sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

As fotos do fato.

O descaso do governo com seus servidores está aí, para quem quiser ver.

Replicamos o texto publicado no jornal Extra e repercutido pelo blog do Sindpol/RJ, sindicato dos policiais civis do Estado do Rio de Janeiro.


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012


Parte do prédio onde policiais civis trabalham desaba no Rio.

Esse é o tratamento que os policiais civis merecem? Todos na marcha do próximo domingo!

Sala onde parte do teto desabou
Além de desabamento de pedaço do forro, prédio da antiga Polinter tem subsolo alagado.


26/01/2012
Além de ter sido esvaziado, depois que um pedaço de forro do cartório da Delegacia de Defraudações desabou, nesta quinta-feira, o antigo prédio da Polinter também está com o subsolo alagado. Localizado na Avenida Silivino Montenegro, na Zona Portuária, o prédio abriga atualmente a Delegacia de Defraudações, a Corregedoria de Polícia Civil e a 1ª DP (Praça Mauá).




O estacionamento do prédio alagado


Após todos terem sido retirados da unidade, os policiais se aglomeraram do lado de fora do edifício. Uma máquina de sucção já está bombeando a água do subsolo para tentar esvaziar o compartimento. O pedaço de forro caiu quando um bate-estaca estava sendo utilizado em uma obra, que fica ao lado da Polinter. O delegado Fernando Albuquerque, da Defraudações, disse que aguarda uma decisão superior sobre o caso.

- É um problema estrutural. Vamos ver qual será a determinação administrativa - disse.

O prédio da antiga Polinter, que tem cinco andares, está em processo de desativação. A maior parte das delegacias especializadas que funcionavam no local já foram transferidas para um imóvel do Andaraí.


Fonte: Extra Online



Nenhum comentário: