domingo, 16 de setembro de 2012

Pequenas implicâncias!

O discurso "muderno" de um neófito da candidatura petista local, que me acusa de estar "enferrujado ideologicamente", trouxe uma dúvida.
O comentário, assinado por Clóvis, denuncia meu suposto anacronismo, por criticar o fato de que o PT vai lançar seu "programa de governo" em uma associação patronal, representante dos históricos interesses, como o setor poluente e escravagista sucroalcooleiro, dentre outros.
Eis a dúvida, ou melhor, dúvidas:

Será que no lançamento do programa de governo petista na casa dos patrões locais, cabem trabalhadores que foram escravizados nos eitos de cana e seus patrões na mesma sala?

Dá para conciliar estes interesses? E se não der, de que lado ficarão os petistas "mudernos".

Em tempo, o Muro de Berlim caiu, mas de fato, os muros da exploração, da desigualdade social, da concentração de renda, e do controle das economias pelas bancas financeiras, que dizimam emprego e bem estar na roleta dos juros e agências de classificação, continuam de pé.

Depois que o Muro caísse a História não seria extinta, e o capitalismo enfim não nos traria o paraíso na terra?

Cadê?

Será que estou em outro planeta?

Nenhum comentário: