobro de índices inflacionários e um crescimento de PIB que mal alcançou a metade do acumulado nos governos Lula e Dilma.

Então, como esta "receita" pode funcionar agora, se nunca funcionou antes?

Não se enganem. Este pessoal só quer mais dinheiro da viúva.

E ainda querem que acreditemos que são os pobres que são dependentes dos recursos públicos...

Nenhum comentário: