quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Todo cuidado é pouco...

Eu sei que se trata de uma implicância.

No entanto, minha observação se baseia em fato, em história, ou no caso do envolvido, em "folha de antecedentes".

Qualquer pessoa de bom senso, que tenha acompanhado com um pouco de atenção as últimas eleições, sabe de cor e salteado as artimanhas espúrias e escroques do candidato do psdb a prefeitura de SP.

Derrubou Roseana Sarney com o caso Lunus, utilizando um grampo ilegal e sua milícia na PF, comandada por um delegado, que depois virou secretário de segurança, e por fim, deputado.

Recentemente, na eleição presidencial contra Dilma, teve a discussão do aborto, uma polêmica alimentada por uma hipocrisia hedionda, com direito a exposição de sua esposa segurando imagem de santa em Aparecida do Norte, fervorosa católica pela vida, mas que teria praticado um aborto no exílio.

Asqueroso episódio, onde o candidato mostrou que não poupa nem os seus para emplacar suas táticas, neste caso, suas esposa, que também não posou ali inocentemente.

Depois, o caso da bolinha de papel.

Patético desfecho para um personagem político que não soube preservar sua biografia e entender o limite de seu capital político, transformando-se em um perfeito e odiável idiota.

Agora, pelo que anunciam as trombetas das pesquisas, o candidato despenca nas intenções de voto, e periga sequer disputar o segundo turno.

Então, aos adversários e aos nossos estômagos, a recomendação: Todo cuidado é pouco, e tirem as crianças da sala.

Um comentário:

George AFG disse...

Sinceramente, pra isso o Serra teria que mostrar pra grande imprensa, sua tradicional aliada, que ainda é o nome mais forte atrelado à sua agenda pra defender seus interesses frente ao "lulopetismo"... Não acredito q consiga mais fazer isso, acho que o conservadorismo paulista vá sofrer uma reformulação.