sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Não é mera coincidência.

A criminalização e judicialização da política, que por sua vez é refém do poder econômico que compra no caixa 2 a agenda dos governos, já foi tratada aqui neste blog em várias oportunidades.

Lógico que nossa opinião não defende um "vale-tudo", mas apenas quer trazer ao debate questões que, a nosso ver, ameaçam a construção e maturação de nossa Democracia recente.

No entanto, há situações e situações.

Em alguns casos fica evidente o quanto certos modelos de gestão e os grupos que os controlam são reféns da lógica perversa: Financiamento ilícito = voto = favores e obras = desvio = financiamento ilícito...

Só isto explica que nesta disputa eleitoral  pela prefeitura de Campos dos Goytacazes, os dois candidatos, a que detém e o que deteve mandato, estejam com suas candidaturas penduradas em recursos judiciais.

Na verdade, este é o laço que os une, que os torna, como sempre dizemos, as duas faces da mesma moeda.

Nenhum comentário: