domingo, 20 de novembro de 2011

Sensoriais.

De tudo que de ti vejo
Não penso, nem questiono.
Sinto, cheiro, apalpo,
Lambo, suo, escorro, desejo.


Douglas da Mata, aos 20/11 do ano 40 + 1

Nenhum comentário: