segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Um bastardo retumbante!

Não podemos(ou devemos evitar)julgar o livro pela capa, orienta-nos o adágio.

Mas em se tratando da rede globo, e suas concepções sobre política expressas em suas produções, todo cuidado será sempre pouco.

Pelas chamadas de sua nova minissérie, que pretende dramatizar a vida de um presidente que chega ao cargo "por acaso", misturando sua vida privada com assuntos de Estado, já é possível antever o que virá:

Um presidente "acidental" que por não fazer parte do ambiente "político" o despreza, e enfrenta como um cruzado os dragões da corrupção.

Está aí a saga neoudenista sob medida nesses tempos pré-eleitorais, com uma possibilidade de resolução sempre favorável, dada a trama binária tecida em um roteiro com essa orientação política:
Pode-se fazer o bem vencer o mal, reduzindo tudo a uma questão de heroísmo e caráter, ou derrotar o presidente acidental, mostrando ao populacho que a "política suja" corrompe tudo ou esmaga quem a enfrente.

Bingo! Por onde quer que se olhe, a politica sempre perderá.


5 comentários:

Eduardo Braga disse...

Eu acho que estou tendo desvaneios e não queria entrar nas teorias conspiratórias mas, a apresentação do personagem me parece querer forçar uma semelhança física com o Aécio Neves, inclusivel com traços comportamentais tipo afirmar não abrir mão da vida privada em detrimento da política anunciado pelo personagem em umas dos comerciais da minissérie! Estou ficando maluco?

douglas da mata disse...

Pois é, sua observação foi ótima. Na mosca!

Eu estava pensando o porquê um presidente acidental (anti-política), e com tantos problemas pessoais.

Você matou a charada. É o moço das alterosas.

O perfil é sob encomenda: virilidade, coragem, independência...(lembra alguém? caçador de marajás?).

Obrigado pela dica Eduardo

Anônimo disse...

Meu filho fez uma observação:" Que discurso raso o dele, que diz não ter projeto para o país, programa de governo, mas ser um defensor implacável da moralidade pública, contra a corrupção." Até um garoto de 15 anos achou raso o discurso neoudenista.

Eduardo Braga disse...

Bingo! leiam o conversa afiada...
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/01/18/depois-do-bbb-aecio-2014

douglas da mata disse...

Meus caros,

O PIG tá ficando óbvio demais. Quer dizer, óbvio eles sempre foram, nós é que estamos enxergando melhor as coisas.

Um abraço.