sábado, 11 de maio de 2013

Porto do Açu e outros negócios: Não há bala de prata!

Dói aos olhos ler a tamanha falta de informação que alguns jornais locais tratam a questão do Porto do Açu, dos investimentos, dos impactos, enfim, de todos os transtornos que intervenções desta monta trazem as comunidades onde estes empreendimentos resolvem se instalar.

Tudo se resume a questão de subjetivações, de "torcidas", de "defesas", ou seja, toda sorte de sentimentos "particulares", que mal disfarçam o wishful thinking, que podem ser resumidos como olhos maiores que as bocarras!

Quem se der ao trabalho de pensar um pouco a questão vai identificar ali, no Porto do Açu, toda sorte de mentiras, mistificações, uso de autoridades políticas como papagaios de piratas, e/ou enfeites de legitimação, que agora correm para tentar salvar as aparências, diante da rearrumação do que foi prometido.

Não haverá cidade modelo, só haverá desapropriação criminosa!

Não haverá indústrias, só um entreposto da indústria do petróleo, uma Nova Macaé!

Não haverá sustentabilidade, só degradação!

Não haverá empregos à rodo, só o de sempre: empregos de alto padrão para uns poucos, e a tábula rasa salarial para outros tantos. E com isto, mais e mais desigualdade e tensão sociais!

Não haverá bala de prata! 

O senhor X não vai cumprir suas promessas, milhares de acionistas amargarão enorme prejuízo, milhares de pessoas ficarão sem os empregos, o dinheiro público não justificará ali sua presença, os desterrados não serão compensados!

Os empreendimentos ao redor do Porto vão se rearranjar, como dissemos, mas em nada se parecerão com o paraíso terrestre que os jornais e os candidatos alugados pelo senhor X prometeram.

Um exemplo da pressa em adular o senhor X foi a divulgação da "vitória" no certame que definiu a concessão de exploração do complexo Maracanã.

Pois bem, nem caíram todos os confetes no chão, e a Justiça suspendeu o certame pela suspeita óbvia de prejuízo ao Erário.

Os números da mamata esportiva são assustadores, mas por aqui, são celebrados como símbolos de renascimento! 

Não é á toa que Campos dos Goytacazes é o que é aos olhos do resto do país: Um amontoado de sacripantas!

Nenhum comentário: