sábado, 11 de fevereiro de 2012

A VERDADE SOBRE A GREVE!

O clima de tranqüilidade e paz não se dá em virtude da ação das autoridades, mas apenas pelo bom senso nosso, policiais, que mantivemos o contingente mínimo de 30% para atender os casos mais graves.

Os festejos na capital estão acontecendo com segurança porque TODOS os poucos policiais que estão na coleira do governador, BOPE e o CHOQUE, estão concentrados para garantir os festejos onde eles dão mais repercussão, portanto, é uma jogada de marketing para esvaziar o movimento.

As TVs não mostraram as viaturas de perto no Cordão do Bola Preta, e só fizeram imagens de cima, onde só era possível enxergar as luzes das viaturas, mas não disse a VERDADE:

ERAM VIATURAS DA GUARDA MUNICIPAL DO RJ!

O CONTINGENTE DA GMC DO RIO ESTÁ SUPRINDO, DE FORMA INCONSTITUCIONAL, O POLICIAMENTO DE RUA, QUANDO SUA FUNÇÃO CONSTITUCIONAL É A GUARDA PATRIMONIAL DO PATRIMÔNIO PÚBLICO MUNICIPAL.

E JÁ QUE A CRFB É LEVADA À RISCA PARA PUNIR GREVISTAS, DEVERIA TAMBÉM SER PARA EVITAR TAIS "SOLUÇÕES", INCLUSIVE COM PRESENÇA DE FORÇAS ARMADAS SEM DECRETO PRESIDENCIAL DE INTERVENÇÃO AUTORIZADA PELO CONGRESSO.

O governo escolheu sua forma de agir com seus policiais e bombeiros.

Mesmo que os policiais não consigam ter sua pauta atendida, um paradigma HISTÓRICO foi quebrado: A união das forças policiais, o debate sobre quanto vale a segurança pública, e como o atual GOVERNO reduz TUDO a questão de propaganda e guerra de comunicação.

Outro ponto importante foi o comprometimento de boa parte da mídia corporativa com a agenda do governo, revelando uma promiscuidade perigosa para o exercício da Democracia, com acesso a informação correta.

Se aqui em Campos dos Goytacazes somos vítimas permanentes deste esquema de imprensa de coleira, no nível estadual não há nada diferente!

Os deputados e aliados do governador aqui na cidade perderam TODA e QUALQUER condição moral de questionar quem quer que seja.

Por mais que eu reaja a ideia de generalizar e criticar os diferentes encaminhamentos do jogo político, em nosso estado e em nossa cidade , são todos farinha do mesmo saco:

Dinheiro público para cevar empresário e empreiteiro.

Dinheiro público para comprar imprensa.

Descaso com servidor.

Tanto faz se é ex ou atual, são governadores iguais, embora um coma chuvisco na lapa e outro croissant em Paris.

18 comentários:

Anônimo disse...

Volta Redonda: Já chega a 159 o número de policiais presos ou punidos administrativamente no estado do Rio desde a decretação de greve da área de segurança pública, que também envolve bombeiros e policiais civis. Desse total, 129 são do 28º BPM, de Volta Redonda. O comando da PM divulgou nota no início da noite de ontem a Justiça decretou a prisão preventiva de 11 militares da corporação, por conclamar ou incitar a paralisação, dos quais nove mandados já foram cumpridos. Seis PMs de Volta Redonda estão presos administrativamente. Outras medidas punitivas foram adotadas, incluindo a instauração de processos administrativos disciplinares contra 14 policiais, e sete autuações em flagrante por crimes de desobediência. Na mesma nota, o comando da PM reiterou que considera normal a situação em todo o estado do Rio de Janeiro. Além das prisões, o governador Sérgio Cabral (PMDB) reduziu os prazos para apuração, julgamento, recurso e aplicação de penalidades administrativas contra policiais militares e bombeiros do Rio pelo conselho de Disciplina das duas corporações. O processo de expulsão que poderia durar 20 dias, agora está reduzido a cinco. A adesão foi mais forte no interior. Em Volta Redonda, 129 PMs responderão pelo crime militar. O Batalhão de Choque foi enviado à cidade
Transferidos para o Rio: O Cabo Pablo Rafael Marques do Santos, de 35 anos, representante da comissão estadual de porta-vozes da greve, deixou o 28º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por volta das 15h40, e foi levado para a 93ª DP (Volta Redonda) com um mandado de prisão judicial. Ele havia sido preso administrativamente, mas responderá judicialmente ainda por Incitação, Publicação de crítica indevida e Desacato a superiores. Pablo será encaminhado ainda hoje (10) para a prisão de Bangu 1, no Rio.

Os outros cinco presos, os cabos Freitas, Alan e Hudson, e os soldados Reis e Alcântara seguem presos apenas administrativamente e também serão levados ainda hoje (10) para o Batalhão Prisional

Anônimo disse...

Ronda em Barra Mansa: Em Barra Mansa, o delegado titular da 90ªDP, Ronaldo Aparecido de Brito, e o delegado adjunto, Michel Floroschk, junto com dois inspetores de polícia, farão rondas noturnas pela cidade. A intenção é suprir a carência de policiais civis da DP, que aderiam à, paralisação da categoria.
Estou vindo de São Paulo, onde moro, por determinação do delegado titular, para ajudá-lo nas rondas, que faremos a partir das 23h desta sexta-feira - disse Floroschk.
Os três delegados frisaram que trabalham normalmente e apenas os inspetores estão em greve. Antônio Furtado, por exemplo, disse que na 93ª DP, estão sendo registrados os flagrantes, homicídios, furtos e roubos de veículos, além do serviço de remoção de cadáver. Só alguns crimes considerados como de pequeno potencial ofensivos estão sendo agendados disse o policial


Delegado de VR se nega a prender formandos da PM: O delegado titular da 93ªDP, Antônio Furtado, se negou a prender nesta tarde (10) cinco alunos do curso de formação da PM, que estão fazendo o patrulhamento na cidade, na falta dos policiais que estão em greve. Eles foram conduzidos por um representante do sindicato da categoria, que alegou que os aspirantes a PM, não tinham autorização de andar armados. Eles (alunos) estão agindo em nome do estado e para preservar a segurança pública em legítima defesa dos cidadãos de Volta Redonda. Logo, não estão praticando crime - disse Furtado, acrescentando que trata-se de uma articulação dos grevista para amedrontar os alunos e retirá-los do patrulhamento de rua.

Anônimo disse...

Padres vão até o Batalhão: No início da tarde, os padres Juarez Sampaio e Nobuo Sano, além do coordenador do MEP (Movimento Ética na Política), José Maria da Silva, o Zezinho, chegaram ao Batalhão, em Volta Redonda. Eles foram verificar como a Igreja católica poderia apoiar os grevistas e conversar com eles sobre a situação. Durante todo o dia, circularam boatos de problemas pelas ruas de Volta Redonda. As informações davam conta de arrastões, saques nos centros comerciais e até que os ônibus parariam de circular às 18h.

Desde a madrugada de hoje (10), tropas do Batalhão de Choque da Polícia Militar estão em Volta Redonda. nas proximidades do antigo Fórum, no bairro Aterrado. São 100 policiais e 20 viaturas, que se concentraram nas proximidades do antigo Fórum, no bairro Aterrado.

Por volta das 10h05, seis oficiais do Batalhão de Choque entraram no 28º BPM e conversaram com o comandante, tenente-coronel Igor Magalhães. Em seguida, cinco carros da Tropa de Choque e um microônibus da PM, com oficiais, também entraram no local.

Com a chegada dos oficiais, o clima ficou tenso entre os grevistas, mas não houve confusão. Mais cedo, os outros grevistas estavam discutindo se realizariam um bloqueio para impedir a que os colegas presos fossem transferidos. O comandante do 28º Batalhão, tenente-coronel Igor Magalhães, não quis se pronunciar, alegando que não pode se manifestar por determinação do Comando Geral da Polícia Militar. Fonte: Diario do Vale

Anônimo disse...

Greve da PM no RJ só termina com revogação dos mandados de prisão

As prisões de policiais militares grevistas no Rio de Janeiro


Por Rosa Araujo - Mundo RIUS- 10/02/2012 19h31Imprimir


As prisões de policiais militares grevistas no Rio de Janeiro provocou outra reviravolta nas negociações. Um dos manifestantes em contato com a reportagem do Bocão News afirmou que a paralisação só termina quando houver a revogação dos mandados de prisão e a soltura dos 59 policiais detidos nesta sexta-feira (10).




Entre os policiais presos, nove integram o grupo dos que tiveram mandados de prisão decretados. Eles são apontados como líderes do movimento. Outros 50 agentes foram presos hoje sob suspeita de motim.

De acordo com a Folha de São Paulo, o cabo da PM João Carlos Gurgel e o major da reserva Hélio Oliveira afirmaram que vão se apresentar ao quartel general ainda hoje. "Quem foge da prisão é bandido, nós não somos bandidos, vamos nos apresentar", disseram. Os nomes dos outros nove PMs ainda não foram divulgados.




Além dessas revogações, os grevistas reivindicam a liberação do cabo bombeiro Benevenuto Daciolo, que está preso desde a quarta-feira (8). A sua prisão foi decretada logo depois de escutas telefônicas vazarem à rede Globo. Houve pedido de habeas corpus, mas foi negado pela Justiça.

As três categorias não ficaram satisfeitas com a proposta de reajuste apresentada pelo governo estadual e aprovada ontem pela Alerj (Assembleia Legislativa). O grupo reivindica salário base de R$ 3.500 para as categorias a partir deste mês de fevereiro.




Para o soldado que conversou com a reportagem do Bocão News, a greve só terminará quando forem revogados os mandados de prisão e a soltura. “Até lá continuaremos mobilizados”. Ele, no entanto, não confirmou a informação sobre a manifestação agendada para o domingo (12) em Copacabana

Anônimo disse...

ALUNOS ACUADOS !!!



Na tarde de hoje alunos do CFAP totalmente despreparados, foram obrigados a pegar arma na reserva de armamento do 28º BPM ( Volta Redonda) , não tinha coletes balistico para os mesmos, assim tiveram que sair pra rua.Sabemos que se acontecer algo e eles tiverem sem os coletes o seguro não paga.
JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!

Anônimo disse...

repassando email recebido - http://www.sosguardavidas.com/



QUEREMOS DIÁLOGO! convocação geral: ato em Copacabana, domingo, 10h



DIVULGUEM A TODOS URGENTE: ATO DOMINGO, 12 de FEVEREIRO, NO COPACABANA PALACE, 10 HORAS!!!


Apelo às esposas dos POLICIAIS PRESOS de forma covarde em Bangu: urgente entrar em contato com a esposa do CB Daciolo, também preso em Bangu de forma absurda, numa cela de 2m x 2m, para articular a soluções das prisões covardes. (Cristiane Daciolo - tel. 9266.4113)

Anônimo disse...

População fluminense! Nosso foco é DIGNIDADE, por isso queremos e pedimos por DIÁLOGO! Queremos chegar a um acordo sobre as nossas reivindicações.


Senhores militares, fizemos coletiva de imprensa hoje com homens da BM, PM e Civil para deixar claro à imprensa e à população que nosso movimento é manso, pacífico e ordeiro! Que estamos abertos ao diálogo e ao entendimento

Anônimo disse...

Cristiane Daciolo, esposa do Cabo Daciolo, foi autorizada a fazer a primeira visita e o primeiro contato nesta sexta-feira, às 14 horas. Ele relatou que está em uma cela de 2m x 2m, sem ventilação. FORÇA DACIOLO! ESTAMOS COM VOCÊ!

Anônimo disse...

DITADURA! COVARDIA! O CB DACIOLO CONTINUA PRESO NUMA CELA DE 2m x 2m com apenas uma janela e incomunicável! Policiais que pedem DIGNIDADE foram encaminhados para BANGU1 também! E você acha isso justo?

Nossos companheiros lutando por nós e sofrendo todas essas injustiças, ilegalidades, arbitrariedas, atitudes totalmente ditatoriais!

PENSE BEM! Qual é o verdadeiro significado de "estar junto"?!?!?! Você de fato está junto com os que lutam implacavelmente por DIGNIDADE?

FAÇA SUA PARTE! NÃO SE ACOVARDE! NÃO SEJA OMISSO! OS BENEFÍCIOS SERÃO PARA TODOS!
DIVULGUE AS MENTIRAS QUE A GLOBO, COMPRADA PELO CABRAL, DIVULGA! NÃO GANHAMOS AUMENTO! ELE APENAS ANTECIPOU O QUE JÁ TINHA DADO EM 2010 EM DOSES HOMEOPÁTICAS (PARCELAMENTO CASAS BAHIA)! ABAIXO A DITADURA! LIBERDADE PARA OS TRABALHADORES HERÓIS DO RIO DE JANEIRO, PAIS DE FAMÍLIA, QUE SÓ QUEREM SER TRATADOS COM DIGNIDADE!

Anônimo disse...

:


repassando email recebido -Ricardo Gama





Greve da policia e bombeiro no RIO; Sérgio Cabral manda dar armas para recrutas no Cefap e saírem para as ruas


.

Leiam a denúncia abaixo, isso é muito grave, Sérgio Cabral está dando armas para recrutas do Cefap e ordenando para que eles saíam as ruas, detalhe, eles ainda não tiveram aulas de tiro, isso é ilegal e criminoso e daí ?



Publico em e-mail que recebi que foi confirmado por outro policial.

Ricardo, sou aluno do curso de formação de soldados e a primeira companhia acabou de receber fardamento e armas para suprirem a necessidade de policiamento ostensibo no centro da cidade durante a passagem do cordão da bola preta.

é sabido que todas as turma se formaram com atrasos por causa da falta de fardamento.

Anônimo disse...

neste exato momento alguns alunos estão recebendo uma espécie de aula de reforço, já que muitos não aprenderam a manusear as armas.

é sabido que o aluno não pode tirar serviço armado fora do cfap (centro de formação e aperfeiçoamento de praças)
resumo: cabral tá se cagando e provavelmente se o cordão do bola preta não sair pode gerar insegurança no estado. em ação desesperada ele consegue fardamento para a companhia e ordena que sejam eles, alunos, recrutas, os policiais que irão proporcionar segurança durante o bloco.
estes alunos provavelmente nem tem RG de policial, somente de aluno policial.

para comprovar a denúncia basta esperar o bloco sair e perceber que todo policial ali presente que não possuir alguma patente nos ombros é um aluno e não é um soldado formado.

se olhar e ver que a manga da camisa é lisa, sem nada, é pq é um aluno"

Anônimo disse...

Em tempo, aqui no Rio o Governador Sérgio Cabral não vai adiantar tentar resolver o problema com repressão, como já disse hoje. contra panela vazia, e filhos com fome não tem ditadura que resista.


Reprodução do UOL Notícias

Anônimo disse...

Em Brasília, além dos metroviários, que anunciaram que vão fazer greve novamente, na próxima segunda-feira (13), policiais e bombeiros ameaçam parar também. De um lado ficam os trabalhadores que reivindicam melhores salários e, de outro, a população, que não sabe a quem recorrer.

Anônimo disse...

repassando email recebido - Ricardo Gama

Greve de policiais e bombeiros: 29° Batalhão de Polícia Militar de Itaperuna parou geral


.

Reproduzo sem medo de críticas o e-mail abaixo, onde o policial me agradece pelo apoio, se existe um culpado por essa greve é o Sérgio Cabral que insiste em pagar o PIOR salário do Brasil para os servidores da segurança pública.

Policiais Militares, Bombeiros, e Civis tentaram ao máximo negociar com Sérgio Cabral, mas o governador não gosta de pagar salários, e sim de fazer obras milionárias com amigos empreiteiros e donos de construtoras.

Resultado a greve estourou.

Espero que o Sérgio Cabral tome vergonha na cara e comece a negociar, por que na minha opinião a coisa vai se complicar, e quem pagará vai ser o povo.

Em tempo, não gosto de greve de policiais, médicos, professores, e etc, sou a favor da negociação, mais isso é coisa da democracia, e não da ditadura que se instalou no Rio de Janeiro.

douglas da mata disse...

Em tempo:

É preciso ressaltar que o Ricardo Gama serve ao chefe da quadrilha da lapa.

Mas isto não desmerece o conteúdo de sua fala, só lhe retira condições morais para dizê-las.

Ressalva feita para que saibamos distinguir as coisas e afastarmos os oportunistas.

Anônimo disse...

repassando email recebido - http://ricardo-gama.blogspot.com/



Greve de policiais e bombeiros do Rio; PM's do 8° BPM de Campos fazem manifestação


.

No 8° BPM em Campos os PM's estão parados, há informações de que em outras cidades do interior o mesmo acontece, só que a mídia vagabunda diz que está tudo normal, a grana gorda do povo está sendo usada para silenciar os meios de comunicação da verdade.


Reprodução do site Rrurau.com.br

Anônimo disse...

Caro blogueiro penso que nessa hora não interessa quem é amigo de fulano ou ciclano,o que interessa é a causa que defende,e se olharmos no sentido de moral para dizer certas coisas,muita gente tinha que ser muda.

douglas da mata disse...

Caro comentarista,

O fato de haver um conteúdo na fala dele que me é favorável, não me faz aliado dele a ponto de deixar de noticiar seus interesses.

Minha luta corporativa não me desprende da visão de TODO cenário político.

Um abraço.