quinta-feira, 23 de maio de 2013

Outras planícies.

A Europa implode!

Os débeis mentais, defensores da tese de que só a austeridade salva o bloco europeu, e que os países em dificuldades, como Grécia, Espanha, Itália, Portugal, Inglaterra, alcançaram o fundo do poço porque gastaram indevidamente devem estar surpresos, ou pior, nem tanto.

Na madrugada de ontem, os subúrbios de Estocolmo, na Suécia, explodiram em protestos, quando jovens desempregados atacaram estações policiais e queimaram nada menos que 30 veículos.

E agora José? 

Logo a Suécia, referência de justiça social, e de modelo distributivo de renda, associado a excelência de serviços? 

Será que os suecos são incompetentes ou gastadores?

No outro extremo, na Inglaterra, chocou o mundo inteiro a imagem de Michael Olumide Adebolajo, 28 anos, segurando um cutelo e uma faca, após degolar um policial inglês!

Imediatamente, a onda de ódio se alastra, e manifestantes da EDL, English Defense League ( Liga de Defesa Inglesa), de orientação ultra-direitista, avançam sobre os despojos de um conflito que tem causa e efeitos conhecidos.

Não se trata de relativizar a gravidade do ataque, mas entender que o evento é fruto das desastradas intervenções britânicas para satisfazer os delírios dos seus flashbacks colonialistas, a serviço da máquina de guerra de Washington.

Infelizmente, para os centenas de milhares de civis mortos no Iraque e Afeganistão, não houve tanta atenção, nem câmeras.

Os povos daqueles países devem até achar "desproporcional" tanta celeuma sobre cena que para eles "é tão corriqueira" .  

Nenhum comentário: