segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Como sempre, dois pesos e poucas medidas!

Corretíssima a medida do Ministério Público Federal em requisitar a Justiça uma ordem para retirada das crianças baianas do prédio da Assembléia Legislativa ocupado pelos seus pais policiais.

Mas por que o mesmo MPF não move uma ação para obrigar o governador a pagar salários dignos aos pais, para que essas crianças tenham TODOS seus diretos preservados, como boa educação, saúde, lazer, cultura, etc?

17 comentários:

Anônimo disse...

repassando email recebido :



representates da ONU estão na Bahia observando os excessos do governo federal no tratamento dos grevistas!


BA: Observadores da ONU acompanham greve da PM na Bahia





A Organização das Nações Unidas (ONU) mantém representantes e observadores desde os primeiros dias de ocupação da Assembléia Legislativa da Bahia por integrantes dos movimento grevista da Polícia Militar no último dia 31.



De acordo com Eliseu Fagundes, diretor da missão da Federação Brasileira de Direitos Humanos (FBDH), diversos excessos foram cometidos nos últimos dias. “Quero deixar claro que não estamos aqui apoiando qualquer lado. Queremos contribuir para que não haja um banho de sangue”.



O diretor da entidade revela que há observadores da ONU junto aos manifestantes nas dependências da Assembleia. “O que nos preocupa ainda mais é que lá existem crianças, mulheres e idosos”.



Fagundes ressalta ainda que o método de cortar o fornecimento de água e alimentação também não é aceitável nesta situação. Para ele, diante da situação a que se chegou, deixar as crianças e idosos sem comer pode provocar danos psicológicos desnecessários. Ele argumenta que não é favorável à participação destas pessoas no protesto, contudo, o fato é que a condição agora é essa.



O representante dos Direitos Humanos também se posiciona contrário ao tratamento dado aos manifestantes. No entendimento da instituição não se pode marginalizar trabalhadores que buscam melhorias de condições trabalho através de greve.



Sobre a estratégia dos manifestantes de ocupar espaços públicos, o membro da FBDH diz que ainda que estejam nestas condições não se pode justificar “banho de sangue”.



Ele avaliou o governo baiano como inábil por ter convocado o Exército para conter o protesto. Segundo Fagundes, os policiais não são terroristas, nem estão ameaçando explodir a Assembleia ou ainda colocando em risco o patrimônio público.



“Estamos aqui e vamos continuar acompanhando tudo para garantir a integridade física e psicológica dos envolvidos. Não podemos deixar uma marca tão negativa para a Bahia. Isso não é bom para ninguém”.

Anônimo disse...

BAHIA - GREVE DA PM: OFICIAIS PODERÃO ADERIR A GREVE.




COMUNIDADES DOS POLICIAIS E BOMBEIROS DO BRASIL:

BA: Oficiais da Polícia Militar repudiam tratamento dado aos grevistas.

Oficiais da Polícia Militar estão reunidos em assembleia, na noite desta segunda-feira (6), na sede da Associação dos Oficiais da Polícia Militar, na Pituba. Cerca de 250 associados estão mobilizados em um ato de repúdio contra o tratamento dispensado aos policiais militares em greve, que estão acampados na Assembleia Legislativa.

Por considerar violenta a atitude do Exército contra os policiais militares em greve acampados na Assembleia, os oficiais sentiram a necessidade de demonstrar um posicionamento de insatisfação com as condições de trabalho da categoria.

Existe a possibilidade dos oficiais aderirem a greve, mas, de acordo com o major Copérnico, “enquanto não forem esgotadas todas as possibilidades de negociação, continuaremos dialogando. Greve somente em último caso”, garantiu.

Juntos Somos Fortes!

Anônimo disse...

A greve da Polícia Militar da Bahia entrou na lista das "mensagens emergenciais para cidadãos americanos" no site da Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil (portuguese.brazil.usembassy.gov). O texto é um alerta de segurança aos estrangeiros que residem ou visitam o Brasil.

O alerta fala que os destinos turísticos e comerciais populares de Salvador foram afetados pela insegurança, com saques em lojas, bloqueios de ruas e estradas importantes, além de arrastões.

A mensagem reforça que, "até o momento, não houve relatos de violência contra cidadãos americanos na área" e tranquiliza quando diz que "as forças de segurança nacional do Brasil foram chamadas para manter a ordem
No entanto, a embaixada dos EUA aconselha os cidadãos americanos a "adiar viagens não essenciais a essas áreas até que as condições de segurança estejam estabilizadas". Além disso, pede que americanos fiquem atentos às reportagens da imprensa sobre as condições da segurança em Salvador e no estado da Bahia
Mensagem de Emergência: Greve da Polícia em Salvador, Bahia

Esta mensagem é para alertar os cidadãos americanos sobre preocupações de segurança devido à ampla paralisação da Polícia Militar no estado da Bahia, iniciada na quarta-feira, 1o de fevereiro. As áreas afetadas incluem destinos turísticos e comerciais populares de Salvador.

Houve relatos de saques em lojas, bloqueios de ruas e estradas importantes e arrastões. Até o momento, não houve relatos de violência contra cidadãos americanos na área. As forças de segurança nacional do Brasil foram chamadas para manter a ordem e, segundo consta, já estão destacadas na cidade.

Os cidadãos americanos são aconselhados a acompanhar as reportagens da imprensa sobre as condições da segurança em Salvador e no estado da Bahia e a considerar adiar viagens não essenciais a essas áreas até que as condições de segurança estejam estabilizadas
Os cidadãos americanos que viajam para o Brasil ou residem no país são aconselhados a se registrar no Programa Inteligente de Registro de Viajantes (STEP) para receber informações atualizadas sobre segurança. Ao se registrar, os cidadãos americanos tornam mais fácil para a Embaixada contatá-los em caso de emergência. Cidadãos americanos sem acesso à internet podem se registrar na Embaixada ou no Consulado dos EUA. O Consulado-Geral dos EUA no Rio de Janeiro está localizado na Avenida Presidente Wilson, 147, telefone 21-3823-2000, número de emergência depois do horário comercial 21-3823-2029, Serviços ao Cidadão Americano fax 21-3823-2093 e e-mail acsrio@state.gov. Os viajantes também podem consultar o site do Consulado dos EUA no Rio de Janeiro para mais informações.

Os cidadãos americanos também devem consultar a página de Informações Específicas para o Brasil do Departamento de Estado, localizada no site do site do Bureau de Assuntos Consulares do Departamento de Estado dos EUA. Os viajantes podem obter informações atualizadas sobre as condições de segurança ligando para 1-888-407-4747 (ligação gratuita nos Estados Unidos e no Canadá) ou para 1-202-501-4444 (em outros países). Fique atualizado consultando com regularidade nosso site do Bureau de Assuntos Consulares que contém Advertências de Viagem e Alertas de Viagem. Siga-nos no Twitter e na página do Bureau de Assuntos Consulares no Facebook e faça o download do nosso Aplicativo para iPhone Smart Traveler para informações na ponta dos dedos

Anônimo disse...

repassando email recebido - http://www.sobreviventenapmerj.com.br/


A situação da Bahia é muito pior do que mostrada, sem policia não funciona, esperamos que Cabral atenda as justas reinvidicações, pois ninguem quer isso para o Rio de Janeiro, e mesmo que policiais não façam greve, não sendo melhorado as condiçoões dos policiais, o atendimento a população será severemente prejudicado! Ninguém quer mais trabalhar nessas condições, enxergue isso governador Sérgio Cabral!

Anônimo disse...

Segundo um E-mail recebido, a situação do Estado da Bahia está quase que "catastrófica", no entanto a midia está abafando algumas coisas, juntamente com o Governo Baiano
Sábado (04/02/2012), foram mais de 70 veiculos roubados, homicidios em grande quantidade com corpos espalhados em vários pontos da cidade, além dos que ainda não forão localizados.

As geladerias dos IML's com super lotação e não há onde pôr os corpos encontrados, deixando-os em local sem a temperatura necessária e amontoados, a temperatura do ar condicionado à 18° na sala de espera do IML e corpos pelo chão do mesmo. Ocorrendo também, saques, furtos e roubos em estabelecimentos comerciais gerando pânico total para a população ...

Anônimo disse...

O Tenente Coronel do 14º Batalhão de Polícia Militar de Santo Antonio de Jesus, Luziel Andrade, em entrevista a RBR na manhã deste sábado (04), informou que nesta sexta-feira (03) foram detectados alguns grupos de pessoas, com um certo tipo de vestimentas suspeita, que segundo ele estavam tentando se aproveitar da situação e tentar levar o terror a comunidade, porém foram identificados antes de praticarem o ato. Disse que a presença de alguns policiais nas ruas tenha inibido qualquer tipo de ação
Na manhã desta sexta-feira (03), aconteceu em Santo Antônio de Jesus uma reunião que a diretoria das Entidades Empresariais convocou para discutir sobre a segurança no comércio da cidade. O momento contou com a presença do prefeito Euvaldo Rosa, representantes da polícia civil, bancos, comerciantes e autoridades municipais. Conforme Luziel foi muito boa à reunião, pois mostra maturidade e que a condução do processo foi feita corretamente e sem ir contra a nenhuma parte, onde o objetivo é dar manutenção e ordem pública a cidade
Após questionado se seria necessário a presença da Força Nacional e do Exército em Santo Antônio de Jesus para dar mais segurança a população, ele respondeu que apesar de segurança ser sempre bom, a cidade não precisa, pois não houve problema de transtorno ou aflição que causasse temor, o comércio, bancos funcionaram normalmente, sem nenhuma ocorrência que causasse dano. A respeito do apoio da polícia civil e federal, Andrade comentou que todos estão unidos para agir a favor da segurança da população
Aproveitando a oportunidade o Coronel agradeceu a todos os oficiais do 14º Batalhão pela responsabilidade, que entenderam a necessidade social e que estão trabalhando, aos policiais das companhias que mesmo envolvidos no processo não deixaram as cidades
Peço a Deus que chegue logo o término dessa situação para que possamos passar sem que tenha nenhuma margem de mancha com relação a algum tipo de ocorrência e insegurança, em Santo Antônio de Jesus”, concluiu

Anônimo disse...

PMs repudiam ordem de Jaques Wagner de invadir AL
Os PMs amotinados na Assembleia Legislativa desde quarta-feira viveram nesta sexta, 03, mais uma noite de tensão ao tomar conhecimento de que o governador Jaques Wagner teria determinado a invasão do local. Uma fonte ligada a oficiais da corporação informou que a ordem não teria sido direcionada às tropas federais que estão na Bahia, e sim ao Batalhão de Choque da PM, que teria se recusado a cumprir a determinação. Até às 23h50 desta sexta, a movimentação na AL-BA era normal, com manifestantes fazendo discursos.
Não havia qualquer sinal do Batalhão de Choque. Cinco associações da PM divulgaram na noite de sexta uma nota de repúdio contra qualquer manifestação violenta que possa ocorrer contra os colegas amotinados. Um trecho da nota revela o repúdio a “qualquer forma de resolução violenta que ponha em risco a integridade física e a vida de qualquer policial militar ou de qualquer outro cidadão”, e que, se tal ameaça se concretizar, se afastarão imediatamente do processo de negociação, responsabilizando o governo do Estado por todo e qualquer incidente daí decorrente.

Anônimo disse...

repassando email recebido - Cel Paul:



se for verdade MP e justiça no cel!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012




CORPO DE BOMBEIROS - ULTRAPASSANDO TODOS OS LIMITES.




Prezados leitores, recebi uma notícia assustadora, inacreditável.

Sinceramente, espero que não seja verdade.

Penso que o Comandante Geral do CBMERJ precisa investigar esse fato, pois a repercussão poderá ser muito ruim para a instituição. Soube que hoje, no período da tarde, um comandante de GBM teria colocado os Praças da guarnição de serviço no auditório da OBM e perguntado a cada um se participaria ou não da paralisação programada para o dia 10 FEV 2912, antes tendo determinado que um dos Praças filmasse todo o desenrolar da reunião, inclusive a resposta de cada Praça. A notícia dá conta que apesar desse constrangimento, alguns Praças teriam confirmado a participação, caso essa fosse a decisão na reunião do dia 09 FEV 2012.

Se isso for verdade atingimos o fundo do poço em termos de constrangimento.

Torço para que não seja verdade e ficarei muito feliz se puder desmentir tudo nesse nosso espaço democrático.

Juntos Somos Fortes!

Anônimo disse...

Bem, pude observar um fato curioso e detalhe muito importante, algo que se for o caso não devemos repetir, pois é fatal: A aglomeração dos líderes em um só lugar fechado, como a ALEBA, os líderes devem manter-se conectados, via nextel, internet e até pombo-correio se necessário, mas ficar em um local de fácil cerco é inapropriado e contra qq estratégia.

Embora a nossa reinvindicação seja justa, ordeira, pacífica e de bom tom, devemos lembrar do que aprendemos, nos colocarmos estrategicamente dos dois lados, inteligência e contra-inteligência, nos anteciparmos a jogada do "adversário", para podermos ser não apenas vitoriosos, mais além disso: Termos o apoio da população, é hora de utilizarmos algo que a instituição nunca se preocupou:

A NOSSA IMAGEM, é chegada a hora da sociedade nos ver como verdadeiramente somos em nossa grande maioria, HERÓIS ANÔNIMOS, existem maçãs podres no cesto, como em todo cesto, mas nós que estamos no cesto sabemos que são minoria, aquele que participante de um cesto que não há maçã podre que atire a 1ª pedra.Marketing legal, correto sem política é o que precisamos muito agora. Deus nos abençoe.

Por favor seu Governador será que vai ser preciso haver mortes para que o senhor cumpra aquilo que o senhor prometeu na campanha por favor nos ajude a ter dignidade com nossos familiares com nossos filhos que sofrem com nossa ausencia pois vivemos no bico e acabamos esquecendo de como e bom viver com nossa familia ter tempo para eles dar o nosso tempo para os nossos filhos sera que o senhnor iria gostar de houvir do seu filho essa palavra que eu ouvi de minha filha ( papai por favor não vai trabalhar na segurança hoje não pois eu estou com muita saudade do senhor e quero ficar com o senhor hoje por favor papai não va) isso meus amigos me descupem mas e de fazer chorar pois se eu não for para o bico não terei como suprir as necessidades dela e acabei indo pelo caminho mas chorando por dentro estou relatando isso pois foi o que eu vivi a poucos dias atras não aguento mais por favor governador nos de dignidade nos trate como homens pois tudo que o senhor tem pedido desses bravos homens eles teem cumprido mesmo pagando com a propria vida. dignidade ja se não formos ouvidos greve ja

ENQUANTO CABRAL ACHA QUE NÃO TERÁ GREVE, PEDIMOS A ELE PARA COMPRAR BASTANTE REMÉDIO PARA DORES DE CABEÇA

RETIRADO DO BLOG DENÚNCIA DA SILVA

DUVIDA: Não Atirou Por Causa da BIBLIA ou Porque é Deputado?

Anônimo disse...

SE FOR POR CAUSA DA BIBLIA, DIA 09 CADA UM LEVE A SUA PARA A CINELÂNDIA, SE FOR PELO CARGO DE DEPUTADO TÁ EXPLICADO! MAS SE NÃO USAR NENHUM DOS DOIS MOTIVOS VAI FICAR ASSIM:

AGORA! SE VOCÊ DESEJA TER O PODER DE ORDENAR DISPAROS DE TIROS DE BORRACHA EM PAIS DE FAMILIA OU ATÉ MESMO CONSENTIR A INVASÃO DE UM LOCAL ONDE HÁ MULHERES E CRIANÇAS DE COLO, MESMO SABENDO QUE PODERÁ CAUSAR A MORTES DE INOCENTES É SÓ COMPARECER A CINELÂNDIA DIA 09 DE FEVEREIRO E FICAR ASSIM:

Anônimo disse...

JUIZ FEDERAL DIZ QUE GREVE SÒ È PROIBIDA PARA AS FORÇAS AMADAS.
Direito de Greve, Hierarquia e Disciplina nas Policias Militares do Brasil
O fim da greve de policiais civis em São Paulo trouxe à tona a discussão sobre o direito de greve de servidores públicos em geral e, em particular, de policiais. O debate é oportuno. Alguns alegam que a greve de policiais militares dos estados conspira contra disposição constitucional que versa sobre a hierarquia e a disciplina.

No entanto, quando se irrompe o movimento grevista, não há que falar em quebra da hierarquia, que se refere à estrutura organizacional graduada da corporação e que se mantém preservada mesmo nesse instante.
A inobservância de ordens provenientes dos que detêm patentes superiores, com a paralisação, caracteriza ato de indisciplina? Recorde-se que a determinação proveniente de superior hierárquico, para ser válida, deve ser legal. Jamais, com base na hierarquia e na obediência, por exemplo, há que exigir de um soldado que mate alguém apenas por ser esse o desejo caprichoso de seu superior.

Logo, se existem condições que afrontem a dignidade da pessoa humana no exercício da atividade policial, o ato de se colocar contra tal estado de coisas jamais poderia ser tido como de indisciplina. A busca por melhores salários e condições de trabalho não implica ato de insubordinação, mas de recomposição da dignidade que deve haver no exercício de qualquer atividade remunerada. Portanto, se situa dentro dos parâmetros constitucionais.
Quanto às polícias civis e federais, não há sequer norma semelhante à anterior, até mesmo porque possuem organização diversa. No entanto, para afastar alegações de inconstitucionalidade da greve de policiais, o mais importante é que não se deve confundir polícia com Forças Armadas.

Conforme previsão constitucional, a primeira tem como dever a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. Já as segundas, constituídas por Exército, Marinha e Aeronáutica, destinam-se à defesa da pátria e à garantia dos Poderes, da lei e da ordem.

Anônimo disse...

Às Forças Armadas, e somente a elas, é vedada expressamente a greve (artigo 142, parágrafo 3º, inciso IV, da Constituição). Ressalte-se que em nenhum instante foi feita igual referência à polícia, como se percebe dos artigos 42 e 144 do texto constitucional. A razão é simples: somente às Forças Armadas não seria dado realizar a greve, um direito fundamental social, uma vez que se encontram na defesa da soberania nacional. É de entender a limitação em um texto que lida diretamente com a soberania, como a Constituição Federal.

O uso de armas, por si só, não transforma em semelhantes hipóteses que são distintas quanto aos seus fins. As situações não são análogas. A particularidade de ser um serviço público em que os servidores estão armados sugere que a utilização de armas no movimento implica o abuso do direito de greve, com a imposição de sanções hoje já existentes.

Não existe diferença quanto à essencialidade em serviços públicos como saúde, educação ou segurança pública. Não se justifica o tratamento distinto a seus prestadores. Apenas há que submeter o direito de greve do policial ao saudável ato de ponderação, buscando seus limites ante outros valores constitucionais.

Não é de admitir interpretação constitucional que crie proibição a direito fundamental não concebida por legislador constituinte. Há apenas que possibilitar o uso, para os policiais, das regras aplicáveis aos servidores públicos civis.

No mais, deve-se buscar a imediata ratificação da convenção 151 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), que versa sobre as relações de trabalho no setor público e que abre possibilidade à negociação coletiva, permitindo sua extensão à polícia.

Uma polícia bem equipada, com policiais devidamente remunerados e trabalhando em condições dignas não deve ser vista como exigência egoísta de grevistas. Trata-se da busca da eficiência na atuação administrativa (artigo 37 da Constituição) e da satisfação do interesse público no serviço prestado com qualidade.

* Marcus Orione Gonçalves Correia Doutor e Livre-docente pela USP, professor associado do Departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social e da área de concentração em direitos humanos da pós-graduação da Faculdade de Direito da USP, é juiz federal em São Paulo (SP)

Anônimo disse...

repassando email recebido
PRESSÃO DO TEN CEL FÁBIO




BPCHOQUE: JÁ ESTA DE PRONTIDÃO EM FRENTE A ALERJ, RENDIÇÃO NO LOCAL, CONFORME ANUNCIEI MAIS CEDO, O BATALHÃO DE CHOQUE JA ESTA EM FRENTE A ALERJ, AMANHÃ TEM REUNIÃO DO GOVERNADOR, E VAMOS AGUARDAR !!!!
QUE TAL ESQUECERMOS AS PROMOÇÕES UM POUQUINHO E CAIRMOS NA REALIDADE DO NOSSO SALÁRIO RIDÍCULO?
A LIDERANÇA DO NOSSO MOVIMENTO INFORMOU AO VIVO PELA RECORD NO DIA 06 DE FEV 2012, QUE NÃO HAVERÁ DIA 10 SE NÃO FORMOS NO DIA 9 FEV,
ENTÃO PCERJ, PMERJ E CBMERJ,
TUDO COMEÇA NO DIA 9 FEV 2012,
NA CINELÃNDIA ÀS 18 H.
CONTO COM A PRESENÇA DOS SENHORES E SENHORAS,
RUMO AO NOSSO OBJETIVO,
" DIGNIDADE SALARIAL ".
" JUNTOS SOMOS FORTES "

Anônimo disse...

Salários dignos a todos os pais para que todas as crianças tenham todos seus direitos preservado!...

Pedro Henrique disse...

Douglas,o que fizeram os governos garotinhos nas suas gestões em benefício dos servidores da segurança pública e também dos bombeiros?Deixaram algum plano de cargos e salários que não foram cumpridos?Por que o Garotinho é tamanho incentivador no que refere as lutas destas categorias no governo Cabral?
Pedro Henrique

Anônimo disse...

Salários dignos a todos os pais para que todas crianças tenham todos os seus direitos preservados! Né não?

douglas da mata disse...

Pedro Henrique,

Se voê observar, em todos meus textos eu não dissocio a responsabilidade de nenhum dos dois, até porque, como se sabe, a despeito de estarem em campos opostos hoje, são criador e criatura.

O governo atual não só aproveitou o expediente nefasto das gratificações, como os aprofuundou.

No tocante a política de segurança pública, a mesma porcaria, só que com o apoio ($) de mídia que faltava no governo anterior.

Dê uma olhada e verifique por si que nunca deixei de apontar a incoerência do deputado.

Agora, eu não posso deixar de criticar ou de reivindicar, porque integrantes da oposição procuram "faturar" politicamente com as "cagadas" do governador de paris. Quem tem que se preocupar com isso são os partidos e assessores da base do governo.

Em tempo: sou eleitor do cabral, quer dizer, ex-eleitor.

Um abraço.