quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Dos males o menor.

Campos dos Goytacazes está à salvo da nova "moda", que já vigorou na capital, Rio de Janeiro, depois em SP, e agora em Florianópolis.

Não há chances de facções criminosas destruírem ônibus nesta cidade pelo simples motivo que, aqui, os veículos se destroem espontaneamente.

Basta andar pelo trânsito para constatar que estas carroças não merecem atenção dos criminosos.

Hoje quem aderiu foi a empresa São Salvador com uma de suas lixeiras com rodas emperrando o fluxo bem em frente a Rodoviária Velha, na pista sentido Mercado X Rodoviária.

Todo dia tem um "tamandaré" esperando pelo reboque nas ruas.

E o nosso poder concedente, a prefeitura, cúmplice e omissa, finge que não é com ela...

3 comentários:

Anônimo disse...

É fato, caro Douglas.
Há pouco mais de um mês, uma destas carroças perdeu o freio na esquina da Arthur Bernardes com a 24 de Outubro...
O motorista, desolado, não sabia o que dizer. Confessou que já vinha "com pouco freio" desde a Penha. A batida foi em baixa velocidade e as "vítimas" deste descaso foram os motoristas que amargaram um belo engarrafamento desde o início da ciclovia no Jóquei.

douglas da mata disse...

Estamos na iminência de uma tragédia.

Depois vão dizer que somos "abutres" e que torcemos pelo pior.

Se acontecer algo com o transporte público em Campos, e houver vítimas, pode colocar a prefeita no banco do réus, junto com os donos das empresas.

Anônimo disse...

Diálogo entre o editor chefe de um grande telejornal e o chefe dele(diretor geral).

Editor fala: Chefe, temos duas notícias hoje chefe; a violência em SP, média de 10 assassinatos por dia e um governador que não sabe o que fazer e a outra notícia é um boato que ouvi de um primo de um vizinho de um amigo da minha esposa (aliás minha esposa está muito bem, vc está acompanhando ela nas manhãs, chefinho?) sobre o Lula e o PT.

Diretor Geral da emissora responde: Está certo, vamos dedicar 30 segundos sobre as mortes em SP e 18 minutos sobre esse boato.