segunda-feira, 13 de maio de 2013

O Porto do Açu e as leis da física!

Diz o princípio da Dinâmica, ou 1ª Lei de Newton, que um corpo não sujeito a ação de nenhuma força externa tenderá ao movimento linear e de velocidade constante ou ao repouso!

É este princípio que pode ser aplicado para entender o Porto do Açu.

Os jornais e blogs de coleira trombeteiam a inevitabilidade do Porto como algo a ser comemorado.

Qual nada!

O Porto do Açu é o maior erro estratégico e financeiro da história recente deste país, e que nos custará enormes sacrifícios sócio-ambientais, e quiçá políticos, se considerarmos que muita gente boa que embarcou na canoa furada deveria ser cobrada por ter hipotecado apoio e dinheiro públicos na empreitada aventureira.

No blog do Roberto Moraes, um de seus leitores desvendou mais uma farsa, e podemos ler aqui.

Além de atrasadas as obras de todo complexo, o Porto é um erro de avaliação geológico dos grandes, e agora o já cambaleante empreendimento terá que desembolsar mais dinheiro para corrigir falhas estruturais!

O Porto do Açu é como um caminhão carregado, descendo a ladeira e sem freios!

Eu só torço para que ele atropele as pessoas certas!

E já que falamos de leis da física, aí vai outra: Tudo que sobe, desce!


3 comentários:

Anônimo disse...

Negro, ex-presidente da Fundação Zumbi dos Palmares, o cantor João Damásio divulgou em rede social seu protesto contra a extinção da Fundação, que não consta do novo organograma da Prefeitura de Campos, aprovado pela Câmara dos Vereadores semana passada.

Uma notícia ruim, no mês da Abolição da Escravatura.

douglas da mata disse...

Não vai fazer a mínima diferença.

Aquilo era uma cabana do Pai Tomás.

A julgar pelas declarações dos presidentes sobre racismo, e ações da chamada (a)fundação, estava até demorando!

Já vão tarde!

Anônimo disse...

Concordo com o Douglas.
O modelo serviu a interesses particulares. Já vai tarde.