sábado, 7 de janeiro de 2012

Equipe de "demolição".

Junte o ministro da integração regional, fernando (mamando na) bezerra, o(des)governo estadual do RJ, com  (des)governo municipal da planície lamacenta e vocês terão a maior equipe de demolição de todos os tempos.

4 comentários:

goytacarebelde disse...

vi sua participação no canal Multtv. De imediato, esclareço que não compartilho do ideal da família Garotinho, nem Arnaldista e Mocaiber. Porém, estudo política e não faço comentários pobres, cheios de especulações baratas e sem argumentos claros. Acabei de comentar com minha esposa que não importa o que se diz, contanto que seja enfático - a única coisa que percebi nos seus comentários. Você segue o exemplo da intelectualidade campista: ênfase, um sobrenome falido - que não sei se é o seu caso - e comentários rasteiros.
Assim, perco meu tempo com "formadores de opinião" que não conseguem defender a própria opinião.

douglas da mata disse...

E pelo jeito, fiz escola:

Pouco conteúdo, e muita ênfase.

Quando terminar os "estudos" de política, e quiser, escolha o tema e a gente debate.

Ah, outra coisa: Não dá para ser em um blog ou programa de TV, onde a gente, no máximo consegue elaborar conceitos ralos, pela linguagem e dinâmica desses veículos.

E por fim, suas escolhas políticas não desmerecem o que pensa, desde que defenda suas ideias com honestidade intelectual, mesmo que não possua todas as ferramentas acadêmicas.

Pois veja só você, tentou começar uma polêmica se apresentando "como neutro", como se isso lhe conferisse uma legitimação superior para se colocar acima de conflitos e interesses.

Pueril, ineficiente, infantil eu diria.

Grato pela participação, e lembre-se: Quando estiver pronto, escolha o tema. Se eu não souber como, prometo que pesquiso e te dou uma resposta à altura, que pelo que vi, nem está tão alto assim.

Grato pelos elogios, pois nem sou intelectual, muito menos reivindico a condição de "formar opinião"(isso é presunçoso, e não existe), mas sou campista, com certo orgulho e muita tristeza.

douglas da mata disse...

Caro Antonio Rangel,

O seu comentário que reproduz um texto de um blog de um jornalista local foi vetado.

Nada que se relacione com a revista meio assim, o grupo da folha de embrulhar peixe podre, ou o grupo ordinário, e por fim, com esse tipo de mercenário desclassificado que você citou, tem acolhida por aqui.

Peço sua compreensão, e conto com seus comentários, desde que observadas essas premissas.

Um abraço.

Antonio Rangel disse...

Sem problemas.