sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

GREVE: ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO SINDPOL!




sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012


Plantão SINDPOL RJ na GREVE GERAL


 Plantão SINDPOL RJ (10/02/2012 – 18h)

Foto do Jornal do Brasil
Após concederem entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira, os líderes do movimento grevista das polícias e bombeiros do Rio de Janeiro saíram em caminhada até o Quartel-General para se entregar voluntariamente. O cabo João Carlos Gurgel e o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol) Carlos Gadelha, lideraram o ato até o Quartel General da PM, na Rua Evaristo da Veiga, no Centro do Rio. Eles foram acompanhados pelo policial civil Francisco Chao e pelo major Hélio de Oliveira, do sindicato de oficiais inativos da PM. Logo depois, Francisco Chao anunciou que só ficaram detidos no QG o cabo Gurgel e o major Hélio de Oliveira. Fonte: Jornal do Brasil

Temos informações que mais de 500 policiais militares e bombeiros foram presos hoje no Rio de Janeiro. 
Nosso diretor jurídico, Francisco Chao, pediu o apoio da população na entrevista coletiva:
"Não queremos greve, não queremos esse desgaste, mas está na hora de discutir as causas e não apenas as consequências. Segurança boa e barata não existe”.
Somente em Barra do Piraí constam que 200 policiais militares, que recusaram a sair do batalhão alegando que as viaturas estavam sem documentação, foram presos ilegalmente.
Policiais militares que estão nas ruas apenas atendem as emergências. O trabalho policial não foi todo interrompido.

Parabéns aos irmãos policiais militares que dão exemplo de coragem na luta por uma profissão mais valorizada!

Diretores do SINDPOL RJ estão esperando dentro da chefia de polícia a cerca de 4 horas por uma reunião com a Chefe da Polícia Civil, Martha Rocha, mas ainda não foram recebidos.

Comissões foram montadas para dar apoio aos casos de abusos e arbitrariedades feitos por alguns Delegados de Polícia e estão indo para as DPs.

Os policiais civis estão cumprindo a cartilha de greve em 70% das delegacias do Estado. Parabéns mais uma vez!

Todos devem permanecer unidos e fortes!

É a hora de separar os covardes dos policiais de verdade!

Precisamos do apoio de todos os policiais civis!

O SINDPOL RJ deixa registrado que os abusos e prisões feitas pelo Governo do Estado colocam em risco a democracia e o estado de direito. Observadores internacionais foram contatados e estão chegando ao Brasil. O movimento até agora se mostra pacífico e ordeiro, não dando motivos para atos autoritários.

Voltaremos com mais informações.
SINDPOL RJ

Nenhum comentário: