quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Pensando bem!

Se a mídia tradicional "vende" para governantes e candidatos, sociedade e anunciante, a ideia que ela é quem faz a "cabeça" das pessoas, e que influenciam nas escolhas, seria correto dizer, então, que a culpa pelas (péssimas) escolhas políticas da maioria dos campistas, e seu gosto pelo fisiologismo são decorrentes da ação dessa mídia?


Das duas uma:


Ou a mídia não faz o que diz, ou faz o que não quer dizer!

Nenhum comentário: