quinta-feira, 23 de maio de 2013

Ui, que mêda!

sérgio cabral diz que se Lindbergh for candidato, ele não apoiará Dilma...e agora perguntamos: e daí?

Se não consegue transferir votos ao seu peso morto, o pesão, como cantar de galo e pretender opor algo a Dilma no Estado do Rio de Janeiro?

Como dissemos, se não correr logo, vai ficar de fora na chapa do Lindbergh, e não vai ter candidatura a vice, e se bobear, nem ao Senado.

Será que o governador está bem? Será que o guardanapo anda apertando a cabeça?

Nenhum comentário: