sábado, 8 de junho de 2013

E se fosse o governo Chávez?

Será que algum dos cretinos da mídia, nacional e local, que adoram repercutir as baboseiras formuladas pela CIA, teria resposta a esta simples questão?

Teria o governo chavista, ou qualquer outro governo de esquerda, eleito pelo seu povo, o direito de bisbilhotar as mensagens e fluxos de dados de cidadãos considerados ameaçadores?

Pois é...aguardamos as respostas dos idiotas de plantão...Mas atenção, só dos idiotas...

6 comentários:

Anônimo disse...

Guantánamo: em nome do ‘patriotismo’, uns poucos torturam quase 200 prisioneiros. Em 10 anos, ninguém morreu. O objetivo não é matar e sim aterrorizar e vandalizar.

Anônimo disse...

GUANTÁNAMO: A CRUELDADE PELA
CRUELDADE, A TORTURA PELO PRAZER
DA TORTURA.

Anônimo disse...

pergunte ao ex ministro Palocci, se o governo tem direito a bisbilhotar as contas de um caseiro...
Ah ... mas não se tratava de contas de email...não era tão grave.

douglas da mata disse...

Pelo que sei, todas as perguntas e suas consequentes respostas foram feitas, tendo o ex-ministro respondido com a perda do seu cargo, e nos órgãos de justiça pela sua suposta bisbilhotagem.

O problema, pobre imbecil, não é o ato de espionar a vida alheia, porque em todos os grupos de disputa de poder, e até no meio das corporações, há a disseminação de tais práticas hediondas, as quais condeno, sejam na direita ou na esquerda!

A questão é o horror seletivo, a punição escolhida a dedo pela mídia e os midiotas como você!

É para esta reflexão que esta pergunta se dirigiu, ou seja: os "campeões da democracia", que cagam regras para todo mundo, a base de cooptação e porrada, praticam justamente o que condenam.

Mas isto não é novidade, olha Guantánamo aí...

Só os pobres tolos, como você, que não enxergam(ou não querem).

Anônimo disse...

Sua resposta raivosa não ajuda a confirmar seus argumentos. Ao contrário. Guarde essa violencia verbal apenas para interrogar suspeitos, inspetor.

douglas da mata disse...

Na-na-ni-na-não.

Eu só uso este tom com imbecis.

Os suspeitos são, mesmos os mais pobres, na maioria das vezes, pessoas inteligentes, e com quem precisamos usar mais inteligência para arrancar-lhes informação.

Ou seja, com suspeitos, ainda que estejamos a tratar de crimes, temos que manter uma conversa inteligente para chegarmos a um fim(confissão).

Gente como você merece muito menos respeito, porque a conversa nunca levará a lugar algum.