segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Pois é!

Eu vi agora a reportagem da prisão do policial militar ALONSIMAR. Ao seu lado, familiares, colegas de farda, advogado...e nenhum sindicalista!


Ninguém do SEPE, ninguém do STAECNON, SindPETRO, Bancários...nada!


Nenhuma nota, nenhum comentário...nenhum gesto...Só o silêncio covarde, omisso e cúmplice!

9 comentários:

Anônimo disse...

Ué num foi esse cara q é do PT que fez campanha pro Serra? E ele dizia q era por interesses pessoais...

douglas da mata disse...

Caro anônimo, neste sentido ninguém no PT tem muita "legitimidade" para tais cobranças, pois:

-em 1988, parte do PT desembarcou no Muda Campos.

-em outra eleição, não me recordo bem, foi sou PT e voto Feijó

-recentemente, na última eleição o troço também ficou meio estranho, com uma tratorada nos últimos instantes.

-salvo as eleições com adilson, luciano e luiza candidatos, o PT sempre esteve fracionado.

Não conheço as opções do Alonsimar, mas isto não absolve os sindicalistas do PT de se solidarizarem com um manifestante que está sendo PRESO!

Anônimo disse...

É...então é tudo farinha do mesmo saco, né? Que pena nosso Município não ter representantes de nada...Por isso estamos nesse caos!!!!

douglas da mata disse...

Pois é, meu caro comentarista.

Somos TODOS farinha do mesmo saco. TODOS humanos neste grande saco de FARINHA chamado humanidade:

Policiais que se vendem, e a sociedade que os compra;

Eleitores "honestos", mas que escolhem os piores políticos, sabe-se lá porquê;

Mídia que ataca, mas esquece do próprio rabo;

Oposição que age com mais violência que a pior situação;

E milhares de outras expressões de hipocrisia que não vale à pena enumerar.

Então, o que dirime estes conflitos(esta miséria humana), e transforma certas farinhas em pão, outras em bolo, e outras comida de porco, ou em lama, é a política.

Política feita com protocolos coletivos de bem estar comum, ainda que casa pessoa individualmente tenha interesses particulares que não sejam contemplados por esses "protocolos".

Foi isso que pedi aos sindicalistas, SOLIDARIEDADE POLÍTICA, porque relação pessoal com o preso, alguns já tinham, e nem assim se solidarizaram com ele.

Pedi ação coletiva para defender aquilo que eles dizem acreditar, não um julgamento pessoal do preso político ALONSIMAR.

Cada coisa a seu tempo.

Quando tivermos que cobrar a coerência política individual dele, que se cobre, mas não agora, dentre deste contexto que nada tem a ver com as escolhas partidárias dele.

Um abraço e espero ter satisfeito suas dúvidas.

Anônimo disse...

Por que o SEPE? A policia nunca esteve presente nas nossas lutas,salvo para reprimir,bater.

Anônimo disse...

Perfeita colocação, Douglas

douglas da mata disse...

Caro comentarista, eu vou tentar reproduzir, sem me alongar, porque eu cito o SEPE, dentre outros:

A polícia é uma instituição mantenedora da "ordem" do Estado, e este Estado representa o conjunto de forças e conflitos.

Nosso Estado, embora tenha uma sociedade diversa, é dominado pela elite que mantém altos níveis de desigualdade e pobreza, junto com serviços estatais de péssima qualidade, justamente porque se destinam a esse estrato social.

Comemorar ou ignorar o autoritarismo da punição e deixar de solidarizar com os policiais é reforçar esta lógica que mantém os policiais nas mãos da elite que nos usa como bastões para prender e matar pobres e pretos e sufocar sindicalistas.

É a mesma militarização da polícia que pune grevistas que determina a repressão de que vocês e outros foram vítimas. E continuarão a sê-lo, se este debate não vier à tona.

Então, quando a polícia tenta romper esta lógica, e mesmo sob a ótica economicista dos salários, reivindica melhores condições e pede apoio da sociedade ela está quebrando um paradigma, pois polícia barata é aquela que vai continuar a servir os mesmos de sempre, e nunca será a polícia cidadã que os professores, e tantos outros desejam.

Os sindicalistas têm vários motivos para terem ressentimentos da polícia e dos policiais, mas pense: Generalizar não é o mesmo que fazem com vocês dos outros sindicatos?
Criminalizar não é o mesmo que fazem com todos os movimentos legítimos?

Pois é, e na hora de romper e darem um passo na cooptação do último bastião que ainda guarda os ranços da ditadura e serve ao Estado da elite, você nos repelem.

E quem vem para ocupar este espaço deixado por vocês? Os bolsonaros, os garotinhos, os arnaldos faria de sá e CIA.

Não dê um coice no burro porque ele um dia te escoiceou.

Olho por olho, vamos acabar todos cegos, e quem ganha com isto são os de sempre.

Acredite

Anônimo disse...

Quem acredita em sindicalistas?

douglas da mata disse...

Pois é, está é a questão:

Acreditar mais no movimento sindical e menos neste tipo de "sindicalista".