terça-feira, 9 de abril de 2013

Os 12 corintianos, o ralo e o esgoto!

Por onde quer que se olhe, reinaldo azevedo é um cretino. 

E não porque cultue dogmas conservadores, e acredite que Lula é o demônio encarnado, e o PT uma igreja de culto à personalidade e orgias com dinheiro público, enquanto ffhhcc seja uma vítima da ingratidão popular e/ou um mártir civilizador em meio a selvagens, que serviu ao lado dos pretorianos tucanos para salvar o país do jugo comunista e do atraso!

Se fosse só por acreditar nisto, no máximo, ele estaria na categoria dos midiotas, ou no caso dele, de um dos articuladores dos midiotas, já que está hospedado na central do esgoto midiático nacional, a revista "óia".

Mas reinaldo azevedo é um cretino, porque mente, manipula e distorce fatos para contrabandear suas noções tortas da realidade!

Hoje ele tentou escandalizar o país, com a suposta repercussão da fala do Ministro das Relações Exteriores no Senado, onde Antônio Patriota teria exposto que os brasileiros presos na Bolívia estariam sob risco de morte, e que mais uma vez, Evo Morales, outra encarnação do tinhoso, mas este do altiplano americano, tenta trocar presos, onde um integrante da oposição boliviana se encontra asilado na embaixada brasileira em La Paz.

O texto de uma "porcalista da óia", o beócio de azevedo faz a chamada sobre o risco de vida dos corintianos, mas nada há no corpo da "matéria" que cite declaração do embaixador neste sentido!

Aliás, como é costume do porcalismo dos civita, que aliás, se espalha por todo território nacional, e ancora até por aqui, na planície de lama!

Tudo isto já seria delirante, pelo simples fato de qualquer pessoa de bom senso saber que as leis bolivianas estão em pleno vigor, e seu rito de instrução criminal idem, e nós, que respeitamos a autodeterminação dos povos, podemos até reclamar do extenso prazo de prisão preventiva, mas não cabe ação governamental de questionamento do estamento jurídico boliviano.

Quaisquer ponderações devem tramitar em instância adequada: ou o processo, cortes internacionais , ou organismos multilaterais de defesa dos direitos humanos, de acordo com fatos, e não com especulações!

Fora isto, é de perguntarmos: Seria o caso, por exemplo, e para usar a mesma medida, da Bolívia tentar invadir SP para resgatar seus trabalhadores traficados e escravizados nas oficinas das grifes chiques da Oscar Freire?

Outro fato que compõe este espumante vociferar de jumento de azevedo, que mistura questões de geopolítica, com o processamento de um crime, é mais dramático:

Os presos estariam ameaçados de morte! Bom, mas estariam eles mais seguros em alguma cadeia brasileira se fossem suspeitos de matar algum torcedor em algum estádio fora de SP?

Infelizmente, dentro das cadeias, ou masmorras latino-americanas, resultado direto da militância política conservadora que sempre reservou aos presos o tratamento de lixo humano, qualquer um está ameaçado, caso não se incorpore a alguma facção!

Mas o chilique azevediano sequer é verdadeiro:

No horário de meio-dia, no programa esportivo do canal Bandeirantes, a chamada: "Presos ganham "pelada" contra rival!". 

Será que é por isto que estão ameaçados?

Por fim, o débil  mental azevedo vomita mais uma: O crime está solucionado com a apresentação do adolescente na cidade de SP.

Sem inquérito, sem processo, sem ratificação da justiça boliviana, sem nada! Basta a presunção e a nossa noção de prevalência sobre os vizinhos mais pobres!

Ou a "sentença" da grobo, a co-irmã da "óia", que se revezam nos papéis de partido de oposição, judiciário, executivo, legislativo brasileiros.

Seria o caso de perguntar: Por que não invadimos a Bolívia logo?

Resolvemos o problema da Gaviões da Fiel, o problema do gás, e teremos fonte de mão-de-obra escrava!

Enquanto o esgoto reinaldiano produz este lixo tóxico, aqui na planície alguns ralos repercutem e começam a exalar o mal cheiro!




3 comentários:

Anônimo disse...

"Infelizmente, dentro das cadeias, ou masmorras latino-americanas, resultado direto da militância política conservadora que sempre reservou aos presos o tratamento de lixo humano..."

Ainda bem que a militância política petista dos ultimos 12 anos mudou esse panorama completamente...

douglas da mata disse...

Não.

Os governos petistas foram tão ou mais irresponsáveis com a questão prisional, e em suma, da segurança pública que os conservadores.

E paga o preço por isto.

Apesar de estarmos alcançando níveis de inclusão e de prosperidade, ostentamos taxas de criminalidade violenta que nos ancora aos níveis de países mais pobres.

Mas a História se movimenta como causa e efeito: Nosso trato com as cadeias é herança histórica do nosso processo (in)civilizatório, e remonta séculos.

douglas da mata disse...

PS: E nunca é demais lembrar que uma coisa é o partido, outra é o governo, que incorpora forças políticas bem mais diversificadas, como preço da governabilidade.

Mas como mencionei, não é desculpa!